quinta-feira, 19 de abril de 2018

Bloco Tracaja 15 anos de alegria


Tudo pronto para mais um glamoroso desfile do Bloco Tracajá que completa 15 anos de folia, irreverencia e alegria. portanto ainda é um brotinho, levará à avenida Presidente Dutra, Circuito Maneca Ferreira, 600 alegres foliões e terá a animação da Sinfônica Tracajá, com Samba de Roda Brilhante de Irará e ainda a Banda do Maestro Nilo, de São Gonçalo dos Campos.


Como sempre faz o Tracajá traz na camisa uma sátira, desta vez em relação à Aposentadoria, chamando atenção, mesmo de forma ligeiramente debochada, ou irônica (para não perder o foco histórico) . Segundo Julio Neto , um dos organizadores, algumas alterações formam feitas este ano na produção do bloco e assim, ao contrário do que sempre aconteceu, as camisas não mais serão trocadas por fraldas geriátricas (para doação a casas filantrópicas) e sim vendidas. Isso se explica devido às dificuldades enfrentadas este ano pela coordenação do bloco para obter apoio de empresas da cidade ( a crise econômica atingindo o pobre Tracajá !). Portanto, desse modo para sair no Tracajá, o folião pagará apenas R$25,00 pela bela camisa que pode ser encontrada no Restaurante Casa do Sertão, local de saída do bloco e no bar Boteco do Vital. O Bloco Tracajá sairá domingo dia 22 ( Restaurante Casa do Sertão),às 14 horas, impreterivelmente! Venha pro Tracajá você também! Venha! EM TEMPO- vendidas as camisas e pagas as despesas, se houver alguma receita ela será destinada a aquisição de bens, que serão doados a entidades como o Lar do Irmão Velho ou uma similar.

 O comando da festa como sempre, será do vetusto e tirano rei Silvério Silva, com Rainha Karen Mendes, que comandará o reino da alegria. É bom dizer que este ano a rainha terá a companhia da princesa, a jornalista Suzane Rosa , formando assim um trio altamente positivo E ainda como destaque a homenagem ao mestre Orlando, um dos maiores sambista da Bahia, que aos 75 anos continua imbatível, como passista e ritmista alem de dar um show como cantor .

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Escolas estaduais realizam atividades em comemoração ao Dia do Índio

Escolas estaduais realizam atividades em comemoração ao Dia do Índio

Ao longo da semana, as escolas da rede estadual de ensino, especialmente de Educação Indígena, realizam diversas atividades culturais alusivas ao Dia do Índio, celebrado nesta quinta-feira (19). São jogos tradicionais, pinturas, desfiles, rituais, oficinas, bate-papos, apresentações artísticas e outras que visam ao fortalecimento da identidade étnica e da cultura indígena.

 As ações estão programadas em Salvador e, principalmente, no interior, com os estudantes indígenas nas cidades de Coroa Vermelha, Ibotirama e Olivença. Atualmente, a rede estadual de ensino possui 27 unidades escolas de Educação Indígena, com 44 espaços anexos e 6.825 estudantes indígenas matriculados.

 O Colégio Estadual Indígena de Coroa Vermelha, na aldeia Coroa Vermelha, no município de Santa Cruz Cabrália, no extremo sul do estado, promove a Semana Cultural até esta quinta (19), com uma extensa programação envolvendo a participação de estudantes, professores, lideranças e toda a comunidade local. O evento inclui brincadeiras e pinturas indígenas, desfile de Jokana e Kakusu (casal indígena mais bem enfeitado), além de rituais e brincadeiras tradicionais.

 Salvador

 Nesta quinta (19), às 10h, no Centro Cultural Solar Ferrão, localizado no Pelourinho, alunos do 6º ano da Escola Estadual Severino Vieira farão uma apresentação de dança indígena para estudantes de outras escolas públicas do entorno. As coreografias foram aprendidas na oficina de 'Música Indígena e Africana', que eles participam às quartas-feiras, no mesmo local.

 Ibotirama

 O Colégio Estadual Indígena Marechal Rondon, localizado no assentamento Terra Indígena Tuxá, em Ibotirama, na região oeste, também promove, nesta quinta-feira (19), a partir das 7h30, a culminância do projeto 'Protagonismo, Identidade e Cultura Viva' que foi iniciado no dia 2 de abril, como parte das comemorações do Dia do Índio.

 O projeto interdisciplinar visa divulgar a cultura Tuxá, história, crenças, mitos, religiosidade, artesanatos, tradições e saberes. A programação é composta por mesa de caciques e instituições, exposição de artesanatos indígenas Tuxá, ervas medicinais, comidas típicas, pintura corporal, além de jogos indígenas e ritual de dança Toré.

 Olivença

 Em Olivença, no sul do estado, os estudantes dos colégios estaduais indígenas Tupinambá de Olivença, de Abaeté, Amotara e de Cuipe de Baixo participam do 'V Jogos Indígenas Tupinambá', de 19 a 22 de abril, na Aldeia Mãe Olivença. A competição busca integrar as comunidades escolares indígenas dos tupinambás de Olivença e as etnias convidadas, como o povo Pataxó, Pataxó hã hã hãe, Tuxá, kiriri e Pankararé para difundir os costumes indígenas.

 Entre os jogos, destacam-se arco e flecha, arremesso de tacape, cabo de força, natação, corrida de tora, futebol, corrida rústica, zarabatana, luta corporal e luta com maracá.

Governo entrega trecho da BA-647 recuperado em Aiquara

Secretário de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, inaugura a restauração e pavimentação da BA 674, entrega ambulâncias, certificados de Cadastro Ambiental Rural e mudas frutíferas, no município de Aiquara

Os 13 quilômetros da BA-647 que dão acesso ao município de Aiquara, município localizado no centro sul do estado, foram entregues completamente recuperados nesta quarta-feira (18). As obras de pavimentação da rodovia, por onde trafegam mais de mil veículos por dia, contaram com o investimento de R$ 6,4 milhões e beneficiam em torno de 86 mil habitantes da região, incluindo as cidades de Itagi, Itajuru e Itagibá. Além do transporte de pessoas, o escoamento da produção agropecuária, principal atividade econômica da região, passa a ter maior fluidez.

 A inauguração da rodovia foi feita pelo secretário de Desenvolvimento Rural (SDR), Jerônimo Rodrigues, que é natural de Aiquara e representou o governador Rui Costa, impossibilitado de se deslocar até a cidade, devido às fortes chuvas que caíram em Salvador na manhã desta quarta-feira.

 “A comunidade de Aiquara se organizou para isso, reivindicou, não é de agora, mas encontrou um governador sensível, que entende a importância de estradas para o desenvolvimento de um município, de uma região. Essa estrada tem 13 quilômetros de extensão, mas significa mais de mil para esse povo que mora aqui. Para os estudantes que trafegam diariamente, ambulâncias, segurança pública, para o transporte, para ida e vinda de insumos e de produção”, afirmou o secretário.

 Ainda na cidade, que completou 56 anos de emancipação no dia 12 de abril, foram entregues cinco mil mudas de plantas frutíferas e essências florestais, além de 166 certificados do Cadastro Ambiental Rural (CAR) e duas ambulâncias, que atenderão a Aiquara e Nova Itarana.

Atuação da Central de Penas e Medidas Alternativas na Bahia tem destaque nacional

Bahia tem segunda melhor Central de Penas e Medidas alternativas do País

Instrumento de humanização do sistema penal do estado, a Central de Apoio e Acompanhamento às Penas e Medidas Alternativas (Ceapa), vinculada à Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização do Estado (Seap), tem levado a Bahia a se destacar, nacionalmente, pelo número de unidades de atendimento - são 17 em todo o estado, ficando atrás apenas de São Paulo -, na estruturação do quadro de técnicos e pelo alinhamento mais aproximado com a metodologia e parâmetros recomendados pelo Ministério da Justiça.

 “A gente dá suporte técnico e multidisciplinar para o sistema de justiça, que trabalha na aplicação de penas e medidas alternativas, reconhecendo a necessidade de se ter outros saberes para a execução penal nesse campo. O nosso trabalho é pautado metodologicamente no instrumental da assistência social, da Psicologia e do Direito, fornecendo um suporte para os cumpridores de medidas e penas alternativas que nos são encaminhados”, explica a coordenadora da Ceapa, Andréa Mércia Batista.

 Andréa destaca ainda que "a Bahia tem o menor índice de encarceramento do País e o trabalho que a Ceapa vem fazendo tem um papel prepoderante nisso. A solidez e a seriedade do trabalho desenvolvido aqui tem sensibilizado o Ministério Público, o Judiciário e a Defensoria, fazendo com que penas alternativas possam ser aplicados a crimes que não antes não eram possíveis. Isso ajuda a criar um cenário um pouco mais confortável do que o de outros estados no que diz respeito ao número de detentos no sistema prisional do estado".

 Para o Estado, isso reflete numa redução dos custos do sistema penitenciário, além da diminuição da superlotação dos presídios, sem perder de vista a eficácia preventiva geral e especial da pena. Estima-se que o Estado gaste, em média, R$ 2 mil por preso mensalmente. Com o beneficiado por pena alternativa, o valor não ultrapassa R$ 60 mensais.

 A aplicação das penas e medidas alternativas ocorre na efetividade das parcerias firmadas com instituições públicas e privadas, sem fins lucrativos e com destinação social que oferecem a oportunidade do público cumprir as determinações judiciais, mantendo seus vínculos familiares, comunitários e laborativos. Mais de 35 mil cumpridores de pena já foram atendidos em Salvador e nos 16 núcleos do interior do estado.

 Equipe multidisciplinar

 O processo de acompanhamento das penas e medidas alternativas é feito por equipes multidisciplinares especializadas, formada por técnicos de Serviço Social, Psicologia e Direito. Eles atendem os cumpridores e os encaminha às instituições da Rede Social parceira e monitoram durante toda a pena ou medida aplicada - prestação de serviços à comunidade, prestação pecuniária, ou mesmo os comparecimentos periódicos para informações decorrentes de suspensão condicional da pena.

 Para o psicólogo Alexandre Pereira, o acompanhamento favorece a ressocialização e ajuda no entendimento de que uma ação delituosa extrapola o escopo da intervenção jurídico-penal. “Esse acolhimento é muito importante na recuperação do indivíduo. Em muitos casos, a Ceapa é o primeiro lugar em que essas pessoas são ouvidas. Nós oferecemos um espaço livre de julgamentos em que elas podem falar sobre sua vida e sua história e, com isso, pensar em perspectivas positivas à frente”.

CGU aponta risco de sustentabilidade na transposição do São Francisco

Transposição do Rio São Francisco (Divulgação/Ministério da Integração Nacional)

Relatório de avaliação sobre as ações de transposição do Rio São Francisco na fase de pré-operação divulgado pelo Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) mostra problemas de planejamento para garantir a operação, manutenção e sustentabilidade do empreendimento.

 Os problemas detectados ocorrem devido à priorização do Ministério da Integração Nacional em executar as obras necessárias à transposição, postergando o planejamento, de acordo com a análise. O relatório pode ser obtido no link https://auditoria.cgu.gov.br/download/10679.pdf.

 As consequências da falta de garantia para operação e manutenção é o impacto quanto ao custo de funcionamento e inadequação da estrutura necessária à gestão e operação do projeto, segundo a análise.

 Outra fragilidade identificada pela CGU é quanto ao impacto do custo da energia elétrica. Isso porque um fator crítico para a sustentabilidade do projeto de transposição é o gasto de energia com a operação, por meio do bombeamento da água. O texto registra que os valores a serem pagos pelos estados do Ceará, da Paraíba, de Pernambuco e do Rio Grande do Norte poderão chegar a R$ 800 milhões por ano.

 Na estimativa divulgada no relatório, o repasse desses custos para as tarifas de água poderão representar aumentos entre 5% e 21%, considerando os cenários otimista e pessimista, respectivamente.

 Ao longo da avaliação, à medida que as deficiências são apontadas, a CGU faz recomendações ao Ministério da Integração e à Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), que atua como operadora federal, e registra as providências apresentadas pelos órgãos para sanar os problemas.

 Resposta do ministério

Ao responder às várias questões levantadas na avaliação da CGU, o Ministério da Integração informa que tem adotado medidas para fortalecer o sistema de gestão de projeto de integração do Rio São Francisco, a fim de reverter as fragilidades, e que têm sido verificados avanços na proposição de instrumentos de planejamento e controle.

 “As questões ligadas à operação e manutenção do Projeto de Integração do Rio São Francisco sempre foram tratadas com a mesma prioridade em relação à execução do empreendimento. O órgão federal responsável por essa função - a Codevasf - está, inclusive, alterando sua estrutura organizacional e criando uma área específica com essa finalidade”, informou o ministério em nota.

 Em relação ao modelo tarifário, a nota esclarece que, em 2016, a Agência Nacional de Águas estabeleceu o modelo tarifário a ser aplicado ao projeto. O ministério informou ainda que, em 2017, foi criado um grupo de trabalho interministerial com o objetivo de acrescentar conhecimento técnico e eficácia na elaboração de uma proposta da União para o modelo de operacionalização e manutenção da infraestrutura decorrente do projeto.

 A CGU monitora o projeto de transposição do Rio São Francisco desde o seu início, em 2007. A previsão é que o projeto de transposição leve água para 12 milhões de habitantes, em 390 municípios do Ceará, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte.
Fonte: Agência Brasil

Campanha de vacinação contra gripe começa no dia 23 de abril

Rio de Janeiro - Primeiro dia da 19ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe na capital fluminense (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

A Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe terá início no dia 23 de abril e vai até 1° de junho. A informação foi dada pelo Ministério da Saúde hoje (18), em Brasília. Segundo o órgão, a imunização vai assegurar proteção contra os três subtipos do vírus de maior incidência: H1N1, H3N2 e Influenza B.

 A meta é vacinar 54 milhões de pessoas. Para tanto, foram adquiridas cerca de 60 milhões de vacinas. A campanha começou antes na região metropolitana de Goiânia. O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, explicou que essa medida se deve ao fato de ter sido identificado um surto na área.

 O Dia D, quando há maior mobilização para vacinação, está marcado para 12 de maio. A projeção do governo federal é que as vacinas estejam disponíveis em 65 mil postos do país. Em 2017, a cobertura foi de 87,7%.

 O objetivo é atuar no período de maior propagação do vírus: na transição entre o outono e o inverno. A iniciativa será voltada principalmente para idosos, gestantes, crianças com idades entre seis meses e 5 anos, trabalhadores da saúde, professores, povos indígenas, puérperas (mulheres cujo parto ocorreu há até 45 dias) adolescentes e adultos privados de liberdade.

 A definição do público-alvo se baseou em critérios da Organização Mundial de Saúde (OMS) e em estudos epidemiológicos. A expectativa é chegar a mais de 20 milhões de idosos, 12,6 milhões de crianças e 4,8 milhões trabalhadores na área de saúde.

 O ministro Gilberto Occhi apontou como desafio central “mobilizar a população brasileira para que ela possa comparecer aos postos de saúde para que nós tenhamos o máximo de cobertura possível da vacinação, principalmente daquele público que é alvo”.

 Atenção especial

Uma preocupação especial dentro do público-alvo é com as crianças entre seis meses e 5 anos. No ano passado, o percentual de imunização deste segmento foi menor do que outros, como idosos com mais de 60 anos.

 Na avaliação da presidente da Sociedade Brasileira de Imunização, Isabela Ballalai, esse quadro pode estar relacionado a uma prática ainda recente de cuidado dos pais com a imunização dos pequenos para a gripe.

 “O idoso se vacinar já virou cultura. As crianças entraram por último neste rol de beneficiários. E talvez a população não esteja valorizando ainda como uma causa de doenças em meninas e meninos. Neste época, crianças são vítimas de vários vírus, não só o Influenza”, explica a especialista.

 Número de casos

 De acordo com o Ministério da Saúde, até o dia 14 de abril foram confirmados 62 mortes e 392 casos decorrentes do vírus Influenza. Destes, 33 óbitos e 190 casos se deveram ao subtipo H1N1, 15 mortes e 93 casos relacionados ao H3N2 e 24 mortes e 81 casos em decorrência do Influenza B.

 Mais 44 casos e 5 mortes foram provocados pela gripe, mas nenhum deles relacionados a esses subtipos. No mesmo período de 2017, foram registrados 66 mortes e 394 casos.

 Sintomas e prevenção

Entre os sintomas da gripe estão febre alta, dor muscular, dores de cabeça e na garganta e coriza. O ministro da Saúde informou que o vírus usado na vacina é “inativado”, não podendo gerar uma gripe. De acordo com Occhi, a imunização evita entre 32% e 45% o número de hospitalização por pneumonia e entre 40% e 75% as mortes por complicações resultantes do vírus.

 A imunização é contraindicada para pessoa com alergia a ovo, que devem procurar o médico para orientações. A reação em geral ocorre com dor no local da injeção, sem provocar efeitos colaterais maiores. De acordo com o ministério, não há risco de fazer a vacinação contra a febre amarela e Influenza.

 Além da vacinação, são orientações para evitar o vírus lavar as mãos com frequência, usar lenço para a higiene do nariz, cobrir o rosto no momento do espirro, evitar compartilhar objetos de uso pessoal e tomar cuidado com o contato com pessoas que tenham adquirido o vírus.
Fonte: Agência Brasil

terça-feira, 17 de abril de 2018

Antônio Cardoso completa 56 anos de Emancipação Política


Uma missa solene em ação de graças, sessão na Câmara de Vereadores e desfile cívico, fazem parte da programação de comemoração pelos 56 anos de Emancipação Política Administrativo do município de Antônio Cardoso, nesta quarta-feira (18). Localizada na margem esquerda do Paraguaçu, o munícipio encontra-se em pleno desenvolvimento com significativos investimentos em todos os seguimentos, inclusive na área de geração de emprego e renda com a chegada de fábricas que trarão para o cardosense cerca de 200 novos empregos diretos e indiretos.

 Com uma população estimada em 11.600 habitantes, o município tem como principal economia a agricultura. O território é cortado pela BR-116 Sul, ao meio, onde está instalado o Posto Fiscal Durval Carneiro. Possui 3 distritos: Antônio Cardoso, Santo Estêvão Velho e Poço. O arraial de Oleiro ainda não foi reconhecido como distrito.

 Destacam-se como pontos turísticos a estrada boiadeira, a centenária Igreja do distrito de Santo Estêvão Velho junto com a imagem do Padroeiro o santo Estêvão à margem da BR-116, as fazendas Cavaco e Santo Antônio, a lagoa dos Jesuítas no distrito de Santo Estêvão Velho, a agradável margem dos rios Paraguaçu (localidade de Ilha e Queimadas), encontro do rio Jacuípe com o Paraguaçu (em Ilha e Lagoa), encontro do rio Curumatai com o Paraguaçu (no Maxixe e Pernambuco) favorável ao relaxamento da prática do ecoturismo e para banho. 

 O município possui antigas tradições populares herdadas do estilo de vida campestre que combina trabalho e diversão, algumas raras outras intactas como: samba de roda que é reconhecido como patrimônio da humanidade nas rezas (novenas) para venerar as imagens do culto particular do Candomblé; marra e pesa de fumo como encontro de prosa para reunir amigos, parentes e vizinhos; raspagem de mandioca, bata de feijão, dijitórios com cantorias para cavar buraco e plantar o feijão e queima de judas, em dezembro simbolizando o nascimento do menino Jesus.

 A quadrilha de São João e casamento na roça, festa de São João e São Pedro em junho estão entre as mais tradicionais do Vale do Paraguaçu com visitas nas residências. Outra tradição são as rezas de São Cosme e São Damião em 27 de setembro, festejo de São Roque em 16 de agosto com a presença de romeiros de várias partes da Bahia e do Brasil, festa do Padroeiro Santo Estêvão em 26 de dezembro e Nossa Senhora do Resgate em 7 de maio.


 As comemorações começam às 08 da manhã com hasteamento das Bandeiras e execução do hino nacional na Prefeitura. Às 09 horas será realizada a Missa Solene em Ação de Graças na Igreja Matriz Nossa Senhora do Resgate. Às 10 horas acontece a sessão solene a Câmara Municipal. O desfile cívico acontece às 14 horas na sede do município.

Voo Miami-Salvador entra em operação e fortalece turismo internacional


A capital baiana retoma a conexão direta com os Estados Unidos, com a entrada em operação da rota Miami-Salvador, cujo lançamento ocorreu nesta terça-feira (17), no Hotel Conrad de Miami. Estiveram presentes o subsecretário estadual do Turismo, Benedito Braga, e a diretora de marketing da Latam, Alexandra Garcia.

 Após o encontro desta terça com os profissionais de vendas da Latam, na Costa Leste dos Estados Unidos, o subsecretário Benedito Braga destacou a importância da ampliação da malha aérea para a expansão da atividade turística. “O novo voo direto é um facilitador, e o melhor indicativo da demanda foi o patamar de 60% alcançado no primeiro mês de vendas. Isso deixou entusiasmados os profissionais do setor”, resumiu.

 O primeiro vôo da nova operação de Miami a Salvador sai de lá no dia 29; chegando a Salvador na madrugada do dia 30. O vôo saindo de Salvador para Miami sai da capital baiana na madrugada do dia 30 e chega a Miami às 10h30 da manhã.

Com frequência semanal aos domingos, o voo Miami-Salvador amplia a sua malha aérea baiana e assegura a divulgação das zonas turísticas nas revistas de bordo da companhia. A política de incentivos adotada pelo Governo do Estado favorece também o aumento das frequências domésticas para os aeroportos de Salvador, Porto Seguro e Ilhéus.

Atleta baiano vai a Campeonato Mundial de jiu-jitsu em Abu Dhabi, com apoio da Sudesb


O lutador de jiu-jitsu, Igor Nogueira, 22 anos, embarcou na manhã desta terça-feira (17), para Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, para a disputa do mundial Grand Slam Jiu-Jitsu, que será realizada nos dias 20 e 21 de abril. Igor será o único atleta baiano, com Transtorno do Espectro do Autismo, que vai participar do torneio internacional. O atleta viajou com apoio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia do Trabalho, Emprego e Esporte (Setre), que disponibilizou para Igor e sua mãe, as passagens de ida e volta.

 “Estou muito feliz e orgulhoso. Mesmo ansioso, eu busquei focar nos treinos para conseguir um bom resultado no mundial”, disse Igor Nogueira. Mas, para conseguir a vaga, ele passou por algumas etapas vitoriosas. A primeira foi o Grand Slam, no Rio de Janeiro, quando conquistou o ouro. Na segunda etapa, Igor garantiu a medalha de prata, em Guarapari, no Espírito Santo e a vaga para disputar o mundial.

 Para Marleide Nogueira, mãe do atleta, acompanhar o filho numa competição no exterior era algo impensável. “Se eu voltar no tempo, não imaginaria meu filho nesta condição de atleta. Para mim é uma felicidade muito grande. Igor me ensinou a ter fé e acreditar que o autista pode chegar muito além do que imaginamos, muito além de um pódio e das suas limitações. Quero agradecer a Sudesb, que tem nos apoiado muito não só nesta viagem, mas em outras que ele já participou”, finaliza.

 Sobre o atleta

 Igor Nogueira conheceu o jiu jitsu em 2013, quando recebeu o convite do instrutor Marcelo Vidal, para participar de uma aula. “Ele era totalmente dependente, tinha dificuldade motora, ficava preso nas limitações do transtorno do espectro autista, tinha gestos repetitivos muito intensos. Era um jovem que tinha muitas limitações impostas pelo transtorno. Graças ao esporte, meu filho tem mais atenção, mais foco e raciocínio lógico”, explicou Marleide.

Rui anuncia pagamento de R$ 2,37 milhões a instituições beneficentes

Nota Premiada Bahia: Rui anuncia pagamento de R$ 2,37 milhões a instituições beneficentes

O Governo do Estado cumpre o compromisso firmado com as instituições participantes do programa Sua Nota é um Show de Solidariedade e paga, nos próximos dias, R$ 2,37 milhões em prêmios correspondentes a etapas anteriores do programa. A medida foi anunciada nesta terça-feira (17), pelo governador Rui Costa, durante mais uma edição do Papo Correria transmitido ao vivo pelas redes sociais. O valor será destinado a 234 entidades das áreas social e de saúde que já regularizaram as suas prestações de contas com o programa.

 A regularização dos débitos mediante a simplificação da prestação de contas de etapas anteriores por parte das entidades é parte do novo modelo de gestão do Sua Nota é um Show de Solidariedade. A partir de janeiro de 2018, o programa ganhou nova dinâmica ao abolir as notas fiscais em papel e vincular-se à campanha Nota Premiada Bahia. A contagem de pontos passou a ser feita exclusivamente com base no volume de emissões da Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e): ao fazer o cadastro no www.notapremiadabahia.ba.gov.br para concorrer a dez prêmios mensais de R$ 100 mil e a premiações especiais de R$ 1 milhão, o cidadão indica duas entidades filantrópicas, uma da área de saúde e outra da área social, com as quais passa a compartilhar todas as notas eletrônicas associadas ao seu CPF.

 “As medidas adotadas estão permitindo que sejam regularizadas as prestações de contas do passado, resolvendo os entraves da versão em papel, e tornaram o pagamento para as entidades muito mais simples de agora em diante”, afirma o secretário da Fazenda do Estado, Manoel Vitório. As instituições que ainda têm valores a receber pela participação em etapas anteriores do Sua Nota é um Show de Solidariedade devem regularizar sua situação procurando a secretaria responsável pela sua área de atuação: aquelas da área de saúde devem encaminhar a prestação à Secretaria de Saúde (Sesab), e saúde, e as da área social devem procurar a Secretaria da Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS).

 Desde que a campanha Nota Premiada Bahia foi lançada, já foram realizados três sorteios, com 30 premiados, cada qual contemplado com R$ 100 mil. Foram 23 ganhadores de Salvador e sete do interior, moradores de Feira de Santana, Ilhéus, Camaçari, Jequié, Euclides da Cunha, Ibicaraí e Teixeira de Freitas. O sorteio do primeiro prêmio especial de R$ 1 milhão está marcado para dia 20 de junho.

 Urna virtual

 Ao contrário do que acontecia com os cupons em papel, que exigiam das instituições inscritas no Sua Nota é um Show uma logística complexa e custos altos para implantação de urnas em um número restrito de estabelecimentos, com a NFC-e a doação passou a acontecer de forma automática a cada compra em que o CPF cadastrado for incluído na nota.

 Cada instituição passou a ter a sua própria urna digital, inteiramente online. Isso é especialmente benéfico para as pequenas instituições, que podem ser apoiadas por pessoas de todo o Estado, sem restrições territoriais e financeiras. Esse modelo de doação já foi posto em prática com êxito em outros estados, que também têm programas de apoio a instituições sociais mediante doação de notas fiscais.

 “Ao mesmo tempo em que concorre aos prêmios, o cidadão ajuda o trabalho filantrópico desenvolvido pelas instituições. Uma grande vantagem da nova sistemática é que uma pessoa que mora em Salvador pode doar seus documentos eletrônicos para uma entidade localizada em qualquer município da Bahia”, explica o superintendente de Desenvolvimento da Gestão Fazendária, Félix Mascarenhas.

Palacete das Artes passa por preparativos para receber exposição que retrata a vida de Mandela


Salvador está entre os destinos confirmados da exposição ‘Mandela: de prisioneiro a Presidente’. A mostra, que vai ter uma temporada no Palacete das Artes, chega à Bahia através de parceria entre a Secretaria de Cultura do Estado (Secult) e o Instituto Brasil África (Ibraf).

 O Diretor do Museu do Apartheid, Chistopher Till, acompanhado do presidente do Instituto Brasil África, João Bosco Monte, e outros representantes da cultura negra da Bahia e do Mundo, realizaram vistoria no Palacete das Artes em Salvador na manhã desta terça-feira (17), para confirmar os requisitos para receber a mostra. A visita, onde foram observados aspectos internos do museu como a Sala Contemporânea e a Sala de Vídeo, inicia, oficialmente, os preparativos para a exposição.

 O diretor do Palacete das Artes, Murilo Ribeiro, considera a exposição uma grande conquista para a cultura baiana. ‘’Será um privilegio o Palacete das Artes receber essa exposição. As salas atendem perfeitamente as solicitações feitas. A gente tem muito interesse que a população participe e prestigie esta exposição”, destacou.

 A exposição já passou pela França, Suécia, Estados Unidos, Equador, Argentina, Peru e Luxemburgo, sendo vista por mais de um milhão de pessoas. Salvador está entre os destinos confirmados para sediar a mostra entre 9 de outubro e 30 de novembro para enriquecer a programação do mês da consciência negra.

 A exposição traça o percurso da vida de Mandela desde o início do ativismo contra o regime racista do governo Sul Africano, passando pelos 28 anos de prisão, pela vitória no Prêmio Nobel da Paz, até a eleição como presidente da África do Sul. Para o presidente do Instituto Brasil África, João Bosco Monte, a mostra tem grande identificação com o povo brasileiro.

 “A figura do Mandela transcende qualquer apresentação. O estado da Bahia possui uma aproximação muito grande com a África e nós queremos fazer uma troca”, destacou.

Entre as peças que serão apresentadas estão fotos e vídeos produzidos por diversos artistas. Será também montada uma réplica da cela da Ilha de Robben, onde o líder sul-africano ficou preso por 18 anos. A exposição tem curadoria do Museu do Apartheid, em Johanesburgo, na Africa do Sul, e foi idealizada em 2008.

Micareta de Feira: filho de Edson Gomes canta e reflete músicas do pai em roda aberta ao público

Trechos como "sou camelô, sou do mercado informal, com minha guia sou profissional", de Camelô, ou "quero o meu direito de crescer na vida", de Meus Direitos, canções do artista Edson Gomes, serão a trilha da ‘Roda Música Conversada', que será realizada pelo Programa Corra pro Abraço, da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social do Estado (SJDHDS), nesta quarta-feira (18), às 15h, na prévia da abertura oficial da Micareta de Feira, na rua Geminiano Costa, 255, Centro, em Feira de Santana.

 O evento terá a participação do cantor Jeremias Gomes, filho de Edson, que cantará as canções do pai e fará reflexões com o público presente sobre como as letras que dialogam com contextos de violação de direitos sofridos por pessoas em situação de rua. A roda de música ocorre como encerramento do ‘Projeto Samba, Suor e Redução de Danos’, realizado pela Corra pro Abraço com as pessoas assistidas pela iniciativa em Feira de Santana, que durante este mês usa como metodologia a análise de letras e canções para trabalhar conceitos de cidadania, promoção de direitos e redução de danos físicos e sociais.

 "A atividade será aberta ao público. Quem quiser pode somar e refletir conosco. Entretanto, os convidados oficiais são os nossos assistidos", explica a supervisora de campo do Corra pro Abraço em Feira de Santana, Janaína Palma. A superintendente da Superintendência de Políticas sobre Drogas e Acolhimento e Grupos Vulneráveis (Suprad), Denise Tourinho, destaca que "a música se apresenta nesta atividade como instrumento de arte-educação, mas, sobretudo de redução de danos. E a contribuição de artistas nesta causa, acreditando nesta estratégia, é muito importante para darmos visibilidade à esta prática de promoção de direitos".

 O Corra pro Abraço é gerido em Feira de Santana pela Associação Cristã Nacional (ACN). O programa tem o objetivo de promover cidadania e garantir direitos de pessoas que fazem uso abusivo de drogas em contextos de vulnerabilidade, ou afetadas por problemas relacionados a criminalização das drogas, baseado nas estratégias de Redução de Danos físicas e sociais. A iniciativa aproxima seus beneficiários das políticas públicas existentes uma vez que o estigma e as desigualdades interferem em suas capacidades de busca, acesso e acolhimento pelos serviços públicos.

China oferece vaga para cientistas brasileiros trabalharem em pesquisa

Com um orçamento de cerca de US$ 280 bilhões para o desenvolvimento de ciência e tecnologia, o governo da China convida jovens brasileiros e de latino-americanos em geral para trabalhar em pesquisas e projetos avançados de tecnologia no país asiático.

 “A China dispõe as instalações científicas mais avançadas do mundo e os jovens que queiram participar desse projeto receberão muitos benefícios”, disse o conselheiro de Ciência e Tecnologia da Embaixada da China em Brasília, Gao Changlin.

 O cientista que preencher os requisitos para trabalhar na China terá o salário mensal de US$ 2 mil por um período de seis meses a um ano. Posteriormente, se quiser continuar no país, o pesquisador poderá se candidatar para participar em projetos científicos em universidades ou institutos de pesquisa.

 De acordo com a embaixada, centenas de pesquisadores latino-americanos receberam convites para trabalhar em pesquisas na China, dos quais, grande parte é brasileira.

 As inscrições estão abertas. O candidato deve ter, no máximo, 45 anos, experiência de cinco anos em pesquisa ou ter concluído o doutorado.

 Mais informações no site: tysp.cstec.org.cn. O pesquisador pode também encaminhar dúvidas ou perguntas para o e-mail tysp@cstec.org.cn ou para o endereço: 54 Sanlihe Road, Beijing 100 045, China.

 Avanços 

 A China alcançou, em 2016 a liderança mundial de criação tecnológica. Há dois anos, os inventores chineses ficaram com o primeiro lugar no planeta em pedidos e autorizações de patentes, com mais de 1,2 milhão de projetos e 322 mil concepções tecnológicas.

 O Brasil foi o primeiro país em desenvolvimento a estabelecer uma parceria estratégica com a China. Um dos aspectos dessa parceria foi o programa Cbers, assinado em 1980, que permitiu o lançamento de satélites para monitorar o território brasileiro e prevenir desastres ambientais.
Fonte: Agência Brasil

Quatro bancos concentram 78,5% do crédito no país

Os quatro maiores bancos do país – Itaú-Unibanco, Bradesco, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal – concentraram 78,51% do mercado de crédito em 2017. Essas instituições também foram responsáveis por 76,35% dos depósitos dos correntistas. Os dados são do Relatório de Estabilidade Financeira, divulgado hoje (17) pelo Banco Central (BC).

 De acordo com os dados, a concentração bancária vem crescendo no país. Em dezembro de 2007, os quatro bancos eram responsáveis por 54,68% do crédito e 59,34% dos depósitos.

 Perguntado se a concentração bancária dificulta a queda dos juros, o diretor de Fiscalização do BC, Paulo Souza, afirmou que a autoridade monetária tem adotado medidas para reduzir o custo do crédito. Ele afirmou que o spread – diferença entre a taxa de captação do dinheiro pelos bancos e a cobrada dos clientes – está em queda, mas o BC trabalha para que a velocidade dessa redução seja maior.

 Entre as medidas, citou a reforma trabalhista como forma de reduzir custos para as instituições financeiras. Para Souza, é preciso também que sejam aprovadas as mudanças no cadastro positivo (inclusão automática dos bons pagadores) e a criação do registro eletrônico de duplicatas, em tramitação no Congresso Nacional.

 Souza também citou a redução da taxa básica de juros, a Selic, o que diminuiu o custo de captação do dinheiro pelos bancos, e mudanças nos depósitos compulsórios (recursos que os bancos são obrigados a recolher ao BC). “Uma série medidas que juntas vão colaborar para essa redução [dos juros]”, disse.

 No último dia 10, o presidente do BC, Ilan Goldfajn, afirmou que não está satisfeito com o ritmo de queda dos juros no país. Ele disse que o assunto é da maior importância para o BC. “O objetivo é atacar, de forma estrutural, não voluntariosa, todas as causas que tornam o custo de crédito alto no Brasil”, acrescentou, em audiência pública no Senado.
Fonte: Agência Brasil

Feriado modifica sorteios da Mega-Sena

Em virtude do feriado do Dia de Tiradentes, não haverá sorteio das loterias da Caixa Econômica Federal no sábado (21). Por isso, os sorteios desta semana da Mega-Sena serão realizados hoje (17) e na sexta-feira (20).

 Quem acertar as seis dezenas do concurso 2.032, de hoje poderá receber um prêmio de R$ 6 milhões. Aplicado na poupança, o valor renderia cerca de R$ 23 mil por mês. O prêmio também seria suficiente para adquirir uma frota de 171 carros populares.

 O sorteio de hoje será realizado a partir das 20h (horário de Brasília), na Praça Pioneiros, em Governador Valadares (MG), onde estará estacionado o Caminhão da Sorte da Caixa.

 A aposta mínima na Mega-Sena custa R$ 3,50 e pode ser feita até uma hora antes do sorteio nas lotéricas ou pela internet, para quem tem conta-corrente na Caixa. O serviço funciona das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteios, quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte.

 A Loteria Federal também sofrerá alteração por causa do feriado. A extração 5276-0 será realizada amanhã (18) e a extração 5277-9 será antecipada e seu sorteio também ocorrerá na sexta-feira (20).
Fonte: Agência Brasil