terça-feira, 16 de julho de 2019

Programa Centelha Bahia recebe propostas de negócios inovadores até 7 de agosto

Em 2016, o analista de sistemas Mateus Carvalho participou de um edital de financiamento de negócios inovadores promovido pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb). A oportunidade lhe permitiu desenvolver um aplicativo para mototáxis. Com a experiência, o jovem empreendedor ampliou seu ramo de atuação através dos conhecimentos aprendidos e da rede de contatos que construiu. Atualmente, Mateus possui uma empresa que fornece aplicativos de mobilidade em cidades de médio porte de diversas regiões do país.
Um novo edital de apoio a negócios inovadores foi lançado pela Fapesb no mês de junho, em parceria com o Governo Federal, e vai receber propostas até o dia 7 de agosto. Mais de um R$1,6 mi estão sendo disponibilizados pelo Programa Centelha. “Toda pessoa que é residente no estado e que tenha a idade mínima de 18 anos pode participar do edital. Não precisa ter empresa neste momento, ou seja, todo mundo que tem um CPF pode fazer o seu cadastro e apresentar suas idéias, explica o responsável pela Coordenação de Competitividade Empresarial Fapesb, Alzir Mahl.
A expectativa do programa é de selecionar 28 projetos de até R$ 60 mil em financiamento cada um. A seleção acontecerá em três etapas. Para inscrições e informações sobre o edital, basta acessar o site www.programacentelha.com.br/ba/.
“Um apoio financeiro é sempre muito importante, principalmente quando se está começando um negócio, Você precisa do capital para formalizar a empresa, comprar algo junto ao fornecedor e, principalmente, na questão do networking. As pessoas que estão envolvidas no processo de aceleração são pessoas capacitadas, que já viveram aquilo, quebraram a cara. Essa questão de errar é importante, se você escuta alguém que já errou você tem um pouco mais de chance de ter sucesso e aprender com os erros dessa pessoa”, relata Mateus, sobre a oportunidade de ter começado a empreender através da oportunidade de um edital público.Secom/Gov-Ba.

Proibição de telemarketing de telefônicas começa nesta terça-feira

Agência Brasil - Entra em vigor nesta terça-feira (16) a lista Não Perturbe para as operadoras de telecomunicações. Os clientes incluídos nesse grupo não poderão ser objeto de ligações de telemarketing de empresas para a venda de serviços, como pacotes de telefonia, acesso à internet e TV paga. A medida foi uma determinação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).
As pessoas que não desejarem receber esse tipo de chamada podem incluir seu nome no site criado para a iniciativa, no ar a partir desta terça-feira (16).
A lista vai ser única e atingirá as principais empresas do setor: Algar, Claro/Net, Nextel, Oi, Sercomtel, Sky, TIM e Vivo. Essas empresas também deverão, nesse prazo, criar e divulgar amplamente um canal por meio do qual o consumidor possa manifestar o seu desejo de não receber ligações.
Segundo a Anatel, se uma pessoa solicitar a sua inclusão e continuar recebendo ligações de oferta de bens e serviços de telecomunicações, ele pode ligar para o número 1331 e fazer uma reclamação. As sanções podem variar de advertência a multa de até R$ 50 milhões.

Outras medidas

Outra decisão da Anatel é que essas empresas não poderão mais efetuar ligações telefônicas com o objetivo de oferecer seus pacotes ou serviços de telecomunicações para os consumidores que registrarem o número na lista nacional a ser criada.
As companhias vão ter de abrir canais para que seus clientes possam solicitar a inclusão no grupo, que passará a não poder mais receber ligações com ofertas de serviços de telecomunicações. Assim, na prática, as empresas ficam impedidas se oferecer seus produtos e serviços utilizando o telemarketing.
A agência determinou ainda que as áreas técnicas estudem medidas para combater os incômodos gerados por ligações mudas e realizadas por robôs, mesmo as que tenham por objetivo vender serviços de empresas de setores não regulados pela Anatel. Segundo a Anatel, estudos de mercado estimam que pelo menos um terço das ligações indesejadas no Brasil são realizadas com o objetivo de vender serviços de telecomunicações.
Além dessa iniciativa, a Anatel deve discutir novas ações relacionadas à prática do telemarketing. De acordo com o comunicado do órgão, o Conselho Diretor da autoridade solicitou que a área técnica elabore propostas para limitar os abusos nessas chamadas, mesmo que de outros serviços fora da área de telecomunicações.

Colbert Filho entrega dez veículos que vão ser incorporados a frota de atenção básica da Secretaria de Saúde

Envolvendo recursos da ordem de R$ 2,6 milhões oriundos de emendas parlamentares ao Orçamento da União, seis automóveis e quatro ônibus foram integrados a frota de atenção básica da Secretaria de Saúde.
Adaptados para tambėm transportar pacientes com algum tipo de dificuldade motora, os quatro ônibus serão destinados às demandas de saúde na Zona Rural do Município.
Ainda como resultado das emendas parlamentares, que têm como autores o deputado federal Márcio Marinho, e os ex-deputados Antônio Imbassahy e Irmão Lázaro, a Secretaria de Saúde foi contemplada com uma leva de equipamentos.
Dentre os equipamentos, de acordo com a secretária de Saúde, Denise Mascarenhas, constam dez gabinetes odontológicos, cadeiras de roda, armários e computadores.
Ao agradecer aos deputados Márcio Marinho, Irmão Lázaro e Antônio Imbassahy pela iniciativa, o prefeito Colbert Martins Filho defendeu o fortalecimento das relações do Governo Municipal com os seus representantes na Câmara Federal.
O ato, ocorrido na Sala de Reuniões do Paço Municipal Maria Quitéria, na tarde desta segunda-feira, 15, contou ainda com as presenças dos secretários municipais, e a maioria dos vereadores da bancada do Governo, na Câmara Municipal.


segunda-feira, 15 de julho de 2019

Mercado reduz estimativa de crescimento da economia para 0,81%, diz BC

A estimativa do mercado financeiro para o crescimento da economia este ano continua em queda. De acordo com o boletim Focus, pesquisa semanal do Banco Central (BC) com instituições financeiras, a projeção para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – desta vez foi reduzida de 0,82% para 0,81%. Essa foi a 20ª redução consecutiva.
Para 2020, a expectativa é que a economia tenha crescimento maior, de 2,10%, na semana passada, a estimativa era de 2,20%. A previsão para 2021 e 2022 permanece em 2,50%.

Inflação

A estimativa de inflação, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), subiu de 3,80% para 3,82% este ano. A meta de inflação de 2019, definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), é 4,25%, com intervalo de tolerância entre 2,75% e 5,75%.
A projeção do mercado financeiro para a inflação em 2020 é 3,90%. A meta para o próximo ano é 4%, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo.
Para 2021, o centro da meta de inflação é 3,75% e para 2022, 3,5%, também com intervalos de tolerância de 1,5 ponto percentual. A previsão do mercado financeiro para a inflação em 2021 e 2022 permanece em 3,75%.

Taxa básica de juros

Para alcançar a meta de inflação, o BC usa como principal instrumento a taxa básica de juros, a Selic, mantida em 6,5% ao ano pelo Comitê de Política Monetária (Copom).
Ao final de 2019, as instituições financeiras esperam que a Selic esteja em 5,50% ao ano, mesma projeção da semana passada. Para o fim de 2020, a expectativa é que a taxa básica baixe para 6% ao ano e, no fim de 2021 e 2022, chegue a 7% e 7,5% ao ano, respectivamente.
Quando o Copom reduz a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação e estimulando a atividade econômica. Quando o comitê aumenta a Selic, a finalidade é conter a demanda aquecida, e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.
A manutenção da Selic indica que o Copom considera as alterações anteriores suficientes para chegar à meta de inflação. As informações são da Agência Brasil.

Inscrições do Encceja para pessoas privadas de liberdade começam hoje

As inscrições para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos para detentos e jovens sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade (Encceja Nacional PPL) começam nesta segunda-feira (15) e vão até o dia 26 de julho, de acordo com edital de 27 de junho do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), publicado na edição de 28 de junho do Diário Oficial da União.
O exame, aplicado pelo Inep, é destinado àqueles que não concluíram os estudos na idade adequada e serve como oportunidade de obter os certificados do ensino fundamental e médio. O participante deve ter, no mínimo, 15 anos de idade para certificação do fundamental e, pelo menos, 18 anos, para o ensino médio, na data da aplicação das provas nos dias em 8 e 9 de outubro.
O Encceja Nacional PPL é dividido em quatro provas objetivas por nível de ensino e uma redação. Cada prova objetiva tem 30 questões de múltipla escolha. Os que buscam a certificação do ensino fundamental serão avaliados nas seguintes áreas do conhecimento: ciências naturais; história e geografia; língua portuguesa, língua estrangeira, artes, educação física e redação; e matemática. Para o ensino médio, será exigido conhecimento nas áreas de ciências da natureza; ciências humanas; linguagens e códigos e redação; e matemática.
As unidades prisionais e socioeducativas interessadas em aplicar o Encceja Nacional PPL deverão ser indicadas pelos órgãos de administração prisional e socioeducativa. É obrigatório firmar termo de adesão, responsabilidades e compromissos com o Inep entre 8 e 19 de julho de 2019, exclusivamente pela internet, por meio do Sistema de Adesão e Inscrição PPL. Cada unidade prisional ou socioeducativa indicada terá um responsável pedagógico que, além das inscrições dos participantes, ficará encarregado de acessar os resultados e pleitear a certificação. Agência Brasil.

Estudante da zona rural de Adustina representa a Bahia no Parlamento Juvenil do Mercosul

O estudante Miquéias Nascimento Araújo, 18 anos, 3º ano do Ensino Médio, do Colégio Estadual Castro Alves, morador da zona rural de Adustina foi eleito para representar a Bahia, no biênio 2018-2020 no Parlamento Juvenil do Mercosul (PJM). O projeto, que garantiu a Miquéias as eleições PJM 2018, tem como tema “Intervenção colaborativa: preparando o jovem para o mercado de trabalho”. A finalidade é enriquecer o currículo escolar com conhecimentos de empreendedorismo e marketing, para que os estudantes tenham uma formação abrangente e qualitativa que os prepare para o mundo do trabalho e suas transformações, abrindo caminho para lutar por oportunidades.
Nesta segunda-feira (15), o estudante segue para Brasília, para a cerimônia de posse, que será realizada na quarta-feira (17). A próxima viagem, em data ainda a ser definida, será para a cidade de Montevidéu, no Uruguai, onde está localizada a sede do PJM. “Estou extremamente feliz com essa oportunidade ímpar para mim e para a minha escola. Espero poder vivenciar da melhor forma a experiência de conhecer e discutir com outros jovens, de todo o país, que lutam pela melhoria na educação. Acredito que este momento irá contribuir com a ampliação dos meus conhecimentos e horizontes, obtendo um maior engajamento na luta por uma educação de qualidade no meu Estado”, revela o estudante.

Destaques da escola

Miquéias conta que teve um grande incentivador para a criação do projeto e participação na disputa pela vaga: o seu colega e antecessor no PJM, Admilson dos Santos Baventura, que também estuda na mesma unidade. “Admilson me inspirou e foi um grande incentivador para que eu chegasse até aqui. Ele me explicou como fazer o projeto, tirou minhas dúvidas e me fez sonhar grande contando suas experiências nos Parlamentos Jovem Brasileiro e Juvenil do Mercosul. E, agora, vamos incentivar outros colegas a criar projetos de alcance social e defender nossa escola e a educação da Bahia”, finaliza.
A orientadora do projeto, Luciana Santiago, comemora a eleição de Miquéias. “Ficamos muito felizes com a eleição dele. Essa eleição é muito importante para nossa escola, por ser uma unidade pequena e com alunos com grande destaque, pois já tivemos outro estudante que participou do PJM e foi o grande incentivador de Miqueias. Buscamos esta conquista, fizemos uma grande mobilização para a votação, pedimos ajuda dos diretores escolares da região e ao pessoal da região e todos colaboraram e Miquéias é nosso representante”, finaliza.

Sobre o PJM

O Parlamento Juvenil do Mercosul (PJM) é uma iniciativa do Ministério da Educação, por meio do Setor Educacional do Mercosul (SEM), que proporciona aos jovens estudantes do Ensino Médio da rede pública dos países membros e associados do bloco um espaço de encontro e diálogo que incentive o protagonismo juvenil para geração de propostas sobre temáticas de interesse comum. O PJM é uma experiência formativa para os jovens envolvidos que, além de ampliar seus conhecimentos, vivenciam o funcionamento das instituições democráticas e participam de debates construtivos que lhes permitem fortalecer a capacidade para expressar suas ideias, bem como desenvolver habilidades de reflexão crítica para formulação de propostas que reflitam suas necessidades.
Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado

Artistas e público prestigiam projeto Arte na Avenida

A quantidade de expositores que participou da segunda edição do projeto ‘Arte na avenida’, neste domingo, 14, mais de 40, foi cinco vezes maior do que a registrada na sua estreia, mês passado. A presença de público também foi várias vezes maior, de acordo com a organização, do que o visto na primeira edição.
O aumento exponencial de artistas e pessoas com trabalhos ligados às artes, está relacionado à filosofia do projeto: não é preciso autorização ou pagamento de taxas. É chegar com a banca e a produção e pronto: a avenida o espera para que mostre a sua arte.
As bancas formaram um colorido corredor no canteiro central da avenida Getúlio Vargas. Pode-se ver de tudo relacionado às artes: quadros, esculturas de todos os tamanhos, bisquis, artesanato, fotografias, panos de prato. Algumas bancas ofereceram biscoitos. No geral, os preços são acessíveis.
O sol, que brilhou, também colaborou para que a feirinha, resultado de parceria de artistas e o apoio da Prefeitura de Feira de Santana, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, se mostrasse movimentada. O cantor Toinho Campos fez uma apresentação especial.
“A ideia foi materializada a partir da observação da necessidade da realização de eventos que movimentassem o final de semana em Feira”, disse o fotógrafo Ângelo Pinto. “E neste espaço artistas mostrem e vendam seus trabalhos. Tudo aqui é muito democrático. Por isso, a tendência é crescer”.
O secretário Edson Borges disse que a essência do projeto é a adesão dos artistas. “Cada um traz sua banca e o que deseja mostrar ao público, e os colocam onde achar melhor. Local melhor para esta interação, troca de experiência, não há”.
Domingos Santeiro levou imagens de santos e objetos antigos, mais folhetos de cordel. “Neste ambiente me senti como peixe dentro d’água”, brinca. “Falando sério, aqui é um ponto de encontro dos mais importantes, porque todas as formas de artes estão presentes”.
“Tudo que é ligado às artes é bem vindo”, disse a estudante Rute Marinho, que comprou um bisqui. “Aqui além do contato, compartilha-se experiências, conhecimentos e novas técnicas”, afirmou a artesã Catiane Weyne. Secom/PMFS.

Humildes comemora 160 anos de existência

O distrito de Humildes completa neste sábado, 13, o aniversário de 160 anos de existência. Para celebrar a data, uma programação especial foi realizada nessa sexta-feira, 12. Foi a segunda vez que o aniversário do distrito foi comemorado - desde o ano passado passou a fazer parte do Calendário de Eventos Oficiais do Município através de projeto de lei de autoria do vereador Fabiano da Van.
A programação foi aberta no início da manhã, com a celebração de uma missa de ação de graças. Em seguida foi servido um café da manhã para a comunidade. Na sequência aconteceu o desfile de escolas, Banda Marcial do 35º BI (Batalhão de Infantaria do Exército), grupos folclóricos, hasteamento das bandeiras e entrega de troféus aos convidados.
Com uma população estimada em mais de 30 mil habitantes, o distrito de Humildes é o maior dentre os oito do município de Feira de Santana e considerado como um grande centro industrial e agropecuário.
O secretário de Agricultura, Joedilson Freitas (nascido em Humildes), esteve representando o prefeito Colbert Martins Filho. Também marcaram presença os vereadores Fabiano da Van, Zé Curuca, o ex-prefeito Clailton Mascarenhas, o ex-vereador Zé Nery e o radialista Antônio Carlos de Cerqueira. Secom/PMFS.

sexta-feira, 12 de julho de 2019

Colbert assina com Banco do Brasil financiamento para compra de 10 mil lâmpadas de LED


O Banco do Brasil e Prefeitura de Feira de Santana “bateram o martelo” nesta quinta-feira, 11, para financiamento de R$ 5 milhões, que o Município vai aplicar na modernização do sistema de iluminação publica, beneficiando as principais avenidas da cidade. O prefeito Colbert Martins Filho e o superintendente estadual do banco estatal, Amaury Aguiar, assinaram o documento com os termos da operação financeira.
Com o dinheiro, a Prefeitura vai adquirir 10 mil lâmpadas de LED, moderna tecnologia de iluminação que proporciona mais eficiência e menos custo. Áreas como as avenidas Maria Quitéria, João Durval, Fraga Maia e Presidente Dutra, de grande movimento, são o alvo deste investimento. O pagamento deste empréstimo será efetuado em um prazo de 60 meses.
O prefeito Colbert Martins Filho informa que já se encontra em curso processo licitatório para definição de empresa que fornecerá as 10 mil lâmpadas de LED. “Buscamos iniciar este processo mesmo antes da assinatura do contrato com o banco, para acelerar as providências”, diz o gestor. Ele espera começar a instalação das novas lâmpadas até o mês de setembro.
O investimento vai beneficiar a outros locais da cidade e dos distritos. As lâmpadas hoje utilizadas nas principais avenidas, ao serem substituídas, vão ser aproveitadas nessas áreas. “Na realidade o impacto será bem maior, pois se faremos a troca de 10 mil lâmpadas, outro número igual a este vai ser retirado de onde se encontram e colocado em outros espaços públicos hoje carentes”, comenta.
A Prefeitura de Feira tem um projeto de substituição de todo o sistema do município, das lâmpadas atuais pelas de tecnologia LED. Há uma proposta de Parceria Público-Privada para esta área. Modelagem da proposta está sendo feito pela Caixa Econômica Federal. O secretário de Planejamento Carlos Brito, informa que ainda este ano deve ser definido o parceiro investidor.
O prefeito diz que o Município tem pressa e, mesmo antes de fechar esta PPP, vai iniciar o projeto de transformação da iluminação pública da cidade. “Enquanto a Parceria Público-Privada não é materializada, faremos este investimento, o que já proporcionará um avanço significativo para a nossa população”.

Fundação Egberto Costa homenageia na próxima quarta persolidades com serviços prestados a cultura


A próxima quarta-feira (17) foi a data escolhida para a cerimônia de comemoração do 14º aniversário da Fundação Cultural Egberto Costa - FUNTITEC, com horário de início marcado para às 19h, no Museu de Arte Contemporânea Raimundo Oliveira.
Na programação estão inclusas a homenagem à 15 personalidades feirenses que prestam relevantes serviços à cultura; Entrega dos CD’s para participantes dos Festivais Metropolitanos de Música Gospel e Vozes da Terra. A atração musical será a feirense Rachel Reis.
Na oportunidade serão homenageados: Prefeito Colbert Martins; José Henrique Motté (homenagem Póstuma); Jornalista José Carlos Machado Pereira - Zé Coió; Ronaldo Santos Ferreira - Rony Santini; José Pereira dos Santos; Carmém Lúcia Oliveira Pires - Membro da Academia de Cultura da Bahia, Jailson de Jesus; Maristela Lima Montes - Coreografa e professora de ballet; Pedro Adriano Silva Lima; Vamilton Conceição Pereira dos Santos - Val Conceição; Djalma Ferreira; Edson Felloni Borges, Arcebispo Émerito Dom Itamar Vian, Thaise Oliveira Peixoto Craddocka e Ester Bahia - garota que teve como tema do seu aniversário a heroína Maria Quitéria.
A programação em alusão ao 14º aniversário da FUNTITEC acontecerão durante todo mês de julho. E o próximo evento acontecerá na Biblioteca Municipal, no dia 17, às 10h e também às 15h00, com apresentação da Orquestra Neojibá - Núcleo Antônio Gasparini.
A Fundação Municipal de Tecnologia da Informação, Telecomunicações e Cultura Egberto Tavares Costa é uma autarquia da Prefeitura de Feira de Santana com ampla atuação em todo o município. As informações são da Secretaria de Comunicação da Prefeitura municipal de Feira de Santana.

Vendas no comércio varejista baiano cresceram 5,2% em maio

De acordo com dados da Pesquisa Mensal de Comércio, analisados pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), as vendas no comércio varejista baiano cresceram 5,2% em maio de 2019, quando comparado a igual mês de ano anterior. No varejo nacional, o volume de negócios expandiu 1%, em relação à mesma base de comparação.
“O aumento das vendas do varejo na Bahia reflete muito as políticas públicas adotadas pelo Governo do Estado, uma vez que lideramos a geração de empregos formais no Nordeste em 2019. Esta geração de emprego ampliou as vendas de varejo exatamente nos segmentos que respondem pelo consumo das famílias, a exemplo dos artigos farmacêuticos, cosméticos, hipermercados e produtos alimentícios, dentre outros. Além disso, a Bahia é o segundo estado da federação que mais investe, principalmente em grandes obras, o que faz crescer o consumo de materiais de construção”, pontuou o secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro.
O resultado das vendas do varejo baiano em maio foi influenciado pelos estímulos da comemoração do Dia das Mães, mas também ao efeito-calendário, pois maio contou com um dia útil a mais do que em igual mês de 2018. Além da baixa base de comparação, uma vez que no ano passado o setor mostrou tímido desempenho refletindo os efeitos da paralisação dos caminhoneiros que afetou o volume de vendas do varejo no país. Outro fator que explica o comportamento do setor foi o aumento da ocupação, principalmente, dos empregos formais que no mês de maio aumentaram em mais de dois mil postos de trabalho.
Por atividade, os dados do comércio varejista do estado da Bahia, quando comparados a maio de 2018, revelam que cinco dos oito segmentos que compõem o Indicador do Volume de Vendas registraram comportamento positivo. Listados pelo grau de magnitude das taxas em ordem decrescente, têm-se: Combustíveis e lubrificantes (15,7%); Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (11,5%); Móveis e eletrodomésticos (7,3%); Tecidos, vestuário e calçados (4,0%); Outros artigos de uso pessoal e doméstico (3,6%); e Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (2,7%). No que diz respeito aos subgrupos, verifica-se que registraram variações positivas, Móveis (14,0%); Eletrodomésticos (4,2%); e Hipermercados e supermercado (1,3%).
Fonte: Ascom/Secretaria do Planejamento do Estado (Seplan)

quinta-feira, 11 de julho de 2019

Vendas do varejo caem 0,1% de abril para maio, diz pesquisa do IBGE


Agência Brasil - O volume de vendas do comércio varejista no país teve um recuo de 0,1% na passagem de abril para maio. De março para abril, o setor já havia tido uma queda de 0,4%.
Segundo dados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), divulgada hoje (11), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o varejo também caiu 0,1% na média móvel trimestral.
Nos demais tipos de comparação temporal, no entanto, o comércio teve crescimento: 1% na comparação com maio de 2018, 0,7% no acumulado do ano e 1,3% no acumulado de 12 meses.
Na passagem de abril para maio, a queda foi puxada por apenas duas das oito atividades do varejo pesquisadas: outros artigos de uso pessoal e doméstico (-1,4%) e combustíveis e lubrificantes (-0,8%).
Por outro lado, seis atividades tiveram crescimento e evitaram uma queda maior do setor no período: hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (1,4%), tecidos, vestuário e calçados (1,7%), artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (0,9%), móveis e eletrodomésticos (0,6%), equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (2,2%) e livros, jornais, revistas e papelaria (0,4%).

Varejo ampliado

O varejo ampliado, que também leva em consideração os setores de materiais de construção e de venda de veículos e peças, teve alta de 0,2% no volume na passagem de abril para maio, apesar das quedas de 1,8% dos materiais de construção e de 2,1% dos veículos, motos e peças.
O varejo ampliado cresceu 0,5% na média móvel trimestral, 6,4% na comparação com maio de 2018, 3,3% no acumulado do ano e de 3,8% no acumulado de 12 meses.
A receita nominal do varejo cresceu 0,8% de abril para maio, 0,5% na média móvel trimestral, 5,8% na comparação com maio do ano passado, 5% no acumulado do ano e 5,3% no acumulado de 12 meses.
Já a receita do varejo ampliado cresceu 0,9% na passagem de abril para maio e na média móvel trimestral, 10% na comparação com maio de 2018, 6,7% no acumulado do ano e 7% no acumulado de 12 meses.

quarta-feira, 10 de julho de 2019

Inovação tecnológica e empreendedorismo são a aposta do Governo Municipal para superar a crise econômica


Visando fomentar a inovação tecnológica e incentivar empreendedores e empresas instaladas em Feira de Santana, a Prefeitura Municipal vai firmar um termo de cooperação técnica com o SEBRAE, previsto para ser celebrado no dia 18 de julho.
A queda acentuada em várias áreas da atividade econômica, reduzindo a arrecadação do Município, é um dos vetores apontados pelo prefeito Colbert Martins Filho para buscar, na alternativa tecnológica e na inovação, saídas para o reaquecimento da economia.
“Com a atividade dos setores industrial e de serviço em baixa, incidindo na queda dos valores adicionados do Município, esta é uma nova fronteira para a economia: inovação em tecnologia e empreendedorismo”, asseverou o prefeito.
Para a formatação do termo de cooperação com o SEBRAE, a Lei de Nº 3.934, que institui a Política Municipal de Gestão de Tecnologia de Informação e Comunicação, no seu artigo 8º, que regulamenta o setor, terá que receber emendas completares, conforme observou o secretário Borges Junior.
A assinatura do terno de cooperação ocorrerá na Sala de Reuniões do Paço Municipal Maria Quitéria, e contará com as presenças do superintendente estadual do SEBRAE, Jorge Kuoury, e de Carlos Andrade, presidente do Conselho Deliberativo.

Adiado evento da Fundação Egberto Costa que aconteceria nesta quinta à noite


Está adiado um evento da programação comemorativa do 14º aniversário da Fundação Cultural Egberto Costa – FUNTITEC (órgão da Prefeitura Municipal de Feira de Santana), previsto para acontecer nesta quinta-feira, 11, às 19 horas, no Museu de Arte Contemporânea Raymundo de Oliveira. Uma nova data vai ser agendada em breve pelo seu diretor-presidente, Antonio Carlos Daltro Coelho.
Nesta cerimônia, a Fundação prestará homenagem a 15 personalidades feirenses que prestam relevantes serviços à cultura. Também acontecerá o lançamento dos CD’s com os melhores trabalhos musicais dos Festivais Metropolitanos de Música Gospel e Vozes da Terra, além de show com a feirense Rachel Reis.
“Cumpriremos esta programação em uma data próxima, pois queremos contar com a presença do prefeito Colbert Martins Filho, o que não seria possível nesta quinta-feira, em virtude de compromissos que surgiram e o impedem de participar”, explica o diretor-presidente da Funtitec.
Por outro lado, estão mantidos outros eventos previstos para o dia 17, na Biblioteca Municipal, às 10 horas, e no mesmo espaço, às 15 horas, com apresentação da Orquestra Neojibá - Núcleo Antônio Gasparini.

Lojas do Mercado de Arte Popular participam da Liquida Feira


No embalo dos resultados positivos que a campanha de promoção de vendas vem trazendo para o comércio de Feira de Santana, lojistas do Mercado de Arte Popular (MAP) aderiram ao Líquida Feira. Assim, quem fizer compras em qualquer loja do entreposto, a cada R$ 50,00, tem direito a um cupom para concorrer a prêmios valiosos.
A iniciativa é das entidades de classe que operacionalizam a campanha, com apoio do Governo do prefeito Colbert Martins Filho, através da Secretaria Municipal de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Settdec), dirigida por António Carlos Borges Júnior.
A campanha foi lançada em Feira de Santana no dia 4 e prossegue até o dia 15 deste mês. Quem participa concorre a dois carros Mobi, da Fiat, zero quilômetro , duas motos Honda zero quilômetro e mais cinco aparelhos de TV.
O secretário de Desenvolvimento Econômico, Antônio Carlos Borges Júnior, ressalta a importância dos comerciantes do Mercado de Arte Popular aderirem à campanha. Observa que a liquidação atrai consumidores de diversas cidades da região e é responsável pelo aquecimento das vendas neste período do ano. "Para participar, basta que o comerciante coloque pelo menos um produto em promoção ou até a loja toda".
Coordenador da Campanha, Roberto Lima observa que o Líquida Feira está em sua 18° ano de edição e já se firmou como o terceiro principal período de vendas, ficando atrás apenas do Natal e dos festejos juninos.
Para a comerciante Josefa Maria Doó de Oliveira, a campanha é período de boas vendas. "O comércio está em vendas com as promoções e não podemos ficar de fora". As informações são da Secretaria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Feira de Santana.