quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Projeto Tamar anuncia marca de 40 milhões de tartarugas protegidas

Na próxima temporada de desova das tartarugas marinhas, o projeto Tamar deve alcançar a marca de 40 milhões de animais protegidos.
“Podemos dizer que a tartaruga de número 40 milhões já existe e navega em uma viagem transcontinental rumo às praias brasileiras. Mas é importante lembrar que, a cada mil tartarugas que nascem, apenas uma ou duas sobrevivem. Ainda há muito a fazer para livrar esses animais da ameaça de extinção”, diz o fundador do Projeto Tamar, Guy Marcovaldi.
Os animais têm ciclo de vida longo e levam de 20 a 30 anos para se reproduzir. A cada temporada, de acordo com o projeto, cerca de 2 milhões de filhotes nascem nas praias brasileiras monitoradas pelo Tamar, que trabalha também na proteção de tartarugas jovens e adultas resgatadas de captura incidental na pesca. Acidentes com redes e anzóis, plásticos e o trânsito de veículos nas praias são fatores de risco para os animais.

Sobre o Tamar 

Em parceria com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), o projeto Tamar contribui para a recuperação de quatro espécies de tartarugas marinhas: tartaruga-oliva, tartaruga-de-pente, tartaruga-cabeçuda e tartaruga-de-couro. O trabalho do Tamar garante também a estabilidade da tartaruga-verde em Fernando de Noronha (PE) e Trindade (ES). A missão do projeto inclui é a pesquisa, a conservação e o manejo das cinco espécies, todas ameaçadas de extinção.
As ações do projeto se estendem por cerca de 1,1 mil quilômetros de praias, em áreas de alimentação, desova, crescimento e descanso das tartarugas, no litoral e ilhas oceânicas dos estados da Bahia, de Sergipe, de Pernambuco, do Rio Grande do Norte, do Ceará, do Espírito Santo, do Rio de Janeiro, de São Paulo e de Santa Catarina.
O Tamar é membro da Rede de Projetos de Biodiversidade Marinha (Rede Biomar), grupo composto também pelos projetos Albatroz, Baleia Jubarte, Coral Vivo e Golfinho Rotador, todos patrocinados por meio do Programa Petrobras Socioambiental. As informações são da Agência Brasil.

Governo do Estado publica aviso de licitação da Ponte Salvador - Itaparica

Fotos : Divulgação.

Está publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (18) o aviso de licitação da Ponte Salvador - Itaparica, conforme foi antecipado pelo governador Rui Costa durante o #PapoCorreria, realizado na noite de terça-feira (17). De acordo com a publicação - disponível na área do DOE destinada exclusivamente a licitações - as obras e os serviços de operação e manutenção deste novo sistema rodoviário vão ser executados por meio de Parceria Público-Privada (PPP), na modalidade de concessão patrocinada.
O edital da concorrência pública e seus anexos poderão ser obtidos, a partir do próximo dia 23, no site da Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinfra), pelo endereço www.infraestrutura.ba.gov.br, no menu Editais. Os interessados poderão obter informações através do e-mail pontesalvadoritaparica@infra.ba.gov.br e do telefone (71) 3115-2174. "Até o final de novembro, nós faremos o leilão na Bolsa de Valores de São Paulo", disse o governador durante a live nas redes sociais na noite de ontem.
A ponte Salvador-Itaparica terá 12,4 km de extensão e integrará o Sistema Viário do Oeste (SVO), que beneficiará 10 milhões de pessoas, que vivem em cerca de 250 municípios da Bahia. Com a construção da ponte e demais intervenções viárias do projeto, a Ilha de Itaparica, o sul do Recôncavo e o território do Baixo Sul terão o crescimento socioeconômico estimulado, como ocorreu no Litoral Norte após a construção da Estrada do Coco e da Linha Verde.
O plano de desenvolvimento prevê o estímulo a nove setores: educação, saúde, segurança pública, logística, indústria naval, turismo, agricultura, comércio e construção civil. Em 30 anos, a expectativa é que o crescimento dessas atividades crie 100 mil novos postos de trabalho. A ponte Salvador-Ilha de Itaparica será a segunda maior da América Latina e ocupará a 23ª posição no ranking mundial de pontes. Secom /GOV-BA.


Alagoinhas recebe oitava edição da Semana de Arte e Cultura do Litoral Norte e Agreste Baiano

Com uma extensa programação de espetáculos de teatro, concertos sinfônicos, lançamentos de livro, exposições, mostras, oficinas e atividades que exploram as diversas linguagens artísticas e culturais, a VIII Semana de Arte e Cultura do Litoral Norte e Agreste Baiano também abre espaços de diálogo e convida a comunidade cultural do território a pensar políticas culturais no Brasil. Com o tema Criar, Resistir e Reinventar, a abertura do evento acontecerá na noite da segunda-feira (23), às 19h, e contará com apresentação de orquestra juvenil do Neojiba, além da abertura do Salão de Artes Visuais de Alagoinhas.
A VIII Semana de Arte e Cultura acontece entre os dias 23 e 29 de setembro no Centro de Cultura de Alagoinhas, e tem grande parte de sua programação com acesso gratuito. Somente dois espetáculos na Sala Principal são pagos, o Pele Negra Máscaras Brancas, que acontece na terça-feira (24), às 19h30, com ingressos a R$ 20 (inteira), e Arquivo 64/15 Porões da Ditadura, no sábado (28), às 20h, com ingressos a R$ 10 (inteira). Já o espetáculo infantil O Menino do Sertão, na quinta-feira (26), às 14h, será aberto ao público, assim como todas as demais atrações da programação.
Entre as novidades para este ano estão as estreias do I Sarauzinho do Boizinho Encantado e da Virada Cultural, além das feiras de Economia Solidária e Colaborativa que acontecem na área externa durante todos os dias do evento. Destacam-se ainda as participações da Camerata Bahia Cordas da Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba) e do coletivo Diálogos Insubmissos com Mulheres Sagradas que se apresentam pela primeira vez em Alagoinhas, na quarta (25) e quinta-feira (26), respectivamente.
O encerramento acontece no domingo (29) com o Festival de Cultura Popular que reunirá grupos culturais de samba de roda, capoeira e outras manifestações populares, a partir das 9h, no Foyer do Centro de Cultura. O evento é uma realização da Secretaria de Cultura da Bahia (Secult) através do Centro de Cultura de Alagoinhas, com o apoio da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Casa do Poeta de Alagoinhas, Núcleo Territorial de Educação – NTE 18, Conselho Municipal de Política Cultural de Alagoinhas, Colegiado de Desenvolvimento Territorial do Litoral Norte e Agreste Baiano, Projeto Escolas Culturais, Mulheres Empreendedoras em Movimento, Pontos de Cultura, além de grupos residentes, coletivos culturais, artistas e agentes culturais do território.

Troca de ideias

Com o objetivo de consolidar-se enquanto espaço de resistência em defesa das artes e da preservação da cultura local, a VIII Semana de Arte e Cultura abre espaço para o Fórum Territorial de Cultura do Litoral Norte e Agreste Baiano, que reunirá agentes culturais, artistas, coletivos, pontos de cultura, escolas culturais e instituições representativas do campo da cultura na terça-feira (24), às 8h. Já na quinta-feira (26), a comunidade cultural será convidada a refletir sobre a função da arte e da cultura em tempos de retrocessos sociais e políticos, sobretudo, no tocante às políticas culturais no Brasil na mesa-redonda “Criar, Resistir e Reinventar”, às 9h, na Sala Principal.
Literatura e lançamentos de livros – Este ano, uma série de atividades voltadas para a literatura e leitura acontecerá durante a Semana de Arte e Cultura. Na quinta-feira (26), será realizado um lançamento coletivo de livros de autores diversos, às 11h30, no Foyer. Já no sábado (28) será lançado o livro Vai, Carlos, ser Marighella na vida – Outro olhar sobre os caminhos de Carlos Marighella na Bahia, de Ricardo Sizílio, às 17h, também no Foyer.
O tradicional Sarau do Boi Encantado que já está em sua quinta edição reunirá poetas e amantes da poesia na sexta-feira (27), às 19h, na Sala Principal, e para o público infantil, estreia o I Sarauzinho do Boizinho Encantado na quinta-feira (26), às 14h, na Sala Auristela Sá, com contação de histórias e atividades lúdicas voltadas para crianças. Com foco no fomento à leitura e acesso a livros, acontecerão o Escambo de Livros no sábado (28), das 9h às 17h, no Foyer, e durante todos os dias da programação a atividade Leia e Passe Adiante estimulará o público a tirar os seus livros das prateleiras de casa e deixá-los circular.
Virada Cultural
No sábado (28), o Foyer, Salas Multiuso e Área Externa do Centro de Cultura receberão uma maratona de atividades ininterruptas que começarão às 9h e entrarão pela madrugada. O público poderá conferir rodas de bate papo, oficinas, exibição de documentários, intervenções artísticas, exposição de beat, batalha de MC’s, apresentações de dança, além dos shows musicais de Roça Sound, Pinho Blures, Nando Zâmbia, Thay Coutinho, Cia de Artes Ninno Moura, A Côrte, Jorge 4reais, MC Osmar, Tárcio Mota, Mano Ce, Treta Roots, Eva Karize, Nanda Lins, DJ Lottus, DJ Enriko, DJ IBlack, The Mob, Grupo Step UP, Ellite’s Dance, Dance is Life, Anker Bronx Crew, Life Off Dance, Bruna Meyer, EXD Dance, Aborígenes, Organoclorados e Banda Apollo.

Oficinas

Durante os sete dias do evento serão realizadas oficinas gratuitas em diferentes espaços da cidade de Alagoinhas. No Centro de Cultura, serão realizadas as oficinas de Poesia do Sarau do Boi Encantado, de Cultura Hip Hop, Música e Dança, e Stencil Arte; a oficina de Contação de História acontecerá na Escola Oscar Cordeiro e na APAE; a oficina de Teatro para Atores e não Atores, no Ponto de Cultura da Associação Beneficente Cultural Ilê Asé Oyání do Ilê Axé Oyá Ni; a oficina de Teatro e CINEMAÇO: Filmes Para Falar de Nós, no Ponto de Cultura ABRUPE Cultural (Pedrão); e a oficina de Dança, Teatro e LIBRAS, no Ponto de Cultura Associação de Desenvolvimento Comunitário do Assentamento Boa Vista III (Esplanada).

VIII Semana de Arte e Cultura do Litoral Norte e Agreste Baiano
Quando: 23 a 29 de setembro
Local: Centro de Culturas de Alagoinhas
Programação completa no link
Fonte: Ascom/ Secult

Minuto de silêncio em homenagem a vítimas de acidentes marca abertura da Semana Nacional de Trânsito

O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) deu início às atividades da Semana Nacional (SNT) na manhã desta quarta-feira (18), na Central de Atendimento do órgão, no SAC do Shopping da Bahia, em Salvador. O evento foi marcado pela realização de um minuto de silêncio em homenagem às vítimas de acidentes. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), quase 40 mil pessoas morrem por ano nas ruas e estradas do Brasil.
O ato teve a participação do diretor-geral do Detran-BA, Rodrigo Pimentel, de dirigentes e servidores da autarquia. Eles exibiram uma faixa da campanha 'No trânsito, o sentido é a vida'. Os usuários da Central de Atendimento foram convidados a refletir sobre o tema. Em seguida, a equipe da Escola Pública de Trânsito (Eptran) distribuiu material informativo com regras de segurança para motoristas, pedestres e ciclistas.
(Foto: Detran-BA)
 A programação da SNT segue até o próximo dia 25, com ações educativas e de fiscalização e uma campanha de conscientização sobre o risco de dirigir usando o celular. "Queremos chamar a atenção para o perigo da distração com o celular, que pode ser fatal. Teremos também a simulação do teste do bafômetro em pontos turísticos, atividades lúdicas com crianças em nosso Centro Interativo, blitzes da Lei Seca e palestras sobre prevenção de acidentes”, explicou Rodrigo Pimentel. Fonte: Ascom/Detran-BA

Combate ao trabalho escravo na Bahia é tema de seminário nesta quarta

Fotos: Michele Brito/SJDHDS
Comissão de Erradicação do Trabalho Escravo (COETRAE), completa 10 anos com Seminário Internacional, no auditório do Ministério Público do Trabalho

Entre 2014 e 2019, 238 trabalhadores foram resgatados em situação de trabalho análogo ao escravo no estado. Este dado é da Comissão de Erradicação do Trabalho Escravo na Bahia (Coetrae-BA), que celebrou dez anos de atuação com um seminário internacional realizado nesta quarta-feira (18), no Ministério Público do Trabalho (MPT-BA), em Salvador. O encontro promoveu debates e reuniu parceiros da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social do Estado (SJDHDS).
"Temos que refletir que, em pleno século XXI, nós ainda encontramos este tipo de condição e por isso é fundamental que todos os órgãos envolvidos continuem trabalhando de forma integrada e conjunta. Foram dez anos de muita luta, muito trabalho, mas de fluxos muito proveitosos e, acima de tudo, de conscientizar a sociedade e empresários que este tipo de prática é muito nociva, danosa ao ser humano e ao ambiente de negócio", afirmou o titular da SJDHDS, Carlos Martins.
Além de membros do MPT-BA, participaram representantes da Organização Internacional do Trabalho, Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Ministério do Trabalho e Emprego, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, Ministério Público Federal, Defensoria Pública da União e Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas).
De acordo com a procuradora do MPT-BA, Manuella Gideon, a necessidade de trabalhar torna o trabalhador vulnerável aos abusos e o meio rural é onde se registra o maior número de casos. "Não é uma mera irregularidade trabalhista que faz com que haja um resgate ou a identificação do trabalho escravo. O Código Penal, artigo 149, prevê as hipóteses. Trabalho em condições degradantes, sem um mínimo de dignidade, jornada exaustiva, condições precárias de alojamento, ausência de banheiro, água potável, cama. É uma série de fatores que levam ao entendimento de que aquilo é um trabalho degradante", explicou.


Um lavrador, que preferiu não ser identificado, foi submetido a condições de trabalho análogas ao trabalho escravo em uma fazenda na região de Vitória da Conquista. Ele trabalhava na lavoura, recebia o salário mensalmente, mas dormia em um curral sem qualquer estrutura. Ele não identificou a situação como trabalho escravo, mas a Polícia Rodoviária Federal resgatou o trabalhador em uma Força Tarefa do Coetrae-BA. "Eu não cheguei à conclusão [de que tinha alguma coisa errada] porque já tinha dois anos que eu estava lá, mas a Polícia Federal chegou, achou que tava tudo errado e parou o serviço", contou. "Agora a gente está correndo atrás do objetivo para não acontecer mais", completou o trabalhador.  Fonte :Secom - GOV-BA(Repórter: Lina Magalí ).

  

Missa, Música na Escola e Ordem do Mérito marcam aniversário de 186 anos de Feira de Santana, nesta 4ª

Feira de Santana comemora nesta quarta-feira, 18 de setembro, 186 anos de emancipação política. A data será marcada por uma programação especial durante todo o dia.
Às 7h será realizada uma missa festiva na Catedral Metropolitana de Senhora Santana, com a presença do prefeito Colbert Martins Filho e demais autoridades municipais.
Logo em seguida, a Fanfarra Municipal de Humildes (FANMUH), a Fanfarra do Distrito de Jaíba (FANDJ) e a Fanfarra Amor por Bonfim de Feira se apresentam no estacionamento da Prefeitura. Elas representam, respectivamente, as escolas municipais Geraldo Dias de Souza, Quinze de Novembro e Álvaro Pereira Boaventura. As bandas fazem parte do programa Música na Escola, oferecido pela Secretaria de Educação.
A programação continua à tarde, com a realização de uma sessão solene na Câmara de Vereadores, a partir das 15h.
À noite, a partir das 19h, acontece a entrega das medalhas da Ordem do Mérito de Feira de Santana, no Spazzio Eventos. Neste ano serão admitidos 54 novos membros, sendo três grandes comendadores, 21 comendadores e 30 oficiais. São cidadãos e cidadãs que nas suas áreas de atuações profissionais contribuíram para o engrandecimento do município. A homenagem é presidida pelo prefeito Colbert Martins Filho.

Asa Branca vai ganhar creche com capacidade para atender 190 crianças

O bairro Asa Branca vai ganhar em breve um Centro Municipal de Educação Infantil, CMEI, que atenderá crianças de 1 a 5 anos. Na manhã desta terça-feira, o prefeito Colbert Martins Filho e o secretário de Educação, Marcelo Neves, visitaram a obra durante o mutirão que ofereceu serviços à comunidade do bairro. O CMEI está localizado próximo à Unidade de Saúde da Família Asa Branca III.
A creche, que atenderá aproximadamente 200 crianças, tem oito salas de aula, playground, espaço coberto para o recreio, anfiteatro, setor administrativo, sala dos professores, área de serviço, cantina, cozinha, refeitório e sanitários para pessoas com deficiência.
Acompanhado de sua chefe de Gabinete, Paula Soto, e da diretora do Departamento de Manutenção, Flávia Aguiar, o secretário aproveitou a atividade na Asa Branca para conhecer também as escolas municipais Arthur Martins da Silva e Antonio Alves Oliveira.
O objetivo da visita técnica é conhecer a realidade das escolas e ouvir dos próprios gestores as principais demandas. Foram pedidos pequenos reparos e construção de novos espaços nas unidades de ensino. As solicitações já foram repassadas para o setor competente. Secom/PMFS.

Portadores de diabetes tipo 1 receberão canetas de insulina a partir de outubro

Profissionais das unidades básicas de saúde e do Centro de Atenção ao Diabético e Hipertenso (CADH) participaram de uma capacitação sobre o uso das canetas de insulina em pacientes diabéticos.
O treinamento realizado no auditório da Secretaria de Saúde foi promovido pela Assistência Farmacêutica e Atenção Básica. As canetas de insulina passarão a ser disponibilizadas a partir de outubro, através do Ministério da Saúde, para pessoas portadoras da diabetes mellitus tipo 1.
Para Dirlene Ramos, farmacêutica que esteve ministrando a capacitação e representante da empresa produtora das canetas de insulina, Novo Nordisk, o material possui tecnologia de ponta e pode proporcionar maior praticidade aos usuários.
“Essa caneta representa maior conforto e segurança em comparação a metodologia tradicional”, compara Dirlene.
De acordo com a referência técnica em diabetes e hipertensão, Isabela Machado, a capacitação é importante para familiarizar o profissional quanto as novas tecnologias.
"Precisamos dos nossos profissionais aptos e sem qualquer dúvida para orientar os pacientes", afirma Isabela.
A capacitação contou também com a palestra da farmacêutica Carla Benício, da empresa Roche Diagnostics, produtora dos glicosímetros e fitas para medir a glicemia.
Os pacientes que se enquadram nos critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde deverão apresentar relatório médico. A faixa etária das pessoas que poderão receber os materiais são de 0 a 15 anos, e igual ou acima de 60 anos
“A aquisição dos materiais recebidos pela Prefeitura e Secretaria de Saúde foram baseados em dados epidemiológicos e populacionais”, informa Marcelo Soares, farmacêutico da Assistência Farmacêutica. Secom/PMFS.

terça-feira, 17 de setembro de 2019

Repartições municipais não abrirão nesta quarta-feira, aniversário de 186 anos de Feira de Santana

A quarta-feira, 18, quando o município comemora 186 anos de emancipação político-administrativa de Cachoeira, será ponto facultativo nas repartições públicas municipais.
As exceções serão as unidades que prestam serviços em regime de plantão, como os hospitais, policlínicas, Samu, agentes de trânsito, guardas civis municipais.
O expediente nas repartições que não prestam serviços essenciais à população será encerrado às 18h desta terça-feira e voltam a atender ao público a partir das 8h30 da quinta-feira. Secom/PMFS.

Hospital da Mulher se destaca na captação de córneas

A família da administradora de empresas Márcia Gabriela Tanajura doou as córneas da mãe, Iraíldes de Souza, que faleceu em agosto deste ano. Uma decisão tomada em um momento difícil, mas com total consciência da importância do gesto. "Se você pode fazer algo pelo próximo, por que não fazer? Por que não doar? Eu sou doadora de órgãos e tecidos. Houve essa oportunidade, meu pai também aceitou, não foi uma decisão só minha, e minha mãe era uma pessoa boa, que não negava nada a ninguém", contou Márcia.
A possibilidade de doação foi comunicada pela equipe da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (CIHDOTT), do Hospital da Mulher (HM), que funciona no Largo de Roma, em Salvador. Desde a abertura da unidade, em janeiro de 2017 é realizado um trabalho de captação de córneas, tecido que pode ser doado em até 6 horas após a constatação do óbito do paciente. Até setembro deste ano, já foram captadas 50 córneas, tecido que melhora a visão ou possibilita que pessoas cegas possam enxergar.
"Por não ser um hospital de "porta aberta", nós não temos como fazer transplante de órgãos. A gente pode doar córneas. Temos uma parceria com o Banco de Olhos, eles vieram aqui em 2017, fizeram um treinamento e, então, quando o paciente é internado ele já é acolhido tanto pelo serviço social, quanto pela psicologia. Após o óbito, conseguimos ver o perfil do paciente, se ele é ou não elegível para a doação. Tendo o perfil, a gente aborda o familiar", explica a presidente do CIHDOTT, Aline Botelho.
Esse trabalho vem ajudando a diminuir a fila de espera por transplantes de córnea no estado. O HM é o segundo hospital com maior número de captações, seguido pelo Ana Nery e o Eládio Lasserre. Em primeiro lugar, vem o Hospital do Subúrbio. De acordo com a Secretaria de Saúde, apenas 30% das famílias abordadas dizem sim à doação de órgãos e tecidos. Por isso, é importante que o desejo de doar seja comunicado ainda em vida. O registro no documento de identidade não é mais realizado. Secom/GOV-BA.

Cursos presenciais do RH Bahia estão com inscrições abertas

O RH Bahia está promovendo uma nova agenda de cursos presenciais. A grande novidade deste mês é o curso O Papel do Gestor no RH Bahia, voltado especialmente para profissionais que lideram equipes no Estado. Em paralelo, também há vagas disponíveis para um treinamento sobre o Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado e para uma nova edição do workshop Direto ao Ponto, que vai tirar dúvidas de profissionais de Recursos Humanos sobre os processos da Folha de Pagamento.
Os interessados já podem fazer sua inscrição na área de Cursos do Portal do Servidor. As ações de capacitação são uma realização do Núcleo de Formação Continuada da Superintendência de Recursos Humanos em parceria com a Diretoria de Valorização de Desenvolvimento de Pessoas da Saeb. A seguir, você confere mais informações sobre cada curso:
O Papel do Gestor no RH Bahia - O treinamento visa orientar as chefias do Poder Executivo Estadual sobre as rotinas que devem ser seguidas para gerir processos relacionados à vida funcional das suas equipes, incluindo o acompanhamento de mensagens e a realização de autorizações por meio Portal de Serviços do RH Bahia. As inscrições podem ser feitas até 25 de setembro. Já o curso será realizado no dia 30 de setembro, das 13h às 17h, no salão azul da Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP), no CAB.
Direto ao Ponto/Folha de Pagamento - Os profissionais que trabalham com Folha de Pagamento podem aprofundar conhecimento e tirar dúvidas em mais uma edição do workshop Direto ao Ponto. Com base num levantamento das solicitações mais comuns feitas ao Service Desk, a atividade engaja os participantes em dinâmicas e exercícios voltados para as rotinas da área. Serão oito horas de atividade, a serem realizadas no dia 27 de setembro, também no Salão Azul da SEAP, no CAB. As inscrições seguem até 23 de setembro.
Difusão do Conhecimento/Estatuto do Servidor – Conhecimento imprescindível para a gestão de pessoas no Estado, a interpretação do Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado da Bahia é objeto da capacitação a ser promovida no dia 25 de setembro no Salão Azul da SEAP, no CAB. Este já é a segunda edição do evento da série Difusão do Conhecimento, que visa capacitar profissionais de Recursos Humanos para atuar no futuro como instrutores do RH Bahia. Além deste público alvo, o curso é indicado também para servidores recém-ingressos nos setores de RH do Estado. As inscrições seguem até 23 de setembro.
Fonte: Ascom/ Saeb.

Secretaria da Educação do Estado promove encontro sobre o Programa Primeiro Emprego

A Secretaria da Educação do Estado realizou, nesta terça-feira (17), um encontro de alinhamento e orientação do Programa Primeiro Emprego, no auditório da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap), em Salvador. Voltada para gestores de escolas que ofertam a Educação Profissional e Tecnológica, a atividade contou com depoimentos de estudantes participantes do programa, além de um painel informativo de avaliação, no qual foram destacadas questões como atualização de dados cadastrais dos estudantes, divulgação e funcionamento do programa. Até o momento, o programa já beneficiou cerca de 8 mil jovens em todo o Estado.
O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, falou da importância do alinhamento para potencializar o alcance do programa a mais jovens baianos. “Estamos com a missão de atualizar os cadastros dos estudantes e, também, de fazer um grande mutirão tratando do tema para estimular os jovens a participarem do programa, pois esta é uma grande oportunidade para eles se inserirem no mundo do trabalho”, destacou.
A necessidade do cadastramento dos estudantes foi reforçada pelo secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Davidson Magalhães. “Deveremos introduzir um novo instrumento no cadastramento dos estudantes, que são as suas redes sociais, pois através delas poderemos ter acesso direto a eles, já que seus perfis dificilmente são alterados, o que acontece com seus números de telefone, que são trocados com mais frequência. O cadastro é um grande vetor de fortalecimento do programa e, por isso, as informações dos estudantes precisam estar completas e corretas”.
A jovem Maiane Oliveira Santos, 27 anos, que fez o curso técnico em Segurança do Trabalho, no Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) em Serviços e Processos Industriais Irmã Dulce, localizado em Simões Filho, relatou um pouco de sua experiência com o programa, por meio do qual atua no Arquivo Central da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (SESAB). “Esta foi uma grande oportunidade que abracei e que está sendo um diferencial na minha vida. O programa me proporcionou experiência não só profissional, mas também pessoal, pois participei de eventos como o Campus Party e o Fórum Social Mundial, que mostram como a sociedade tem pensado em políticas sociais. Além disso, o programa tem me proporcionado o ambiente da interdisciplinaridade, que nos permite perceber como funciona a administração pública nesse espaço e como podemos desenvolver a parte técnica na prática”.
Fonte: Ascom/ Secretaria da Educação do Estado.

Governo Municipal se mobiliza para criar um Centro de Inovação Tecnológica

A criação, em Feira de Santana, de um espaço estruturado de inovação tecnológica (Hab office ou co-working), que sirva como ambiente de convergência para reunir e interconectar profissionais de talento, professores e pesquisadores empenhados na formatação de projetos voltados ao negócio e o empreendedorismo, foi confirmada pelo prefeito Colbert Martins Filho.
O Hab de Inovação nasce com a missão de dinamizar a economia regional, através de círculo virtuoso da produção de conhecimentos e inovações tecnológicas. Com o seu posicionamento estratégico, o Município passará a ser um centro de atração e difusão de inovação para toda a Bahia.
Os impactos positivos incluem aumento de abertura e consolidação de empresas com bases tecnológicas, atração de investimentos externos e negócios; aumento da competitividade dos negócios e das chances de expansão de produtos e serviços para o mercado internacional.
Outros aspectos pontuados neste processo estão a abertura de novas vagas de emprego, geração de renda e aumento dos níveis salariais; aceleração do crescimento do Produto Interno Bruto(PIB) municipal e aumento na arrecadação de impostos.
Na oportunidade, uma carta aberta (assinada pela comunidade de startups Santana Valley e subscrita por várias entidades representativas dos setores educacional, do comércio e da indústria) foi entregue ao prefeito Colbert Filho, que se prontificou a providenciar um local para a implantação do futuro Hab de Inovação.
O encontro, realizado na manhã desta terça-feira,17, na Sala de Reunião do Paço Municipal Maria Quitéria, contou com as participações dos secretários Antônio Carlos Borges Júnior (Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico), Pablo Roberto Gonçalves (Prevenção à Violência), Carlos Brito (Planejamento), Ozeny Moraes ( Gestão e Convênio), Valdomiro Silva (Comunicação), Denilton Brito (Agência Reguladora de Serviços Públicos).

segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Bahia busca novos investimentos da Alemanha em encontro internacional

Com oito grandes empreendimentos alemães implantados na Bahia que, juntos, geram 2,3 mil empregos e somam cerca de R$ 4 bilhões em investimentos, o Governo do Estado participa do Encontro Econômico Brasil-Alemanha (EEBA-2019), para ampliar o fluxo de negócios com investidores do país europeu, além de fortalecer as relações de cooperação internacional nos campos da economia, turismo, planejamento e cultura. O evento iniciou nesta segunda-feira (16) e segue até a terça (17), em Natal, Rio Grande do Norte.
"A Alemanha é a quarta economia do mundo e, com essa integração, podemos trazer mais emprego para o Nordeste brasileiro. O encontro pode beneficiar ainda o Consórcio Nordeste, com a ampliação do comércio entre o Brasil, os estados nordestinos e a Alemanha", disse o governador Rui Costa. Em visita ao estande do Governo do Estado no evento, Rui apresentou aos governadores da região os produtos de cooperativas da agricultura familiar.
O EEBA, na opinião do vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, João Leão, permite uma maior aproximação da Bahia com investidores alemães. "A Alemanha é um dos países que mais tem investido em nosso estado, com a Basf, Continental, Bosch, Sowitec, Siemens-Gamesa e Knauf. Além disso, atrair as empresas alemãs de médio e grande porte traz perspectivas de empregos e parcerias mais qualificados para nosso Estado", afirma.
O governo baiano montou um estande no evento no qual expõe as oportunidades de investimento e o ambiente de negócios do estado. A Bahia está fortemente interessada em receber este encontro econômico em 2021, quando voltará a ser realizado no Brasil.

Potencial

"A Bahia possui um potencial enorme para o desenvolvimento de novos projetos em parceria com a Alemanha nas mais diversas áreas. Temos, inclusive, avançado nas tratativas com empresas alemãs que pretendem investir na Bahia, como é o caso da Hirmer, com a implantação de um resort no Sul do estado e a construção do novo aeroporto de Porto Seguro, além do fomento para a agricultura familiar e geração de energia renovável", destaca o secretário do Planejamento, Walter Pinheiro.
Já o secretário do Turismo, Fausto Franco, exalta as potencialidades turísticas e a união dos estados nordestinos como aspecto estratégico para o crescimento da economia: “Esse encontro é muito importante para o Brasil, pois a Alemanha está entre as maiores potências mundiais e, no caso específico da Bahia, que já possui negócios com este país, as oportunidades vão se ampliar ainda mais a partir do Consórcio Nordeste”.
A Secretaria de Cultura também participa do evento com o propósito, segundo Arany Santana, titular da pasta, de fortalecer a dimensão econômica da Cultura, que precisa ser fomentada para além dos seus aspectos simbólicos e cidadão.
Esta é a 37º edição do encontro que reúne empresários interessados em estreitar relações, fechar parcerias, fazer intercâmbio de tecnologias e efetivar negócios. O EEBA é organizado pela Federação das Indústrias Alemãs (BDI) e pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em parceria com a Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha (AHK) e nesta edição, contará com a parceria da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN). Secom/GOVBA.

Secult promove oficina de elaboração de projetos para os Editais Setoriais 2019 em Salvador

A Secretaria de Cultura da Bahia (Secult) e suas unidades vinculadas estarão percorrendo os 27 territórios de identidade do estado para apresentar os Editais Setoriais 2019 e realizar oficinas de elaboração de projetos. O intuito é mobilizar e fazer com que artistas, agentes e coletivos culturais, além de cooperativas, fundações e associações que atuam na área cultural consigam participar das chamadas públicas. No território metropolitano, a atividade ocorrerá em Salvador, no dia 17 de setembro, no Instituto Anísio Teixeira (IAT), com roda de conversa sobre os 19 editais das 9h às 12h, e oficina de elaboração de projetos das 13h30 às 17h. O acesso é gratuito.
Os Editais Setoriais de Cultura são uma iniciativa do Governo do Estado com o objetivo de fomentar a Cultura na Bahia através das diversas modalidades como Artes Visuais, Circo, Culturas Identitárias, Culturas Populares, Dança, Economia Criativa, Incentivo à leitura, Literatura, Museus, Música, entre outras. A execução é por meio das unidades vinculadas da Secult (Fundação Cultural do Estado da Bahia, Fundação Pedro Calmon e Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural), das superintendências de Promoção Cultural e de Desenvolvimento Territorial da Cultura, e também do Centro de Culturas Populares e Identitárias.

Inscrições

As inscrições podem ser realizadas pela internet, por meio do Sistema de Gerenciamento de Fomento à Cultura – Clique Fomento, disponível no site siic.cultura.ba.gov.br. Para alguns editais, é possível se inscrever também por meio físico, através de envio de formulário devidamente preenchido, por Sedex dos Correios ou carta registrada com aviso de recebimento (AR).
Mais informações: http://www.cultura.ba.gov.br/
Serviço

Roda de Conversa e Oficina – Editais Setoriais 2019 
Quando: 17 de setembro 9h às 12h – Roda de conversa e apresentação dos 19 Editais Setoriais 13h30 às 17h – Oficina de Elaboração de Projetos 
Onde: Instituto Anísio Teixeira (IAT) 
Quanto: Acesso gratuito
Fonte: Ascom/ Secretaria da Cultura do Estado