sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Obras de macrodrenagem irão controlar as cheias do Rio Jaguaribe

Obras de macrodrenagem irão controlar as cheias do Rio Jaguaribe

Com o objetivo de conter as enchentes e alagamentos, que atingem todos os anos milhares de famílias que vivem em locais próximos aos rios Jaguaribe e Mangabeira, o Governo do Estado prossegue com as obras de proteção das margens, que contemplam ainda a substituição de pontes e passarelas, urbanização com implantação de equipamentos comunitários e canteiros verdes para recomposição da arborização, além do reforço e remanejamento das adutoras da Embasa que abastecem boa parte da população da capital.

 O trecho da Paralela até a orla de Patamares, que será beneficiado pelas intervenções da Companhia de Desenvolvimento Urbano (Conder), alcança uma extensão de mais de 10 quilômetros, cruzando comunidades como Bairro da Paz e Alto do Coqueirinho, além dos condomínios localizados ao longo da Avenida Orlando Gomes. O investimento total previsto é da ordem de R$ 270 milhões, recursos provenientes do Ministério das Cidades para prevenção de desastres naturais.

 O diretor de Obras Estruturantes da Conder, Sérgio Silva, explica a importância das obras pela existência de um adensamento populacional ao longo do curso dos rios. “Nos períodos de chuvas mais intensas, as cheias já se transformaram em um problema crônico e se nada for feito a tendência é o agravamento deste cenário”.

 Entre os problemas relacionados, ele destaca a falta de mobilidade urbana, prejuízos financeiros das famílias, com a perda de móveis, roupas e eletrodomésticos, até o aumento dos casos de doenças relacionadas à poluição. A expectativa é que as obras também criem as condições necessárias para a melhoria da qualidade da água, com a correção do lançamento de esgoto no rio Jaguaribe, a partir da entrada em funcionamento do interceptor do Mangabeira.

 Silva ressalta ainda que o objetivo principal das obras é, além de controlar as cheias dos rios, com o revestimento das calhas, preservar e proteger as margens, garantindo ainda mais qualidade de vida com a implantação de equipamentos comunitários e esportivos, entre eles, quadra poliesportiva, ciclovia e calçadas que irão impedir novas ocupações irregulares.

 Alagamentos

 Nascido em Maragogipe, Antônio Carlos Santos, que integra o conselho de moradores do Bairro da Paz, onde mora há 26 anos, enumera os problemas enfrentados pela comunidade, em função das cheias dos rios. "A gente calcula que mais de 600 famílias sofrem com os alagamentos em maior proporção, que chegam a deixar muitas pessoas desabrigadas e já provocaram até morte”.

 O Bairro da Paz começou a ser formado na década de 80, quando ocorreram as primeiras ocupações por aproximadamente 1,2 mil famílias e, desde então, quem mora no local convive com a falta de infraestrutura urbana. “Somos uma comunidade com aproximadamente 50 mil habitantes e não temos nenhuma quadra de esporte pública. Com a obra, os mais jovens terão uma alternativa diferente das ruas”.

 Audiências públicas 

 O projeto, desenvolvido pelo consórcio Desenvolvimento Urbano do Jaguaribe, já foi apresentado e debatido em audiências públicas realizadas em diversas comunidades diretamente envolvidas, como, por exemplo, o Bairro da Paz, Alto do Coqueirinho, Vila Romana e KM 17 (Itapuã) e Placaford, além de reuniões periódicas no escritório social da obra. Recentemente, a Assembleia Legislativa também realizou uma audiência pública com a participação de representantes do Governo do Estado, de entidades ambientalistas e das comunidades do entorno.

 Como parte do projeto está prevista ainda a relocação para apartamentos do programa 'Minha Casa, Minha Vida' de cerca de 300 famílias que vivem em moradias precárias, situadas na Área de Preservação Permanente (APP), contribuindo para a poluição das águas dos rios. O licenciamento ambiental e o alvará que autorizou o início das obras foi concedido pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), contando ainda com a outorga do Instituto Estadual do Meio Ambiente (Inema), responsável pela gestão dos recursos hídricos.

Curso técnico em Aquicultura tem aula inaugural nesta segunda

A Secretaria da Educação do Estado realiza, nesta segunda-feira (21), a aula inaugural do novo curso técnico de nível médio em Aquicultura a ser ofertado pela rede estadual em parceria com a Secretaria de Agricultura (Seagri), por meio da Bahia Pesca. A aula será às 9h, no anexo do Centro Estadual de Educação Profissional em Turismo do Leste Baiano (CEEP), localizado no Centro Vocacional Tecnológico do Pescado (CVTT), no distrito de Acupe, em Santo Amaro, no Recôncavo Baiano.

 As aulas terão como base a Pedagogia da Alternância, ou seja, os estudantes, oriundos principalmente da zona rural, passarão parte do tempo na escola e parte do tempo nas suas residências, de modo que conciliem o trabalho com os estudos. Enquanto estiverem nas aulas, os estudantes receberão hospedagem gratuita, alimentação e todo o material didático para o máximo aproveitamento das aulas.

 O curso terá 60 estudantes, com carga horária de 1.460 horas, dividida em 12 meses. Entre as disciplinas estudadas estão métodos de reprodução, sistema de cultivos, larvicultura de peixes, biologia aquática e avaliação de impactos ambientais. A formação possibilitará aos futuros técnicos trabalharem em instituições e empresas de produção e beneficiamento de pescado, laboratórios de reprodução, larvicultura e engorda ou de forma autônoma.

BCS de Itinga comemora cinco anos de trabalhos sociais

Foto: Elói Corrêa/GOVBA

A população de Itinga, em Lauro de Freitas, comemorou os cinco anos de inauguração da Base Comunitária de Segurança (BCS) do bairro, nesta sexta-feira (18), com uma grande festa. Composta por um grupo de 78 policiais, a unidade reforça a segurança da região e promove diversos projetos sociais de inclusão para crianças, adolescentes e adultos, como atividades de teatro, esporte e lazer. 

Para a tenente Naila Reis, comandante da BCS, a presença da base tem um impacto forte na segurança do bairro. “A boa relação que temos com todos aqui faz toda a diferença. Em 2015, fomos a companhia que mais apreendeu armas de fogo. Desde que começamos nossas atividades, recebemos duas vezes o prêmio de desempenho policial. Temos muito trabalho a ser feito ainda, mas certamente estamos conseguindo um resultado muito positivo na diminuição dos índices de violência”.

 Presente na cerimônia, o secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, destacou que o evento celebra acima de tudo a relação que os policiais têm com os moradores. “Além da parte operacional, nós oferecemos projetos para melhorar a vida da comunidade. São projetos muito importantes, que promovem uma aproximação entre a polícia e as pessoas, formando uma ponte de confiança, e que também melhoram a autoestima das pessoas que vivem na comunidade”.

 Transformação 

 As BCS integram o programa estadual Pacto Pela Vida e funcionam em 18 regiões de Salvador e interior do estado, buscando uma interlocução com as comunidades onde atuam. É o que explica o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Anselmo Brandão. “A Bahia é um destaque nacional nessa filosofia de policiamento. Muito além do trabalho ostensivo, nosso maior objetivo é trabalhar nas bases sociais para diminuir a criminalidade".

 A estudante Laíse Carvalho, 16 anos, é um exemplo de transformação promovida pelo projeto Vidas em Cena, que oferece aulas gratuitas de iniciação teatral. “Minhas notas melhoraram. Eu comecei a me interessar mais pelos estudos e a ter uma melhor relação com meus professores. Aprendi a gostar de ler e me tornei uma pessoa mais sociável. Esse grupo mudou muita coisa pra mim. Agora, eu me sinto muito mais evoluída para buscar meus caminhos”, afirmou.

SAC Feira II completa cinco anos com quase 1,8 milhão de atendimentos

Primeiro do interior do estado a disponibilizar atendimento agendado, o SAC Feira II realizou 1.727.523 atendimentos desde que foi inaugurado, em agosto de 2012, até julho de 2017. Em cinco anos de funcionamento, a unidade oferece aos feirenses serviços de 12 unidades conveniadas, como o Banco Mais BB, Detran-BA, Polícia Federal, SAC Educação, Sefaz Estadual, SineBahia, Antecedentes Criminais e Identidade (SSP), além de Planserv, Ceprev e CPF (Saeb), e ainda o Tribunal de Justiça, resultando em 242 serviços no posto.

 Atualmente, a unidade possui 105 colaboradores e, entre os cinco serviços mais demandados no posto, em julho deste ano, a liderança fica com a emissão da 2ª e demais vias da carteira de identidade (2.739), seguida pela renovação da Carteira de Habilitação (1.513), pesquisa de vagas de emprego (880), pedido de entrada no seguro-desemprego (805) e solicitação da 1ª via da RG (790). 

Para a gerente do posto, Carla Regina Brasil, o funcionamento da unidade, que atende a uma média de dois mil cidadãos por dia, é fundamental para a população local. "O SAC Feira II é um dos grandes presentes do governo estadual para Feira de Santana, pois possibilita aos feirenses, moradores das cidades circunvizinhas, servidores estaduais e, principalmente, produtores rurais desse território de identidade, um atendimento de presteza e qualidade".

 Para outras informações sobre os horários de atendimento e toda a documentação necessária para os serviços na Rede SAC, a Secretaria da Administração do Estado (Saeb) disponibiliza o Portal SAC, o aplicativo SAC Mobile e os números 0800 071 5353 (telefone fixo) e 4020-5353 (celular).

Conselho define regras para entrada de crianças estrangeiras no Brasil

O Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda) publicou hoje (18) uma resolução que estabelece novos procedimentos de identificação, atenção e proteção para criança e adolescente estrangeiros que estejam desacompanhados no ingresso em território brasileiro.

 Pelas novas regras, publicadas hoje no Diário Oficial da União, não será aplicada medida de retirada compulsória à criança e adolescente desacompanhados ou separados de suas famílias para território em que sua vida ou liberdade esteja ameaçada ou ainda os direitos fundamentais dela estejam em risco, respeitados os princípios da convivência familiar e da não devolução.

 Conforme a resolução, os processos administrativos envolvendo criança ou adolescente tramitarão com “absoluta prioridade e agilidade”. A identificação da criança ou do adolescente desacompanhado em área de fronteira deverá ser feito em linguagem compreensível e adequada à idade e identidade cultural.

 A autoridade de fronteira, segundo a norma, deverá no momento do controle migratório registrar a ocorrência, realizar identificação biográfica preliminar, que compreenderá o nome, gênero, data de nascimento, filiação e nacionalidade. Além disso, ele deverá fazer a identificação biométrica para fins de consulta a órgãos internacionais de investigação criminal e a bancos de dados com objetivo de localizar os responsáveis legais.

 Também deverá notificar a Defensoria Pública da União, o representação do Conselho Tutelar para adoção das medidas protetivas cabíveis; o Juízo e a Promotoria da Infância e Juventude.
Fonte: Agência Brasil

Governo amplia público-alvo de vacinas de HPV para adultos até 26 anos

Brasília - Alunas do Centro de Ensino Fundamental 25, em Ceilândia, são vacinadas contra o papiloma vírus humano - HPV (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Municípios que tenham vacina de HPV em estoque com prazo de validade até setembro poderão, a partir de hoje (18), aplicá-la em homens e mulheres com até 26 anos. Terminado o estoque que está prestes a vencer, as vacinas deverão voltar a ser administradas apenas para o público-alvo, de 9 a 15 anos.

 As orientações são do Ministério da Saúde e foram aprovadas ontem (17), em Brasília, durante a reunião da Comissão Intergestores Tripartite (CIT), composta por representantes do governo federal, estados e municípios. A medida é de caráter temporário e tem, segundo a pasta, o objetivo de evitar um possível desperdício de doses que permaneçam nos estoques dos municípios.

 Para a faixa etária de 15 a 26 anos, a orientação do Ministério da Saúde é o esquema vacinal com três doses, com intervalo de dois e seis meses. As pessoas que tomarem a primeira dose neste período, excepcionalmente, terão as duas doses subsequentes garantidas no Sistema Único de Saúde (SUS).

 O Ministério da Saúde repassa mensalmente as vacinas aos estados, conforme solicitação local. Os estados, por sua vez, são responsáveis por distribuir as doses aos municípios para garantir a vacinação da população.

 Cobertura vacinal

 O ministério diz que, mesmo com as campanhas de divulgação na mídia sobre a importância da vacina HPV e a disponibilização de vários materiais educativos, as coberturas vacinais continuam abaixo da meta preconizada de 80%.

 Na faixa etária de 9 a 15 anos, de 2014 até junho deste ano, foram imunizadas, com a primeira dose, 10,7 milhões de meninas, o que corresponde a 74,7% do total de brasileiras nesta faixa etária. Receberam o esquema vacinal completo, de duas doses, recomendado pelo Ministério da Saúde, 7,1 milhões de meninas, o que corresponde a 47% do público-alvo.

 Já em relação aos meninos, de janeiro a junho deste ano, 853.920 mil adolescentes de 12 a 13 anos se vacinaram com a primeira dose da vacina de HPV, o que corresponde a 23,6% dos 3,61 milhões de meninos nessa faixa etária que devem se imunizar.

 Vacinação

 A vacina de HPV foi incluída no Calendário Nacional de Imunização, do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, em 2014. A vacinação é voltada para meninos com idades entre 11 a 13 anos e meninas de 9 a 14 anos. Ela deve ser mantida com duas doses, sendo aplicada com intervalo de seis meses entre elas.

 Segundo o ministério, a vacina HPV Quadrivalente é segura, eficaz e é a principal forma de prevenção contra o aparecimento do câncer do colo de útero, a quarta maior causa de morte entre as mulheres no Brasil. Nos homens protege contra os cânceres de pênis, orofaringe e ânus. Além disso, previne mais de 98% das verrugas genitais, doença estigmatizante e de difícil tratamento.

 Homens e mulheres de 9 a 26 anos, vivendo com HIV/Aids, transplantados de órgãos sólidos, de medula óssea e pacientes oncológicos de 9 a 26 anos também fazem parte do público-alvo da vacina. Os serviços que atendem essa população devem ofertar a vacina HPV na rotina de trabalho.
Fonte: Agência Brasil

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Produtos da agricultura familiar são comercializados na Exporural


Os soteropolitanos que desejam encontrar uma variedade de oferta de produtos frescos e de qualidade não podem deixar de visitar a Feira Agroecológica da agricultura familiar, que é realizada até o próximo domingo (20), na Exporural 2017, no Parque de Exposições de Salvador. No local é possível encontrar frutas, verduras e hortaliças cultivadas por agricultores familiares do interior baiano. A feira é uma oportunidade do consumidor conhecer também a origem dos produtos e quem os produz. 

"É importante estarmos aqui para divulgar nossa produção, um produto puro, sem química. Em eventos como esse é que conseguimos fazer contatos para fornecer para supermercados e restaurantes”, destaca a agricultora familiar Vitória Barbosa, do município de Conceição do Almeida, cultiva em sua propriedade produtos como laranja, inhame, aipim, abóbora, banana e batata.

 O espaço da Agricultura Familiar é composto por 25 estandes com produtos de cooperativas e associações baianas, apresentando diferentes segmentos para a exposição. Além dos produtos in natura (frutas e verduras), há também produtos industrializados (doces, biscoitos, farinhas de mandioca e milho, mugunzá, castanhas, mel, dentre outros) e artesanatos (bijuterias, roupas customizadas, brinquedos infantis).

 Organizado pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Superintendência da Agricultura Familiar (Suaf) e da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), em parceria com a Rede Caatinga, o espaço tem também uma praça de alimentação, onde são servidas iguarias como espetinho de carne de bode, tapiocas recheadas e pratos preparados com tilápia.

Pelc promove capacitação de 100 agentes sociais e coordenadores


Local: Centro Pan Americano de Judô, em Lauro de Freitas

Atividades físicas com ludicidade e discussões sobre arte, cultura e esporte fazem parte da capacitação para o início do Programa de Esporte e Lazer da Cidade (Pelc) em Salvador e região metropolitana. Cerca 100 agentes sociais e coordenadores de núcleos do programa participam do treinamento, realizado nesta semana no Centro Pan-Americano de Judô, em Lauro de Freitas.

 Até o fim de setembro, mais de 700 pessoas de todos os territórios de identidade da Bahia serão capacitadas para trabalhar nos 100 núcleos implantados pelo estado. Lançado na última segunda-feira (14), o programa vai investir R$ 18,2 milhões na popularização de mais de 20 modalidades esportivas, culturais e de lazer, em 78 municípios baianos, para 40 mil pessoas.

 Todos que vão atuar nas ações do Pelc devem passar pela capacitação. Nesta quinta (17), as atividades têm a participação de 12 coordenadores e 84 agentes sociais. Entre eles, Geomário da Silva será coordenador do núcleo da cidade de Alagoinhas, onde já trabalha com o atletismo para todas as idades.

 “Eu acho que essa experiência vai acrescentar muito àquilo que temos feito. Como educador, estou aprendendo muitas coisas novas, que vão permitir que eu desenvolva um trabalho ainda melhor na minha comunidade. Esporte é saúde e qualidade de vida. É muito gratificante quando a gente vê o poder público olhando para isso de uma maneira tão especial”, afirma Geomário. Nas próximas semanas, a programação continua em mais dez municípios do interior.

 Qualificação continuada

 Neste primeiro momento, professores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) foram convidados para discutir temas importantes. "As atividades esportivas vão promover inclusão social nas comunidades. “A gente está compartilhando os conhecimentos e fazendo dinâmicas de esporte recreativo e lazer durante esses dois dias. Tudo que a gente faz aqui tem a ver com esporte de inclusão e de transformação social, no qual qualquer pessoa é bem-vinda, não apenas os mais hábeis. A ideia é fazer com que qualquer pessoa possa participar, desde criança até os idosos”, destaca a professora de educação física Silvana Echer.

 Realizado pelo Governo do Estado, por meio da Superintendência de Desporto (Sudesb), o Pelc acontece em parceria com o Ministério do Esporte, oferecendo uma qualificação continuada. De acordo com a coordenadora-geral do programa, Susi Dócio, a formação vai acontecer em quatro etapas, durante os 20 meses do Pelc.

 “O programa de formação é dividido em quatro etapas. Essa é primeira delas. Outras duas serão realizadas no ano que vem, e a última em 2019. A ideia é empoderar cada vez mais os nossos agentes e coordenadores para que futuramente eles possam ‘caminhar’ pelos seus próprio méritos, buscando cada dia mais a autogestão dos núcleos, bem como a sustentabilidade”, explica a coordenadora.

Secretário da Saúde é escolhido como a personalidade do ano do Norte e Nordeste

O secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, receberá o prêmio de Personalidade do Ano – Gestor da Saúde, escolhido entre os Líderes da Saúde Norte e Nordeste, em cerimônia realizada no Centro de Convenções de Pernambuco, em Recife, na noite desta quinta-feira (17).

 De acordo com a publicação Healthcare Management, Vilas-Boas foi eleito a partir da indicação de CEOs, diretores, editores e jornalistas, em função da visibilidade que as ações desenvolvidas pela pasta na Bahia vêm ganhando nacionalmente. Na avaliação do secretário, este é o reconhecimento das ações da gestão do governador Rui Costa na área da saúde, que desde o primeiro momento elegeu a saúde como prioridade.

 “Com ferramentas gerenciais modernas, inovação e profissionalismo, o sonho de um sistema público de saúde com qualidade e abrangência está mais perto dos baianos do que jamais esteve. O prêmio demonstra que estamos no caminho certo, ao ampliar o atendimento em duas vertentes: descentralização e regionalização da saúde", afirma.

 Ainda de acordo com Vilas-Boas, o compromisso do governador de ampliar a atenção à saúde em todo o estado com o projeto das policlínicas e com a criação de novos hospitais e a maior resolutividade dos serviços é o que tem modificado a realidade no estado. "Temos implantado experiências inovadoras, como o serviço de diagnóstico por imagem através de telemedicina e as Parcerias Publico-Privadas [PPPs] de novos hospitais", completa.

Curso técnico em aquicultura beneficia estudantes da rede pública

A Bahia Pesca, empresa vinculada à Secretaria de Agricultura (Seagri), e a Secretaria de Educação promovem um curso técnico em aquicultura a partir de segunda-feira (21). As aulas serão realizadas no Centro Vocacional Tecnológico do Pescado (CVTT), localizado em Santo Amaro, no Recôncavo Baiano. Cerca de 60 alunos serão formados.

 A carga horária é de 1.780 horas, dividida em 18 meses. O curso faz parte do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). “O profissional formado no curso técnico em aquicultura poderá trabalhar em instituições e empresas de produção e beneficiamento de pescado; laboratórios de reprodução, larvicultura e engorda; ou de forma autônoma”, explica o presidente da Bahia Pesca, Dernival Oliveira Júnior.

 Todos os estudantes são oriundos de escolas públicas e instituições filantrópicas. Eles receberão hospedagem gratuita, alimentação e todo o material didático para o máximo aproveitamento das aulas. “Na primeira semana, eles passarão por um processo de imersão no curso, de forma a entender os impactos que esses conhecimentos adquiridos terão em suas vidas”, complementa Dernival.

 Entre as matérias estudadas estão métodos de reprodução, sistema de cultivos, larvicultura de peixes, biologia aquática e avaliação de impactos ambientais.

Na CPI da Previdência, secretário da Receita propõe redução de desonerações

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Previdência recebeu hoje (17) o secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, o presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Leonardo Gadelha, e o secretário da Previdência, Marcelo Caetano, para audiência pública no Senado. Rachid apresentou tabelas e gráficos para mostrar os diversos setores da economia que contam com benefícios em relação às contribuições previdenciárias.

 O secretário da Receita Federal citou exemplos dos setores de exportação, micro-empreendedores individuais (MEI) e atendidos pelo Simples Nacional. De acordo com ele, mais de 30% da massa salarial está em setores beneficiados por essas desonerações.

 Rachid afirmou que "Previdência Social é financiamento direto e, nesse ponto, na nossa avaliação, não deve ser usada como modelo de incentivo a setores específicos". E concluiu dizendo ser necessário que o governo reflita sobre este modelo de renúncias. Ele fez algumas propostas, incluindo a diminuição das renúncias.

 Segundo o secretário, a Receita tem priorizado a fiscalização nesses setores para evitar a sonegação e procurado utilizar mais ferramentas para identificar os contribuintes que não pagam a Previdência, de modo a desestimular esse tipo de prática.

 Leonardo Gadelha também ressaltou que um dos principais desafios da instituição hoje é o combate a fraudes. Na audiência, também foram apontados outros fatores que complicam o fechamento das contas da Previdência, como o envelhecimento da população associado à redução da taxa de natalidade.

 A próxima audiência da CPI da Previdência será na segunda-feira (21), quando serão ouvindos profissionais das áreas de fiscalização e auditoria.
Fonte: Agência Brasil

Tite é indicado ao prêmio de melhor técnico do mundo da Fifa em 2017

Tite Divulgação/CBF

O técnico da Seleção Brasileira, Tite, está entre os 12 finalistas ao prêmio de melhor técnico do mundo em lista divulgada nesta quinta-feira (17) pela Fifa.

 Tite disputará o prêmio The Best de melhor técnico, como a Fifa passou a chamar a disputa desde o ano passado, com nomes como o de Zinedine Zidane (Real Madrid), Luis Enrique (ex-Barcelona), Diego Simeone (Atlético de Madrid) e José Mourinho (Manchester United).

 Completam a lista de finalistas Massimiliano Allegri (Juventus), Carlo Ancelotti (Bayern de Munique), Antonio Conte (Chelsea), Leonardo Jardim (Monaco), Joaquim Löw (Alemanha) e Mauricio Pochettino (Tottenham).

 A votação começará na próxima segunda-feira e será encerrada em 7 de setembro. Os nomes dos três mais bem votados serão divulgados no mesmo mês. A cerimônia de entrega dos prêmios está marcada para Londres no dia 23 de outubro.
Fonte: Agência Brasil

Emprego no setor eletroeletrônico tem recuperação em julho

Carteira de trabalho

Em julho, 284 empregos foram abertos no setor eletroeletrônico informou hoje (17) a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), com base em dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho (Caged). Isso, segundo a Abinee, demonstra recuperação do setor após quedas em maio (-373 vagas) e em junho (-888) .

 Desde julho do ano passado, 2.107 vagas foram abertas no setor. No entanto, 4.826 postos de trabalho fecharam nesse período. “Isto mostra que ainda estamos em processo de recuperação e temos um caminho longo para percorrer”, disse Humberto Barbato, presidente da entidade.

 A indústria elétrica e eletrônica emprega, atualmente, cerca de 234,8 mil pessoas de forma direta.
Fonte: Agência Brasil

Portaria libera R$ 24,3 milhões para ações de defesa civil em Maceió

Após cancelar a agenda prevista para a manhã de hoje (17) com pastores, em São Paulo, o presidente Michel Temer retornou a Brasília e participou da assinatura de portaria que libera R$ 24,3 milhões para ações de defesa civil em Maceió. O documento foi assinado na Base Aérea de Brasília com a presença do prefeito de Maceió, Rui Palmeira, do ministro dos Transportes, Maurício Quintella, e do secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, Newlton Ramlow.

 Os recursos serão usados em obras de construção de barreiras para conter encostas. Em maio, Maceió sofreu com fortes chuvas que provocaram mortes em decorrência de soterramentos, deixaram pessoas desabrigadas e causaram estragos na cidade. Na ocasião, a prefeitura decretou situação de emergência e estado de calamidade pública na capital alagoana. No final do mesmo mês, Temer vistou Maceió e se comprometeu com ajuda federal.

 O presidente Temer estava em São Paulo desde ontem (16) e o previsto na agenda era que participasse, às 9h30, de café da manhã com pastores que participam da 13ª Expo Cristã.
Fonte: Agência Brasil

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Hemóveis fazem coleta de sangue e cadastro de medula em shoppings

Hemóveis seguem com atendimento no Salvador Shopping e Salvador Norte Shopping

Ir ao shopping passear, fazer compras e, por que não, doar sangue? Até sexta-feira (18), as unidades móveis da Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba) atendem a população nos estacionamentos do Salvador Shopping e Salvador Norte Shopping. Coleta de sangue e cadastro de medula óssea são realizados das 8h às 17h, com o objetivo de ampliar a reserva nos bancos de sangue que garantem o fornecimento para unidades de saúde.

 “É uma ação que visa aumentar o estoque de sangue e abastecer unidades de saúde para o benefício dos pacientes. Todos deveriam assumir esse compromisso social que, sem dúvida, salva vidas”, afirma a assistente social da Hemoba, Cátia Rocha.

 A doação também pode ser direcionada para algum paciente específico. No segundo dia do atendimento no Salvador Shopping, a vendedora Agda Sampaio levou um grupo de colegas de trabalho para fazer a coleta de sangue que será encaminhada ao irmão, internado há dois meses no Hospital Geral Roberto Santos (HGRS). “Como eu já tive câncer, não posso doar. No entanto, fiz uma campanha no meu trabalho convidando os colegas para contribuírem para a saúde do Gilberto. Eles abraçaram a ideia e vieram doar”, conta Agda.

 A técnica administrativa Aghatta Oliveira, que doa sangue há oito anos, é amiga de Agda e se voluntariou. Ela reconhece a importância do ato de solidariedade. “Comecei a doar por incentivo de amigos aos 18 anos e não parei mais. Faço doação de sangue uma vez por ano e, desta vez foi direcionada para o irmão de uma colega. Acho importantíssimo doar sangue porque você está contribuindo para a vida de outra pessoa”.

 Critérios para doar 

 Para doar sangue é muito simples. O interessado precisa estar bem de saúde, alimentado com itens de pouca gordura, estar há pelo menos 12 horas sem consumir bebida alcoólica e duas horas sem fumar, além de ter dormido no mínimo seis horas. Para quem fez tatuagem, exame de endoscopia ou colocou piercing é necessário um intervalo de um ano para voltar a doar.

 O peso também é critério de doação. A estudante Marina Prates tem menos de 50 kg, o que não a impediu de fazer sua parte. “Sempre quis doar sangue. Acho um ato nobre e nunca pude por causa do peso. Mas descobri que posso fazer o cadastro de medula óssea e contribuir se tiver demanda”, destaca.

 A partir de terça-feira (22), os Hemóveis atendem em frente à Catedral da Fé, na Avenida ACM, e na Unime, em Lauro de Freitas. Além dos caminhões da Hemoba, os voluntários podem se dirigir até a sede da fundação, no bairro de Brotas, ao lado do Hospital Geral do Estado (HGE).