terça-feira, 25 de julho de 2017

Projeto Karatê do Saber conquista 17 medalhas no Campeonato Baiano


Alunos do projeto Karatê do Saber, desenvolvido pela Base Comunitária de Segurança (BCS) de Fazenda Coutos, no Subúrbio Ferroviário de Salvador, conquistaram 17 medalhas (sete de ouro, quatro de prata e seis de bronze) no Campeonato Baiano, realizado na cidade de Dias D´Ávila. Os atletas vencedores são meninas e meninos que possuem entre nove e 21 anos.

 Foram oito medalhas na modalidade kata e nove na modalidade kumitê. A competição ocorreu no último fim de semana, sendo esta a quarta participação do projeto no campeonato.

 As aulas do Karatê do Saber acontecem às segundas, quartas e sextas-feiras, nos turnos matutino e vespertino, no Centro de Referência de Assistência Social (Cras), localizado próximo à BCS de Fazenda Coutos. Os soldados Renan Santos e Alisson Guimarães estão à frente da iniciativa.

 “No ano de 2012, nós iniciamos o projeto. O objetivo é trabalhar com esses jovens não apenas exercendo o policiamento comunitário, mas tirando-os da rua, ocupando o tempo e promovendo disciplina. Ou seja, nós buscamos dar um direcionamento a eles”, explica o soldado Renan.

 O projeto tem como foco as crianças e os jovens do bairro. Para o soldado Guimarães, o campeonato baiano representa “um momento único, em que os alunos têm a oportunidade de aplicar tudo aquilo que aprenderam durante os treinamentos”. Atualmente, 80 alunos participam do projeto em Fazenda Coutos.

Pioneiro no país, Conjunto Penal de Itabuna distribui kits de higiene com controle biométrico


O Conjunto Penal de Itabuna (CPI) está distribuindo kits de higiene pessoal e colchões controlados por um sistema de biometria para os internos que cumprem pena na unidade. O presídio itabunense é o primeiro do país com esse sistema. A iniciativa é do Governo do Estado, que faz a administração da unidade em sistema de cogestão com a empresa Socializa Brasil, como forma de assegurar a transparência em todas as ações que desenvolve. A primeira distribuição 100% controlada está sendo feita no presídio desde o dia 18 de julho.

 De acordo com o diretor do CPI, capitão PM Adriano Jácome, essa é uma forma de melhor atender ao princípio da transparência, uma vez que pelo antigo modelo, de controle por assinatura, há brechas para burlas, como troca de nomes, o que prejudica a universalização dos direitos e isonomia no tratamento da população carcerária.

 “Para nós, enquanto órgão de Estado, cumprir a Lei da Transparência em todos os aspectos é uma obrigação. Esse é o princípio que temos aplicado aqui, através da parceria com a empresa Socializa, que operacionaliza o sistema. Como agente fiscalizador, temos orgulho do pioneirismo e do cumprimento a esse preceito, tão caro à democracia, que é a transparência na execução das ações públicas”, observa o diretor Adriano Jácome.

 Compromisso

 Ao longo dessa semana, estão sendo distribuídos com certificação digital de identidade itens como colchões novos e produtos de higiene pessoal. Assim como na distribuição dos kits, o controle biométrico também é utilizado para o acesso de visitas dos internos na unidade prisional. Além disso, a entrega de materiais de trabalho e equipamentos de proteção individual (EPIs) aos colaboradores do CPI também serão auditados por biometria.

 O controle biométrico é elogiado pelos internos, a exemplo de J.G, que destaca o caráter de justiça que o novo sistema proporciona. “É importante, porque há um controle maior. Eu tenho cuidado com minhas coisas, mas nem todos são assim. Então, também cria um compromisso de nossa parte, de conservação, porque tudo fica documentado”.

Detran e PM reafirmam parceria pela segurança de trânsito

A iniciativa de associar a fiscalização viária ao trabalho de segurança preventiva tem contribuído para a proteção ao cidadão, em Salvador e municípios do interior do estado. É o que atesta o comando da operação 'Paz no Trânsito', uma ação conjunta do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) com a Polícia Militar.

 Na segunda-feira (24), o diretor-geral do Detran, Lúcio Gomes, e o comandante-geral da PM, coronel Anselmo Brandão, reafirmaram a parceria que resultou em mais de 51 mil abordagens da Lei Seca no primeiro semestre. A fiscalização de condutores e veículos é acompanhada da atuação de policiais em busca de armas, drogas e foragidos da Justiça, além de garantir a segurança dos agentes de trânsito.

 No período, dos 19.685 condutores submetidos ao teste do bafômetro, 1.195 se recusaram a soprar o aparelho e 225 estavam em estado de embriaguez. Foram registradas 6.838 autuações. “Essa parceria das forças de trânsito e segurança está consolidada e tem alcançado seu objetivo, que é salvar vidas, quando retira das ruas condutores infratores e combate a criminalidade", defendeu Gomes.

 Os militares que participam da operação são capacitados pelo Detran, por meio do ensino de técnicas de abordagens educativas e do preenchimento de autos de infração. Durante o encontro, ficou definido que a oferta de cursos será ampliada. “Precisamos ampliar a qualificação do nosso efetivo, um item importante nesse esforço conjunto das instituições. Por isso, solicitamos ao Detran que abra novas vagas para policiais na Escola Pública de Trânsito, o que foi prontamente atendido”, relatou o coronel Brandão.

Com atraso para obter licenças, Samarco volta a operar em 2018

Com as operações suspensas desde novembro de 2015, após o rompimento da Barragem de Fundão, em Mariana (MG), na maior tragédia ambiental do país, que causou a morte de 19 pessoas, a mineradora Samarco só retomará as atividades em 2018. A previsão inicial da companhia era retomar a produção no segundo semestre deste ano.

 Para voltar a operar, a Samarco, que tem como acionistas a Vale e a BHP Billiton, ainda precisa de duas licenças ambientais junto à Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais (Semad): uma de liberação da cava [buraco resultante de atividade mineradora] de Alegria Sul, no município de Ouro Preto (MG), que a companhia pretende utilizar como depósito de rejeitos ao retomar suas operações; e a aprovação do Licenciamento Operacional Corretivo (LOC), determinado pelo governo do estado, para revalidação das licenças de todo o Complexo de Germano, suspensas desde outubro de 2016.

 Contudo, mesmo após a obtenção dos documentos, a empresa calcula que precisará de, pelo menos, seis meses para realizar obras estruturais de engenharia para preparação da cava.

 De acordo com estudo sobre o impacto financeiro da paralisação da mineradora em 2017 encomendado à Tendência Consultoria Integrada, com a revisão dos prazos para a mineradora voltar a operar, deixarão de ser arrecadados no próximo ano R$ 989 milhões em impostos federais, estaduais e municipais. Além disso, cerca de 20 mil vagas diretas e indiretas de emprego estão em risco.

 Processos

 O processo para liberação da cava está em andamento, tendo sido realizadas, pela Semad, em dezembro do ano passado, duas audiências públicas, uma em Mariana e outra em Ouro Preto, para discutir o assunto. Em novembro, o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) concedeu a anuência para a utilização da cava. No entanto, o licenciamento do governo mineiro é obrigatório. 

Já o segundo processo trata do chamado Licenciamento Operacional Corretivo (LOC). Esse processo depende da entrega, pela mineradora, de um Estudo e Relatório de Impacto Ambiental (EIA/Rima). A empresa diz que o documento passa por estudos internos e não tem prazo para ser entregue à Semad. 

De acordo com a assessoria de imprensa da Samarco, a finalização do estudo depende da anuência das prefeituras de cinco municípios que estão no entorno do complexo industrial da empresa. Quatro já concederam a anuência, menos o município de Santa Bárbara.

 Retorno

 A Samarco pretende retomar as operações com 60% de sua capacidade produtiva. A cava de Alegria Sul pode armazenar aproximadamente 17 milhões de metros cúbicos de rejeitos e não tem conexão física com a Barragem de Fundão, ambas no Complexo de Germano.

 De acordo com a proposta, a estrutura seria utilizada por dois anos e, nesse período, a mineradora se encarregaria de apresentar alternativas para os anos posteriores. Ao dar o seu aval à mineradora, o DNPM considerou que “a solução proposta é extremamente segura”.

 A intenção da Samarco é produzir aproximadamente 36,7 milhões de toneladas de pelotas de minério de ferro nos dois primeiros anos após a retomada.
Fonte: Agência Brasil

Pesquisa diz que a cada 16,8 segundos uma tentativa de fraude é aplicada no país

celular

A cada 16,8 segundos, uma tentativa de fraude é aplicada no país. Só de janeiro a maio, o Brasil acusou 782.244 tentativas de golpes. O segmento de telefonia foi o mais afetado no acumulado do ano, sendo responsável por 38,6% do total, com 301.956 ocorrências.

 Neste tipo de golpe, dados de consumidores são utilizados por criminosos para abertura de contas de celulares ou compra de aparelhos, por exemplo. Os dados são do Indicador Serasa Experian de Tentativas de Fraude e foram divulgados hoje (25), em São Paulo.

 Quando a fraude na telefonia funciona, ela serve como uma porta de entrada para os fraudadores aplicarem golpes de maior valor em outros setores da economia. Os golpistas costumam comprar telefones para ganharem um comprovante de residência e, assim, abrir contas em bancos para pegar talões de cheque e cartões de crédito e, ainda, fazer empréstimos bancários em nome de outras pessoas.

 O setor de Serviços vem em seguida no ranking de segmentos com mais tentativas de fraude identificadas de janeiro a maio deste ano: 233.092, representando 29,8% do total. Em terceiro lugar estão os bancos e as financeiras com 23,9% de participação e 187.203 tentativas. O quarto setor mais afetado pelas tentativas nos cinco primeiros meses do ano foi o varejo, com 47.452 tentativas e participação de 6,1%. Os demais segmentos representaram 1,6% do total.

 Em maio deste ano, 164.988 tentativas de fraude foram aplicadas em todos os segmentos, o que representa um aumento de 19,7% em relação a abril do mesmo ano, quando o indicador apontou 137.856 tentativas. Na comparação de maio deste ano em relação ao mesmo período de 2016, o crescimento nas tentativas foi de 12,3%.

 Golpes têm ambiente propício

 Segundo economistas da Serasa Experian, a volta gradativa do consumidor ao mercado de crédito após dois anos de recessão econômica pode estar estimulando os fraudadores a aplicar golpes, já que muitas vezes eles consideram os períodos de maior movimentação como ambiente propício.

 O Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito apontou crescimento de 2,1% no primeiro semestre deste ano, na comparação com o mesmo período do ano anterior, na quantidade de pessoas que buscou crédito no país.

 Segundo estudos da Serasa, basta perder um documento pessoal para dobrar a probabilidade de o cidadão ser vítima de um golpe, já que os dados pessoais de um consumidor são usados por terceiros para firmar negócios sob falsidade ideológica ou obter crédito sem a intenção de honrar os pagamentos.

 Para se prevenir, quem teve documento extraviado deve cadastrar um alerta gratuito na Serasa pelo www.serasaconsumidor.com.br/servicos-roubo-perda-de-documentos/, além de fazer um Boletim de Ocorrência numa delegacia policial. O registro ajuda a reduzir o risco e evita a dor de cabeça de ter dados pessoais utilizados por fraudadores.

 Perda ou roubo de documento

 Com o alerta, o serviço avisa às empresas que consultam seus produtos sobre a perda ou roubo do documento quando este for utilizado para abertura de conta em bancos, compra de bens e serviços, pagamentos etc. Assim, antes de efetuar a compra, por exemplo, estas empresas poderão tomar algumas atitudes preventivas, como solicitar outros tipos de documentos para comprovar a identidade, por exemplo.

 Outras ações podem ajudar o consumidor a se proteger das fraudes. Uma das dicas é não perder de vista seus documentos de identificação quando solicitados para protocolos de ingresso em determinados ambientes ou quaisquer negócios. Do mesmo modo, não deixar que atendentes de lojas e outros estabelecimentos levem seus cartões bancários para longe de sua presença sob a alegação de efetuar o pagamento.

 Também é necessário tomar cuidado ao digitar a senha do cartão de débito/crédito na hora de realizar pagamentos, principalmente na presença de desconhecidos. Outra dica é não informar os números dos seus documentos quando preencher cupons para participar de sorteios ou promoções de lojas.

 Nas compras por meio da internet a atenção deve ser ainda redobrada. Ao ingressar em um site, é importante verificar se há certificado de segurança. Para isso, basta checar se o http do endereço vem acompanhado de um “s” no final (https). Há ainda certificados que ativam um destaque em verde na barra do navegador.

 Outra dica é não fazer cadastros em sites que não sejam de confiança. Também tenha cuidado com sites que anunciam ofertas de emprego ou produtos por preços muito inferiores ao mercado. A Serasa ainda aconselha a não compartilhar dados pessoais nas redes sociais que podem ajudar os golpistas a se passar pelo consumidor, assim como manter atualizado o antivírus do computador, diminuindo os riscos de ter seus dados pessoais roubados por arquivos espiões.

 O consumidor ainda deve evitar realizar qualquer tipo de transação financeira utilizando computadores conectados em redes públicas de internet. Se isso não for possível, ao usar computadores compartilhados, é prudente verificar se fez o log off das suas contas (e-mail, internet banking, etc).

 Principais tentativas de golpe

 De acordo com o indicador, existem diversas formas de tentativas de golpe. Conheça as principais: 

Compra de celulares com documentos falsos ou roubados.

 Emissão de cartões de crédito: o golpista solicita um cartão de crédito usando uma identificação falsa ou roubada, deixando a conta para a vítima e o prejuízo para o emissor do cartão;

 Financiamento de eletrônicos: o golpista compra um bem eletrônico (TV, aparelho de som, celular etc.) usando uma identificação falsa ou roubada, deixando a conta para a vítima;

 Abertura de conta: golpista abre conta em um banco usando uma identificação falsa ou roubada, deixando a conta para a vítima. Neste caso, toda a cadeia de produtos oferecidos (cartões, cheques, empréstimos pré-aprovados) potencializa possível prejuízo às vítimas, aos bancos e ao comércio; 

Compra de automóveis: golpista compra o automóvel usando uma identificação falsa ou roubada, deixando a conta para a vítima.
Fonte: Agência Brasil

Inscrições para o Fies no segundo semestre começam hoje

As inscrições ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para o segundo semestre deste ano começam hoje (25). Serão oferecidas 75 mil novas vagas aos estudantes que procuram um financiamento para cursar o ensino superior em instituições de ensino privadas. O prazo para as inscrições vai até sexta-feira (28).

 As instituições e os cursos ofertados podem ser consultados na página eletrônica do Fies Seleção. A relação dos candidatos pré-selecionados será divulgada no dia 31 de julho, quando também será aberta a lista de espera. Os estudantes pré-selecionados deverão concluir a inscrição pelo Sistema Informatizado do Fies (SisFies), entre 1º de agosto e 8 de setembro.

 Mudanças

 Apesar das mudanças anunciadas no início do mês no Fies para 2018, neste semestre continuam valendo as regras atuais. Poderão se inscrever os estudantes que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) com média das notas igual ou superior a 450 pontos e nota na redação superior a zero. O candidato também precisa ter renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos.

 A partir de 2018, o Novo Fundo de Financiamento Estudantil será dividido em três modalidades. No total, o programa vai garantir 310 mil vagas, sendo que 100 mil serão ofertadas para estudantes com renda familiar per capita de até três salários mínimos a juro zero, incidindo a correção monetária.
Fonte: Agência Brasil

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Governo do Estado oficializa apoio à Festa da Boa Morte


Em ação conjunta, as secretarias do Turismo (Setur) e de Cultura (Secult) oficializaram, nesta segunda-feira (24), o apoio à Festa da Boa Morte, que acontece anualmente na primeira quinzena de agosto em Cachoeira, no Recôncavo Baiano. Os secretários José Alves (Setur) e Jorge Portugal (Secult) reuniram-se com o administrador do Centro Cultural da Boa Morte e organizador da festividade, Valmir Pereira, para assegurar apoio à festa.

 No encontro, José Alves destacou que a festa é uma das mais importantes da Bahia pela demonstração de força, perseverança e fé das mulheres da Irmandade da Boa Morte. “Os festejos celebram a libertação dos escravos. Atraem estrangeiros (europeus, africanos, norte-americanos) e centenas de jornalistas, além de operadores e agentes de viagens, lotando hotéis, pousadas, restaurantes e bares. Todos interessados em conhecer melhor a tradição e influência da cultura africana”.

 Sobre o protagonismo das mulheres, séculos atrás, o secretário Jorge Portugal lembrou do levante das irmanadas. “A Festa da Boa Morte é um grande exemplo de resistência dessas mulheres. Elas compunham uma sociedade que angariava fundos para alforriar negros escravizados na Bahia. Elas tiveram de fazer um tipo de sincretismo, pois não era possível dizer que eram pessoas do candomblé, mas sim pessoas que tinham a crença relacionada à fé católica. E foi dessa maneira que o povo negro se ergueu vencedor. Viva a Boa Morte!”, afirmou.

 O apoio das duas secretarias à Festa da Boa Morte será viabilizado por meio da Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa) e pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac).

Saeb vai leiloar imóveis públicos avaliados em R$ 2,1 milhões

A Secretaria da Administração (Saeb) realiza, nesta terça-feira (25), o leilão de dois imóveis públicos, avaliados em R$ 2,1 milhões, conforme o edital 04/2017, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE). Os arrematantes poderão efetuar o pagamento em até dez vezes. Os recursos serão totalmente revertidos para Fundo Financeiro da Previdência Social dos Servidores Estaduais (Funprev), como forma de reduzir o déficit previdenciário.

 Os imóveis públicos vão ser leiloados porque não estavam sendo utilizados pelo Estado. Serão apregoados uma casa em ruína, no município de Central, e uma área de 384 mil metros quadrados, em Ibotirama. O último imóvel é o lote com maior preço do leilão, avaliado em R$ 1,8 milhão.

 Para vender os bens, a Saeb promove o leilão no auditório Espaço Crescer, localizado no prédio da Saeb, na 2ª Avenida do Centro Administrativo da Bahia (CAB), número 200, em Salvador. O leiloeiro Antonio Romero Ferreira da Silva comanda o Leilão 04/2017, marcado para começar às 10h. O leilão será na modalidade maior oferta, com lance inicial a partir do valor da avaliação dos imóveis feitas pela Caixa Econômica Federal.

 Os interessados puderam visitar os imóveis por intermédio do leiloeiro oficial. Mais informações podem ser obtidas pelo site do leiloeiro, pelo e-mail romerosilva@leiloescostaesilva.com.br ou pelos telefones (71) 98171-9361, (71) 98739-5589 (Claro), (71) 99257-5751 e (71) 99924-5614.

Convênio reduzirá em 30% necropsias no Departamento de Polícia Técnica


As necropsias em casos de mortes naturais deixarão de ser realizadas pela Secretaria da Segurança Pública (SSP), por meio do Departamento de Polícia Técnica (DPT), e ficarão a cargo de patologistas da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). Um convênio assinado nesta segunda-feira (24) promove a transferência que culminará na redução de 30% dos procedimentos feitos por peritos médicos-legistas.

 Uma sala no prédio do Instituto Médico Legal (IML) Nina Rodrigues foi cedida e abrigará a equipe de médicos da Sesab. "É um grande passo para desafogarmos o fluxo de exames de mortes naturais que sobrecarregavam as ações do DPT", ressaltou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

 O secretário da Saúde, Fábio Vilas-Boas, explicou que “a importância do serviço reside no fato de que o esclarecimento das causas da morte de um paciente é fundamental para a definição das políticas de saúde, da implantação de medidas oportunas de vigilância às doenças, para a promoção de diagnósticos e para o acompanhamento de surtos ou casos isolados de doenças emergentes ou reemergentes”. Ele lembrou ainda que a investigação da causa mortis também contribui para o melhoramento do Sistema de Informações de Mortalidade, do Ministério da Saúde (MS).

 Já o diretor do DPT, Élson Jeffesson, contou que essa mudança era um pleito antigo dos peritos. "As mortes naturais nos demandavam mais tempo e meios para que chegássemos às causas do óbito. Esses casos atrasavam também as realizações das necropsias no casos envolvendo mortes violentas. 

O Serviço de Verificação de Óbito (SVO) será o responsável pela realização de necropsias em pessoas que morreram sem conhecimento da causa mortis ou com diagnóstico de moléstia não definida ou não identificada. A demanda do SVO será de instituições de saúde pública ou conveniadas com o Sistema Único de Saúde (SUS).

SAC Móvel inicia recadastramento biométrico do TRE em shopping

Nesta terça-feira (25), a carreta do SAC Móvel inicia atendimento no estacionamento do Salvador Norte Shopping, onde fica até o dia 11. O serviço, que funciona de segunda a sexta-feira, sempre de 8h às 17h30, é exclusivo para recadastramento biométrico do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Serão distribuídas 140 senhas por dia, sendo 40 delas para atendimento prioritário.

 Para ser atendido, o eleitor deve portar um documento oficial com foto, a exemplo de RG, CNH, carteira profissional, passaporte, carteira de reservista ou certificado de alistamento militar original, além de um comprovante de residência recente. Aqueles que tiveram os dados cadastrais alterados, por qualquer motivo, devem levar um documento comprobatório de alteração das informações.

 O recadastramento biométrico é obrigatório e tem como prazo máximo o dia 31 de janeiro de 2018. O objetivo do TRE-BA é atingir cerca de 3 milhões de eleitores identificados biometricamente, em todo o estado, até 2018. Estão obrigados a fazer o recadastramento todos os eleitores, inclusive aqueles cujo voto é facultativo (analfabetos, eleitores com idade entre 16 e 18 anos e os maiores de 70 anos de idade). O cidadão que não fizer o recadastramento dentro do prazo estabelecido pela Justiça Eleitoral terá o título cancelado.

 Outros locais para agendamentos estão disponíveis no site da Rede SAC, no aplicativo para celulares SAC Mobile e nos totens SAC Fácil, localizados nas unidades de atendimento. O recadastramento poderá ser feito também na Central de Atendimento ao Público (CAP) ou nos cartórios eleitorais, ambos instalados na sede do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA), na 1ª Avenida do CAB. Para dúvidas, a Saeb disponibiliza os números 0800 071 5353 (telefone fixo) e 4020 5353 (telefone móvel).

Chocolat Bahia reúne 60 mil pessoas e gera R$ 10 milhões em negócios

Chocolat Bahia 2017 reúne 60 mil pessoas e gera R$ 10 milhões em negócios em Ilhéus

Iniciado há nove anos com 13 expositores e apenas uma marca de chocolate regional, o Festival Internacional do Chocolate e Cacau, encerrado no domingo (23) em Ilhéus, possui, atualmente, números expressivos: 80 expositores e 40 marcas de chocolates premium do sul da Bahia. O Chocolat Bahia 2017, que teve o apoio do Governo do Estado, também bateu recordes de público e de negócios. Cerca de 60 mil pessoas visitaram o Centro de Convenções, gerando um movimento de R$ 10 milhões.

 Um dos destaques do festival foi o lançamento, pelo Governo da Bahia, da Estrada do Chocolate, a primeira estrada temática do estado, que irá abranger os municípios de Ilhéus e Uruçuca. No roteiro, os turistas poderão conhecer a cultura do cacau e produção do chocolate, através de visitas a fazendas/fábricas de chocolate gourmet existentes ao longo da rodovia BA-262, com sítios históricos, rios, cachoeiras e áreas de preservação ambiental.

 “O resultado é totalmente positivo, com a rede hoteleira ocupada, milhares de pessoas visitando os estandes, ampliação dos espaços do pavilhão de feiras, o que impulsiona a economia. Estamos consolidando Ilhéus como a capital brasileira do Cacau e do Chocolate de Origem”, destacou o secretário estadual de Turismo da Bahia, José Alves.

 Além dos estandes para lançamento e comercialização de chocolates produzidos no sul da Bahia, o festival abriga eventos como o Fórum Brasileiro do Cacau e Chocolate, Cozinha Show, Cozinha Kids, Ateliê do Chocolate, Pavilhão da Economia Criativa e o Espaço Cultural do Cacau, com shows de artistas regionais, além de visitas a fazendas de cacau que fabricam chocolate.

 Novos negócios

 O produtor de cacau, Fernando Botelho, que investiu na elaboração de chocolates premium, disse que a cada ano, o festival ganha uma nova dimensão, com o surgimento de novas marcas e a expansão dos negócios, mostrando que o caminho é a verticalização da lavoura cacaueira. “Nosso chocolate foi lançado há três anos no festival e, além das vendas diretas durante o evento, captamos nossos negócios e nos consolidamos no mercado”, afirmou Cecília Gomes.

 O idealizador e coordenador do Festival Internacional do Cacau e do Chocolate, Marco Lessa, ressaltou que o apoio do Governo da Bahia tem sido fundamental, não apenas na realização do evento, mas na transformação de uma região que só produzia amêndoas e hoje produz chocolates finos, com alto valor agregado. “O festival não se limita aos quatro dias do evento, ele tem desdobramentos durante todo o ano, nos negócios, no surgimento e crescimento de marcas, no estímulo ao empreendedorismo e na divulgação da região cacaueira no Brasil e no exterior. Essa é uma plataforma de fomento, de geração de emprego e renda, de estímulo à produção, de esperança na retomada do desenvolvimento em bases sustentáveis”, finalizou.

Ceará vive epidemia de Chikungunya com quase 60 mil casos confirmados

O estado do Ceará vive uma epidemia de arboviroses (doenças transmitidas por mosquitos), sobretudo casos de chikungunya. A confirmação é da Secretaria de Saúde estadual que, no último boletim semanal, registrou a “ocorrência epidêmica de arboviroses, principalmente se consideradas as notificações de casos de chikungunya”. De acordo com os dados, o estado soma 58.957 casos da doença.

 Mais de 80% das cidades cearenses já registraram casos confirmados da doença, que levaram 51 pessoas à morte. As cidades de Acopiara, Beberibe, Caucaia, Maranguape, Morada Nova, Pacajus, Senador Pompeu e a capital Fortaleza concentram 40 óbitos por chikungunya.

 Desde o início do ano, foram notificados 103 mil casos da doença, dos quais 57% foram confirmados (58.957). Segundo a Secretaria de Saúde do Ceará, a “tendência crescente” de notificações gerou uma taxa de incidência de 1.099 casos para cada 100 mil habitantes. As principais vítimas são pessoas do sexo feminino, entre 20 e 59 anos.

Dengue e Zika

 Em relação à dengue, o Ceará registrou mais de 65 mil notificações em 2017. A secretaria identificou incidência acima do limite superior, chegando a 56 casos para cada 100 mil habitantes – maior pico do ano. Até o momento, 24,6% dos casos suspeitos foram confirmados, principalmente entre pessoas do sexo feminino e com idades entre 15 e 49 anos. A porcentagem equivale a pouco mais de 16 mil confirmações em todo o estado, entre os quais, 13 foram caracterizados como graves, levando 8 pessoas à morte.

 O vírus Zika já foi confirmado em 432 pessoas, também incidindo preferencialmente em mulheres entre 15 e 49 anos. O número de notificações da doença em gestantes chegou a 941, no entanto apenas 44 fora confirmados por análises de laboratório, nas cidades de Fortaleza, Brejo Santo, Icó, Independência e Caucaia.

 A atenção dos órgãos de saúde se intensifica em relação aos casos de Zika em gestantes, porque o vírus da doença é um dos responsáveis pela malformação de bebês durante a gestação. Após o nascimento, podem ser constatados casos de síndromes congênitas, como a microcefalia – malformação no crânio – hidranencefalia, Síndrome de Guillain-Barré, entre outras.

 As três arboviroses são causadas por diferentes vírus transmitidos pelo mosquito Aedes aegypt, que se reproduz em água parada, inclusive em ambientes residenciais. Por isso, a recomendação é que as caixas de água estejam sempre tampadas e que objetos que acumulem água da chuva estejam cobertos ou virados para baixo.

 Questionada sobre o motivo do aumento de casos de chikungunya no estado e sobre o que o governo estadual fará para lidar com o problema, a Secretaria de Saúde informou que vai divulgar nota sobre o assunto, mas não deu prazo.
Fonte: Agência Brasil

FMI rebaixa crescimento econômico da América Latina e Caribe

economia ilustração

O Fundo Monetário Internacional (FMI) rebaixou levemente o crescimento econômico da América Latina e Caribe para 2017 e 2018 e vinculou a recuperação da atividade econômica à saída de Brasil e Argentina da recessão.

 É o que indica a atualização que o FMI apresentou hoje (24), em Kuala Lumpur, do relatório Perspectivas da Economia Mundial, publicado em abril passado.

 "A América Latina continua lutando contra um crescimento menor comparado com o resto e rebaixamos as perspectivas para a região durante os dois próximos anos", disse o diretor de Pesquisa do FMI, Maurice Obstfeld, durante a apresentação na Malásia transmitida ao vivo pela internet.

 O FMI calcula que América Latina e Caribe crescerão em conjunto 1% em 2017 e 1,9% em 2018, cálculo que é 0,1% inferior, em ambos os casos, ao previsto há três meses.

 O FMI eleva para 0,3% o crescimento econômico do Brasil este ano e rebaixa para 1,3% em 2018, em ambos os casos em comparação com as previsões de abril.
Fonte: Agência Brasil

Tóquio inicia contagem regressiva de três anos para Olimpíadas de 2020

Logotipos dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Tokyo 2020

A cidade de Tóquio deu início, nesta segunda-feira (24), à contagem regressiva de três anos para a realização dos Jogos Olímpicos de 2020. O evento foi marcado por uma cerimônia vistosa, que contou com a participação de políticos e atletas japoneses e foi acompanhada por diversos eventos em todo o país. A informação é da EFE.

 O ato começou com música, interpretada pela banda do Corpo de Bombeiros de Tóquio, e um espetáculo de luzes e projeções tridimensionais sobre o icônico edifício da sede do governo, que mostrava alguns dos atrativos turísticos do país e imagens de outros eventos esportivos.

 A governadora de Tóquio, Yuriko Koike, o diretor-geral do Comitê Organizador das Olimpíadas, Toshiro Muto, e a ministra para os Jogos Olímpicos, Tamayo Marukawa, destacaram a importância para o Japão do evento, que acontecerá entre 24 de julho e 9 de agosto de 2020.

 A cerimônia também marcou o início do giro da bandeira olímpica pelo arquipélago japonês, que contará com 27 atletas olímpicos e paralímpicos do país escolhidos como "embaixadores".

 Esta será a segunda vez que Tóquio receberá os Jogos Olímpicos - após os celebrados em 1964 - e o evento incluirá o número recorde de 33 esportes e 339 provas, com um orçamento provisório de 1,39 trilhões de ienes (US$ 12,5 bilhões).

 A organização ainda enfrenta desafios significativos até o início dos Jogos, entre os quais se destacam cortes ainda maiores em seus custos, segundo as recomendações do Comitê Olímpico Internacional, e apresentar soluções para as altas temperaturas habituais durante o verão na capital japonesa, que superam 30 graus e 70% de umidade.
Fonte: Agência Brasil

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Mais de 11,7 mil pessoas são beneficiadas com água potável no oeste baiano

Governador Rui Costa inaugura o Sistema Integrado de Abastecimento de Água, no município de Cristópolis

Três municípios do extremo oeste baiano passaram a contar com água tratada e de qualidade. Mais de 11,7 mil moradores de Cristópolis, Cotegipe e Angical superaram a escassez com a inauguração de um Sistema Integrado de Abastecimento de Água (SIAA), na manhã desta sexta-feira (21), na sede de Cristópolis.

 O sistema faz parte do Programa Mais Água para Todos e foi construído pela Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia (Cerb). A obra representa um investimento de R$ 29 milhões, com recursos do Ministério da Integração e Governo da Bahia, através do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Funcep).

 “É uma alegria enorme de entregar esse sistema de água. São 160 km de tubulação pra levar água pra várias localidades rurais em três municípios. Com certeza a alegria do povo expressa no abraço, no sorriso, representa a satisfação por ter água de qualidade. Levar água potável é levar saúde e dignidade pras famílias, pra casa das pessoas”, afirma o governador.

 O secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto, também participou da inauguração. O SIAA atende as localidades de Missões de Aricobé, Brejo das Missões, Aricobé, Riachão e Lontra no município de Angical; Cantinho e sede municipal de Cristópolis e Reforma São Francisco de Assis, em Cotegipe.

 A família da cozinheira Ivandite de Azevedo foi uma das beneficiadas. Segundo a moradora de Cristópolis, tudo melhorou. "A gente chegava a ficar três dias sem água. Era um horror. Mas agora temos água boa, docinha", comemora Ivandite. As melhorias também já impactaram na saúde. "Quando tinha água, era salgada. Muita gente tinha dor de barriga ou pedra nos rins. Água potável traz muitos benefícios para a saúde das pessoas. As doenças devem ser cada vez mais raras por aqui", destaca a dona de casa Eliene Ferreira.

 O manancial utilizado para a captação da água é o Rio Grande, na localidade Jupaguá, onde a Cerb - vinculada à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (Sihs) - implantou uma estação flutuante. O empreendimento conta ainda com seis estações elevatórias, sistema de adução, estação de tratamento, casa química, sete reservatórios e rede de distribuição com 3.321 ligações domiciliares.

 Outras ações

 Cumprindo agenda extensa no oeste do estado, o governador entregou sete tratores e implementos agrícolas para produtores dos municípios de Cristópolis, Wanderley, Santa Maria da Vitória, Jaborandi, Santana e Serra Dourada e duas caçambas para a cidade de Mansidão. Além disso, foram concedidos 2.655 certificados de Cadastro Ambiental Rural a proprietários de terra da região. O documento será obrigatório, a partir de dezembro, para que agricultores possam renovar ou solicitar empréstimos junto às instituições financeiras.

 "Fico muito feliz. Tenho um terreno de herança e pretendo fazer uma casa nele. O certificado é importante para buscar empréstimo para a criação de galinha e gado que lá tem espaço", afirma a proprietária de um dos terrenos cadastrados, Zileide Lopes da Silva. Os secretários de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, e da Agricultura, Vitor Bonfim, acompanharam Rui na entrega.

 Na Bahia, quatrocentos mil estão garantidos, dentro de um universo de setecentos mil agricultores familiares. O cadastro pode ser feito por meio dos sites das secretarias do Meio Ambiente (Sema) e de Desenvolvimento Rural (SDR). É necessária a escritura e a delimitação do terreno. Nos casos em que o proprietário não obtiver a escritura, é fundamental a apresentação de documento de posse do imóvel reconhecido e validado pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

 As ações itinerantes de cidadania também levaram serviços básicos à população. O SAC Móvel garantiu a emissão de documentos como RG, CPF, comprovante de residência e carteira de trabalho, enquanto o Odontomóvel levou atendimento odontológico gratuito, com limpeza, extração, obturação e canal.