quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Empresas inadimplentes cresceram 5,35% em 2017, diz SPC Brasil

As empresas inadimplentes cresceram 5,35% em 2017, segundo o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). As dívidas em atraso tiveram alta de 3,64% na comparação anual.

 Por regiões, no Sudeste, o número de empresas negativadas na comparação anual avançou mais do que em outras regiões: a alta foi de 7,37%. Em seguida, aparecem o Sul (3,18%), o Centro-Oeste (2,99%), o Nordeste (2,61%) e o Norte (2,23%).

 Em termos de participação, o Sudeste concentra a maior parte do número de empresas negativadas, com 46,14% do total. O Nordeste, por sua vez, concentra 20,77%, enquanto o Sul aparece com uma fatia de 17,07%.

 Por setores, serviço lidera com maior número de empresas negativadas, com variação de 8,22%. Em seguida, aparecem comércio (3,42%), indústria (2,93%) e agricultura (-0,99%). Quando se analisam os setores credores (para os quais as empresas devem), o maior avanço da inadimplência foi observado pela indústria (4,67%), seguida de serviço (4,12%) e comércio (3,24%).

 “Ainda há efeitos da crise, mas também há sinais de retomada da economia. Para este ano, espera-se que, à medida que os negócios se recuperem, o fenômeno da inadimplência desacelere”, avalia o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro.
Fonte: Agência Brasil

Taxa de desemprego no país fecha 2017 em 12,7%; população desocupada cai 5%

Carteira de Trabalho

A taxa de desemprego média de 2017 ficou em 12,7%, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – Contínua (PNAD Contínua), divulgados hoje (31) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esse foi a maior índice da série histórica, iniciada em 2012. Em 2016, a taxa havia ficado em 11,5%.

 Analisando-se apenas o último trimestre do ano, o nível ficou em 11,8%. A taxa do terceiro trimestre de 2017 havia ficado em 12,4%. Já a do último trimestre de 2016 havia sido de 12%.

 O total de desocupados chegou a 13,2 milhões na média do ano, um aumento de 12,5% na comparação com a média do ano anterior (11,7 milhões). Já o total de ocupados ficou em 90,65 milhões, ou seja, 0,3% a mais do que em 2016 (90,38 milhões).

 O rendimento médio mensal habitual de todos os trabalhos subiu 2,4%, passando de R$ 2.091 em 2016 para R$ 2.141 em 2017. Já massa de rendimento habitual cresceu 2,6%, ao passar de R$ 184,3 bilhões em 2016 para R$ 189,1 bilhões no ano passado.

 Quarto trimestre

 Analisando-se apenas o último trimestre do ano, a taxa ficou em 11,8%. O índice do terceiro trimestre de 2017 havia ficado em 12,4%. Já a taxa do último trimestre de 2016 havia sido de 12%.

 A população desocupada no trimestre (12,3 milhões de pessoas) caiu 5% (menos 650 mil pessoas) em relação ao trimestre anterior (13 milhões), mas se manteve estável em relação ao último trimestre de 2016.

 A população ocupada (92,1 milhões) cresceu 0,9% em relação ao trimestre anterior (mais 811 mil pessoas) e 2% na comparação com o último trimestre de 2016.

 Já o rendimento médio real habitual no trimestre (R$ 2.154) ficou estável em relação tanto ao terceiro trimestre de 2017 quanto ao último trimestre de 2016.
Fonte: Agência Brasil

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Rui participa da inauguração de novo módulo do fórum de Itabuna

Governador Rui Costa inaugura o novo módulo do fórum de Itabuna

A ampliação do Fórum de Itabuna, no sul da Bahia, foi entregue à população na tarde desta segunda-feira (29). O governador Rui Costa participou da solenidade de inauguração ao lado da presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), Maria do Socorro Barreto Santiago.

 “Acho que nunca foi tão necessário reafirmar algo que está escrito na Constituição que é a independência e a importância entre os poderes. Por isso fiz questão de estar aqui. Parabenizo a desembargadora Maria do Socorro, que essa semana encerra o mandato e entrega novas instalações confortáveis, que darão condições aos juízes e aos advogados de exercer a nossa justiça”, declarou o governador.

 O Módulo II abrigará todas as varas previstas na Lei de Organização Judiciária (LOJ). No total, são seis pavimentos, sendo três subsolos de garagem e outros três que abrigam as funções jurisdicionais. Os 6.041,32 metros quadrados de área construída estão integrados ao Módulo I, que possui 2.926,40 metros quadrados.

 “Hoje venho entregar pessoalmente a reforma do Fórum de Itabuna e o Centro Judiciário de Solução [Cejus]. A cidade já merecia instalações mais dignas para a casa da Justiça”, afirmou a presidente do TJBA.

Carnaval Ouro Negro terá 91 atrações em 2018

O projeto Carnaval Ouro Negro, da Secretaria de Cultura do Estado (Secult), teve 122 entidades inscritas para credenciamento no edital 2018. De acordo com a secretaria, 30 tiveram as inscrições inabilitadas porque não atendiam às especificações do edital. Conforme as regras do projeto, entidades não contempladas no resultado parcial tiveram a oportunidade de apresentar recursos para regularizar a situação, no período de 29 de dezembro de 2017 a 4 de janeiro de 2018.

 As instituições contempladas foram aquelas que apresentaram todos os documentos necessários para a habilitação, regularizados, conforme exigido por meio da Portaria nº 195, de 15 de dezembro de 2017, na qual constam os requisitos de participação.

 Neste ano, o Edital Ouro Negro credenciou 92 entidades, entre blocos afro e de índio, afoxés e blocos de samba e reggae de Salvador, com objetivo de apoiar os desfiles nos circuitos da folia. Do total, 91 irão participar da folia deste ano. O bloco Pagode Total desistiu de desfilar em 2018, mesmo assegurando o credenciamento, em razão da falta de outros patrocínios.

 Atualmente gerido pelo Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI) da Secretaria de Cultura, o projeto comemora dez anos em 2018. Ao longo deste período, ele vem apoiando e reconhecendo o legado e a importância da cultura negra para o Carnaval, como forma de manter a plasticidade, beleza e identidade desses blocos na avenida, assim como a maior participação da juventude, transmitindo o legado para as novas gerações.

Bahia ganha novo voo internacional para o Panamá


A Bahia ganha novo voo semanal para o Panamá, na América Central. O anúncio foi feito pela Secretaria do Turismo do Estado e a empresa Copa Airlines, nesta terça-feira (30), durante coletiva de imprensa realizada no Fera Palace Hotel, no centro antigo de Salvador. Com início previsto para o dia 24 de julho, o novo voo ligará salvador à capital panamenha com duas frequências semanais. Com a nova conexão, até o final do ano, o estado passa a contar com 29 frequências semanais internacionais.

Para o secretário José Alves, a ação integra a política do Governo do Estado para incremento do turismo doméstico e internacional. “Nosso objetivo é proporcionar não apenas a chegada de turistas, mas também facilitar que baianos possam viajar. É o resultado de ações e investimentos que estamos realizando em conjunto com as companhias aéreas para a prospecção desses voos e para a divulgação da Bahia como destino. A cada voo novo que atraímos, estamos promovendo o nosso estado no exterior e atraindo cada vez mais turistas”.

 Novo voo

 A localização geográfica do Panamá e as condições de seu clima favorável permitem que o aeroporto seja operacional 24 horas por dia, o ano inteiro, o que beneficia a operação da Copa Airlines. De acordo com o diretor da empresa no Brasil, Emerson Sanglard, a Bahia foi escolhida pelo seu grande potencial turístico. “A partir do Panamá, turistas das Américas do Norte e Central e do Caribe poderão chegar aqui, num voo de cinco horas para curtir as maravilhas desse lugar. É uma via de mão dupla que vai ser muito positiva e ajudar a atrair muitos negócios para essa região”.

 O voo CM475, com duas frequências semanais, sairá de Salvador às quartas-feiras e sábados às 1h45, e chegará ao Panamá às 6h39min (horários locais). O voo de volta, CM474 sairá do Panamá às terças-feiras e sextas às 15h24min e chegará às 00h30 a Salvador (horários locais). Os voos serão operados por um Boeing 737-800 com capacidade para 16 passageiros em classe executiva e 138 passageiros na cabine principal.

 Malha aérea internacional

 A Bahia possui malha aérea internacional com 25 frequências semanais, nos Aeroportos de Salvador e Porto Seguro. São voos da TAP, Aerolíneas Argentinas, Gol, Avianca e Air Europa que aproximam a Bahia de Lisboa, Buenos Aires, Madri, Córdoba e Bogotá. Para o primeiro semestre de 2018, estão previstos novos voos regulares da Gol (Rosário, Argentina-Salvador) e da Latam, na rota Miami-Salvador.

Mais de 7 milhões de preservativos serão distribuídos no carnaval do Rio

Mais de 7 milhões de preservativos serão distribuídos no carnaval do Rio de Janeiro este ano. Parte será entregue pela Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual e a Secretaria Municipal de Saúde, que disponibilizaram 3 milhões de preservativos masculinos, 200 mil preservativos femininos e 400 mil unidades de gel lubrificante, e os demais pela Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro, que distribuirá cerca de 4 milhões de preservativos masculinos.

 Segundo o coordenador Especial da Diversidade Sexual do Rio, Nélio Georginim, a campanha da prefeitura para o carnaval 2018, batizada de Rio+Respeito, incentiva o respeito de forma geral, seja no sexo, na paquera ou na convivência com as diferenças, além de conscientizar a população sobre os cuidados que devem ser tomados durante a folia, estimulando o uso de preservativos para evitar a aids e outras infecções sexualmente transmissíveis.

 A distribuição dos preservativos será feita em estandes da campanha instalados em locais estratégicos da cidade, como o Terreirão do Samba e o Sambódromo, na região central; em bares e restaurantes da Lapa, bairro boêmio do Rio, também no centro; e na zona sul, onde desfila grande quantidade de blocos de rua. As 233 unidades de saúde da capital fluminense também estarão abastecidas com preservativos e gel lubrificante para distribuição gratuita.

 A campanha tem também um aplicativo gratuito, que informa a população sobre locais de desfiles de blocos, programação da Marquês de Sapucaí, onde encontrar camisinhas nas unidades de saúde e o que fazer no caso de sexo sem proteção.

 Proteção

 O médico Helio Magarinos Torres Filho, membro da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica, destaca que o uso de preservativos é fundamental para o sexo seguro e que o cuidado não pode ser negligenciado durante o carnaval. Além da proteção, o especialista recomenda que as pessoas façam testes rápidos de doenças sexualmente transmissíveis.

 “A grande vantagem é que com apenas um teste conseguimos identificar uma gama enorme de doenças. Assim, o tempo necessário para a identificação dos microrganismos diminui e isso contribui para o tratamento mais rápido dos pacientes infectados e interrupção da progressão da doença”, afirmou.

 Pesquisa divulgada pelo Ministério da Saúde em dezembro do ano passado mostra que houve aumento de 4% no número de casos de HIV em 2016 no país. Foram 37.884 casos, ante 36.360 em 2015. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que quase 360 milhões de novas infecções sexualmente transmissíveis surgem a cada ano no mundo, de quatro tipos principais: clamídia, gonorreia, sífilis e tricomoníase.
Fonte: Agência Brasil

Financiamento do BNDES para micro e pequenas empresas bate recorde em 2017

Os desembolsos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para micro, pequenas e médias empresas (MPME) em 2017 teve um acréscimo de 9% e fechou o ano em R$ 29,7 bilhões. O valor representa 42% de todos os empréstimos do banco - R$ 70,8 bilhões -, e é recorde da participação das empresas desse porte nos financiamentos desembolsados pelo banco.

 “Parte do desempenho expressivo das MPME no BNDES deve-se ao financiamento a capital de giro, que o banco intensificou no ano passado para ajudar as empresas, sobretudo de menor porte, a atravessar o momento de crise”, destacou o banco em nota divulgada hoje (30).

 Segundo o BNDES, foram liberados R$ 7,1 bilhões para capital de giro, 164% superior ao desembolsado em 2016. Os dados incluem os programas BNDES Giro e seu antecessor BNDES Progeren.
Fonte: Agência Brasil

Campus Party debate a educação do futuro e oferece aulas gratuitas de robótica

Barracas de acampamento da 11 Campus Party Brasil

A 11ª edição da Campus Party – evento de tecnologia, inovação e empreendedorismo do país que começa hoje (30) na capital paulista – tem como um dos temas de destaque a evolução da educação. No espaço Educação do Futuro, alunos e educadores podem participar, gratuitamente, de oficinas de robótica e linguagem de programação, promovidas pelo Centro Paula Souza e MIT Media Lab (do Instituto de Tecnologia de Massachusetts).

 O setor Educação e Futuro é dedicado a crianças de 4 a 17 anos. “A gente está investindo muito, através da parceria com MIT. A ideia é que possa dar atividades para o jovem que ainda não tem idade para estar na arena. Ele verá robótica e fazedores, que vão formar e aperfeiçoar os educadores”, disse Tonico Novaes, diretor geral da Campus Party.

 Francesco Farruggia, presidente do Instituto Campus Party, disse que realizou uma pesquisa com 7 mil estudantes de escolas públicas da periferia de São Paulo convidadas a conhecer a Campus Party. O levantamento revelou que 83% dos entrevistados gostaram do passeio, mas disseram que este não era "um mundo para eles”. “A primeira coisa que precisamos convencê-los é de que eles podem”, disse Farruggia.

 Além da educação, a Campus Party também tem um espaço para impulsionar jovens empresas. Para este ano, foram selecionadas 120 startups, em fases desde embrionária até a mais avançada.

 Para a edição paulista deste ano, são esperados mais de 100 mil visitantes e 12 mil campuseiros. Este ano o evento também será feito em abril em Natal, maio na Bahia, junho em Brasília e setembro em Belo Horizonte.

 O evento terá 24 horas de atividades no Pavilhão de Exposições do Anhembi, até o próximo domingo (4). O espaço tem 77,7 mil metros quadrados, dividido em três pavilhões, e conta com nove palcos. Até sábado (3), a área gratuita da Campus Party estará aberta ao público das 10h às 20h.
Fonte: Agência Brasil

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

SSP emprega 1,5 mil profissionais em Itapuã e no Rio Vermelho


Mais de 1,5 mil profissionais da segurança pública serão empregados nas tradicionais lavagens de Itapuã e do Rio Vermelho, com o objetivo de garantir tranquilidade para quem for prestigiar os festejos. Além dos efetivos, a Secretara da Segurança Pública (SSP) vai montar postos para o trabalho dos policiais militares e bombeiros e haverá também reforço de pessoal nas Delegacias Territoriais de Itapuã (12ª) e do Rio Vermelho (7ª).

 Na Lavagem de Itapuã, que acontece no dia 1º de fevereiro, a Polícia Militar disponibilizará 545 homens, 19 Postos Elevados de Observação e cinco de comando, além do reforço nas principais vias de acesso. O efetivo atuará com o apoio de tropas especializadas (Operação Gêmeos e Apolo, Esquadrões Águia e de Polícia Montada, Batalhão de Choque e Rondesp Atlântico).

 A 12ª DT terá a equipe reforçada e uma Delegacia Especial de Área será montada nas proximidades da Sereia de Itapuã. No total, serão 22 profissionais, entre delegados, escrivães e investigadores. Também haverá equipes de policiais infiltrados misturados à multidão, para coibir ações criminosas. 

Com quatro postos, o Corpo de Bombeiros vai disponibilizar 118 profissionais na área da lavagem, sendo 48 guarda-vidas. Serão utilizadas embarcações para maior segurança dos banhistas e o Núcleo de Mergulho estará de prontidão. A corporação vai prestar socorro em casos de quedas, torções, desmaios, mal estar e vítimas de agressões físicas.

 Festa de Iemanjá 

 Já no Rio Vermelho, no dia 2 de fevereiro, a Polícia Civil terá o efetivo ampliado da 7ª DT e uma Delegacia Especial de Área, instalada no Largo de Santana, totalizando 42 policiais de plantão, entre delegados, escrivães e investigadores. Assim como em Itapuã, a PC terá policiais infiltrados na área da festa.

 O Corpo de Bombeiros vai atuar com 133 profissionais distribuídos em postos elevados de observação nos locais de maior concentração de pessoas. Serão dois postos de comando, no Largo da Mariquita e na rua da Paciência, e sete postos distribuídos nas areias do Rio Vermelho, inclusive na praia do Buracão. A corporação vai utilizar ainda embarcações para acompanhamento das entregas das oferendas em alto-mar.

 O esquema de segurança para a festa será montado na véspera da lavagem, no dia 1º, com a organização da fila dos presentes para a rainha do mar. A PM terá 640 homens que atuarão em patrulhas, nove postos elevados de observação, três bases móveis distribuídas em pontos estratégicos e três postos de comando.

Prorrogadas inscrições de seleção com 45 vagas para coordenador cultural

Estão prorrogadas, até as 23h59 da próxima quarta-feira (31), as inscrições do processo seletivo simplificado destinado à contratação de 45 coordenadores culturais. As vagas serão distribuídas na Bahia para atuação no projeto Escolas Culturais, voltado para a ocupação artística e cultural de escolas públicas em todos os territórios do estado.

 O processo seletivo é de responsabilidade do Instituto Ação Social Pela Música (IASPM), organização social que participa da gestão do projeto. As inscrições devem ser feitas exclusivamente via internet. Sob o título 'Coordenador Cultural', o currículo com indicação de cidade para a qual deseja concorrer e a carta de apresentação e motivação (até 2 páginas) devem ser enviados para o e-mail selecao@iaspm.org.br.

 A carta deve conter uma descrição sucinta da experiência na gestão ou participação em projetos culturais e/ou educacionais e informação sobre pretensão salarial, além de resposta à seguinte questão: Quais as principais dificuldades encontradas pelos grupos culturais e de arte no seu município e como enfrentá-las? Devem também ser encaminhados até três documentos comprobatórios de experiências anteriores.

 Informações completas sobre a seleção, requisitos e especificações, além da descrição sumária das funções e a relação dos 45 municípios para os quais se destinam as vagas, estão disponíveis no site do Neojiba. Clique aqui e confira o edital.

 O projeto, que faz parte do Programa Educar para Transformar, é uma iniciativa conjunta das secretarias estaduais da Educação, de Cultura (Secult), de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e da Casa Civil, viabilizada pelo Fundo de Combate à Pobreza. O objetivo é fortalecer e dinamizar as escolas, por meio da cultura, em benefício e com a participação da comunidade.

Pescadores são capacitados para atender turistas na Festa de Iemanjá


Pescadores da colônia Z-06 de Itapuã participaram, nesta segunda-feira (29), do Curso de Atendimento ao Turista, promovido pela Bahia Pesca, órgão vinculado à Secretaria de Agricultura do Estado (Seagri), em parceria com a Secretaria de Turismo (Setur). O objetivo é preparar os profissionais para atender turistas durante as homenagens à Iemanjá, no dia 2 de fevereiro. A capacitação foi realizada nesta manhã, no auditório do Colégio Estadual Lomanto Júnior, em Itapuã. 

Já os associados da colônia do Rio Vermelho terão aula nesta terça-feira (30), das 8h às 12h, no salão paroquial da Igreja de Sant’Ana. Ao todo, 40 pescadores serão capacitados para a festa. Dentre os temas do curso estão transformação e desenvolvimento pessoal; controle das emoções; empatia, respeito e postura no atendimento; desenvolvimento da comunicação; reflexão sobre o cliente turista; tipos de clientes; dentre outros.

 O primeiro curso teve início na última sexta-feira (26), e falou sobre Saúde e Segurança do Trabalho para pescadores da colônia do Rio Vermelho.

Vendas nos supermercados cresceram 1,25% no ano passado

Vitória (ES) - Supermercados lotados com filas nos caixas e na entrada funcionam com horário reduzido (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

As vendas nos supermercados cresceram 1,25% em 2017 em comparação ao registrado ao longo do ano anterior, segundo balanço divulgado hoje (29) pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Em dezembro, a movimentação do setor registrou alta de 2,55% em relação ao mesmo mês de 2016.

 O resultado do faturamento ficou abaixo da projeção da entidade, que estimava uma elevação de 1,5% no faturamento para o ano passado. No entanto, o setor enfrentou, segundo o presidente da Abras, João Sanzovo Neto, queda nos preços de diversos produtos além do esperado. “Fomos pegos de surpresa com o tamanho da deflação”, enfatizou, ao apresentar os dados.

 No acumulado de janeiro a dezembro de 2017, a cesta básica de produtos teve queda de -7,05%, passando de R$ 483,10 para R$ 449,02. A retração nos preços foi puxada, de acordo com a Abras, pelas commodities agrícolas.

 Para este ano, a entidade prevê crescimento de 3% para o setor. Na avaliação de Sanzovo, os indicadores dos últimos meses de 2017 já apontam nessa direção. “Tem aumento da confiança do consumidor, dos empresários, a volta dos investimentos e consequentemente a queda do desemprego”, ressaltou.

 Com a melhora do cenário, o presidente da Abras acredita que os consumidores retornaram a hábitos que tiveram que ser deixados de lado no período mais agudo da crise econômica. “Voltar a consumir nas quantidades que consumia, voltar a comprar aquela marca que comprava.”, exemplificou. 

Sanzovo disse ainda que acredita que os problemas políticos estão interferindo cada vez menos na economia. “Eu acredito que o último semestre do ano passado demostrou que a economia descolou da crise política. Acho que vamos passar as eleições sem grandes turbulências econômicas. AS insittuições estão funcionando. Em 2018 nós vamos estar crescendo em um ritmo bom”, destacou.
Fonte: Agência Brasil

Cresce taxa de juro anual no crédito rotativo para quem paga o mínimo

A taxa de juros do rotativo do cartão de crédito para quem paga o valor mínimo da fatura em dia aumentou em dezembro. A taxa chegou a 233,8% ao ano, no mês passado, com aumento de 15,5 pontos percentuais em relação a novembro, de acordo com dados divulgados hoje (22), em Brasília, pelo Banco Central (BC).

 O crédito rotativo total fechou dezembro com uma taxa de 334,6% ao ano, uma queda de 163,1 pontos percentuais em relação a dezembro de 2016, quando a taxa anual era de 497,7%.

 O rotativo é o crédito tomado pelo consumidor quando paga menos que o valor integral da fatura do cartão. Desde abril, os consumidores que não conseguem pagar integralmente a fatura do cartão de crédito só podem ficar no crédito rotativo por 30 dias. A nova regra, fixada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) em janeiro de 2017, obrigou as instituições financeiras a transferir a dívida para o crédito parcelado, que tem taxas menores.

 A taxa do crédito parcelado subiu 0,7 ponto percentual para 169,2% ao ano, em dezembro. No ano, esse aumento foi de 15,4 pontos percentuais. Em dezembro de 2016, a taxa era de 153,8% ao ano. Já a taxa de juros não regular do rotativo chegou a 401,4% ao ano em dezembro, uma queda de 12,1 pontos percentuais em relação a novembro e, no ano, uma redução de 118,3 pontos percentuais. Em dezembro de 2016, era 519,7% ao ano.

 O crédito rotativo total, incluindo o regular e o não regular, fechou dezembro com uma taxa de 334,6% ao ano, uma queda de 163,1 pontos percentuais em relação a dezembro de 2016, quando a taxa anual era de 497,7%. No mês, também houve queda de 1 ponto percentual, em relação a novembro, com uma taxa anual de 335,6%.

 Taxa mensal

 Em relação a taxa mensal, houve uma variação de 0,5 ponto percentual, passando para 10,6% ao mês. Na análise do chefe do Departamento de Estatísticas do BC, Fernando Rocha, a entrada de duas ou três financeiras que o oferecem o serviço a preços mais altos. “O que se observou é que teve novos participantes entrando no cartão de crédito rotativo, algumas financeiras que trabalham com taxas de juros mais elevadas que bancos. Os bancos permaneceram estáveis”, diz.

 A taxa de juros do cheque especial teve uma queda de 0,7 pontos percentuais em dezembro em relação a novembro, fechando o ano em 323% ao ano. Em relação a dezembro de 2016, quando a taxa era 328,6% ao ano, a queda foi de 5,6 pontos percentuais.

 Inadimplência

 A inadimplência do crédito, considerados atrasos acima de 90 dias, para pessoas físicas, ficou em 5,2%, com redução de 0,2 ponto percentual em relação a novembro. Em dezembro de 2016, essa taxa chegou a 6%. No caso das pessoas jurídicas, a inadimplência caiu 0,6 ponto percentual, em relação a novembro, para 4,5% no mês passado. Os dados são do crédito livre em que os bancos têm autonomia para aplicar dinheiro captado no mercado.
Fonte: Agência Brasil

Confiança da Indústria fica estável em janeiro

produção industrial

O Índice de Confiança da Indústria medido pela Fundação Getulio Vargas encerrou janeiro em 99,4 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos, mesmo resultado aferido em dezembro. No trimestre, o índice avançou 1,2 ponto, atingindo 98,8 pontos.

 Também registrou estabilidade o Nível de Utilização da Capacidade Instalada (74,7%), que se manteve o maior desde dezembro de 2015. No trimestre, o índice avançou 0,1 ponto percentual, passando para 74,7%.

 O desempenho do Índice da Situação Atual o maior desde setembro de 2013 – subiu 2,4 pontos, atingindo 100,9 pontos. Contribuiu para esse resultado, a melhora na percepção sobre os estoques em janeiro. A parcela de empresas que avaliam o nível de estoques como insuficiente caiu de 5,6% para 5,4%, mas a parcela das que o consideram excessivo caiu em maior proporção, de 9,1% para 8%.

 O Índice de Expectativas caiu 2,4 pontos, totalizando 98 pontos, mesmo nível de novembro passado. A principal contribuição para a queda do índice foi a expectativa sobre a evolução de pessoal ocupado nos três meses seguintes. Houve queda da proporção de empresas prevendo aumento no volume de pessoal, de 19% para 17,8%, e diminuição da proporção das que esperam redução, de 12,5% para 12,3%.
Fonte: Agência Brasil

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Grupamento Aéreo da PM capacita 52 operadores de drones


Pode até parecer, mas alçar uma Aeronave Remotamente Pilotada (RPA), mais conhecida como drone, não é brincadeira. Elas são aeronaves e devem ser encaradas como tal. Até porque, na ocorrência de algum acidente, assim serão tratados pela Justiça, conforme legislação destinada às RPAs existente no Brasil. Com o objetivo de capacitar profissionais na operação segura e legal desses equipamentos, o Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer) realizou a formatura de 52 operadores de diversas instituições, nesta sexta-feira (26), na sede da unidade.

 De acordo com o tenente-coronel Renato Lima, comandante da unidade, a capacitação promove um alinhamento dos conhecimentos a respeito da operação dos drones. “É um momento importante para o Graer, de difundir experiências e treinar profissionais de instituições parceiras e amigas”, disse Lima. A cerimônia ainda teve a presença do subsecretário da Segurança Pública, Ary Oliveira, e do comandante-geral da PM, coronel Anselmo Brandão.

 Além da PM e da Polícia Civil da Bahia, representantes da Força Aérea Brasileira, da Casa Militar do Governador, da Secretaria de Administração Prisional e Ressocialização (Seap), do Corpo de Bombeiros de Goiás e da PM do Mato Grosso do Sul participaram do curso. Com 73 horas-aula, a capacitação foi composta por uma parte presencial e outra no modo Ensino a Distância (EaD).

Hospital Geral de Vitória da Conquista recebe nova emergência

Emergência

O sudoeste baiano recebeu mais um reforço na saúde, com a entrega da nova emergência do Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), que também atende moradores de cidades vizinhas. A inauguração foi realizada nesta sexta-feira (26), pelo governador Rui Costa. Com investimento de R$ 11 milhões, entre obras e equipamentos, o novo espaço conta com 39 leitos, além de uma sala para atendimento de pacientes com infarto agudo do miocárdio, capacitando a unidade de saúde para atender casos de urgência e emergência de alta complexidade.

 “Esta nova emergência se junta à UPA [Unidade de Pronto Atendimento] que já entregamos em outra oportunidade aqui em Vitória da Conquista, localizada ao lado do hospital. Com essas entregas, estamos requalificando todo o atendimento de emergência e urgência na cidade, com um padrão de alto nível”, destacou o governador.

 Com área total de 1.248 metros quadrado, a unidade conta ainda com salas coletivas de observação pediátrica, masculina e feminina; quarto de isolamento adulto, três salas de sutura e curativos, uma sala de gesso e redução de fraturas, uma sala para a aplicação de medicamentos, quatro consultórios, além de um novo posto policial. O HGVC também recebeu uma nova ambulância para o transporte de pacientes, cujo investimento foi de R$ 66 mil.

 Ainda sobre as ações na área da saúde no município, Rui revelou que a antiga emergência do hospital geral será reformada. “A ala onde funcionava a emergência será requalificada e passará a contar com mais 20 leitos de UTI. A entrega deste espaço deverá ocorrer ainda no primeiro semestre deste ano”, afirmou.

 Abastecimento de água

 Ainda em Vitória da Conquista, o governador entregou o Sistema Adutor de Água do Rio Gaviãozinho, que contou com um investimento de mais de R$ 4,4 milhões e vai beneficiar 364 mil moradores nas regiões de Vitória da Conquista, Belo Campo e Tremedal. Também foram entregues 1335 cisternas para captação de água para consumo, com capacidade para 16 mil litros, duas estações elevatórias de esgoto e 540 ligações domiciliares nos bairros Vila América e Morada Real, que beneficiam cerca de dois mil moradores.

 As obras foram realizadas pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), vinculada à Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (Sihs).

 Assinaturas

 Rui aproveitou a visita pra vistoriar o andamento das obras do novo aeroporto de Vitória da Conquista, para o qual assinou ordem de serviço para início das obras de terraplanagem, pavimentação e drenagem do acesso em pista dupla, a partir do entroncamento da BR-116.

 Outra ordem de serviço foi assinada pelo governador para a restauração e manutenção, por um período de cinco anos, da BA-263, trecho Conquista/Itambé, e da BA-262, trecho Conquista/Brumado.

 Outras entregas 

 Durante a solenidade, Rui Costa também inaugurou o escritório regional do Programa Primeiro Emprego, que contemplará os Territórios de Identidade do Sudoeste e Médio Sudoeste da Bahia, e autorizou um convênio do Programa Bahia Produtiva - edital Fruticultura Café, com a Associação de Agricultores Familiares da Comunidade de Remanescentes de Quilombo da Lagoa de Melquiedes e Amancio, no valor de mais de R$ 430 mil.

Bombeiros realizam simulação de salvamento na Expo Segurança


No segundo dia da Expo Segurança 2018, que acontece nos 2º e 3º pisos do Shopping da Bahia, em Salvador, o Corpo de Bombeiros Militar promoveu uma simulação de salvamento, além de exibir procedimentos e equipamentos utilizados em situações de crise, como acidentes domésticos e automobilísticos.

 Técnicas de ressuscitação, uso de balão de ar, primeiros socorros e atendimento às vítimas, regras de como evitar ocorrências com crianças, protocolo de atendimento em engasgamento e parada cardiorrespiratória em bebês foram apresentados ao público, “sempre curioso e preocupado em tirar dúvidas”, segundo declarou o major BM Ramón Diego Diniz, comandante do 3º Grupamento de Bombeiros Militar (Iguatemi).

 Para o casal Rafael e Ane Bandeira, pais do pequeno Miguel, de apenas quatro meses, Ramón Diego explicou como deve ser realizado o banho para evitar acidentes e afogamento. “É sempre bom aprender e se atualizar, para também passar esses conhecimentos para os amigos e familiares”, revelou Ane.

Construção civil fecha 2017 em queda, mas empresários iniciam ano com otimismo

O indicador do nível de atividade na indústria da construção civil fechou 2017 com 44,9 pontos, o que significou uma queda de 1,9 ponto de novembro para dezembro, e abaixo da linha divisória de 50 pontos, segundo a publicação Sondagem Indústria da Construção de dezembro, divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

 Em dezembro de 2016, o indicador fechou em 37,9 pontos. O indicador varia de 0 a 100 pontos. Acima de 50 pontos, a sinalização é de crescimento; abaixo de 50 pontos, a sinalização é de retração. 

Condições financeiras

 De acordo com a publicação, o indicador que mede as condições financeiras apresentou terceira alta consecutiva, porém continua abaixo da linha divisória dos 50 pontos. As altas apontam para "uma redução da insatisfação dos empresários quanto à margem de lucro e à situação financeira".

 "O índice de satisfação com a margem de lucro operacional aumentou de 34,4 para 37,0 pontos entre o terceiro e o quarto trimestre. Na mesma base de comparação, o índice de satisfação com a situação financeira passou de 39,1 pontos para 39,9 pontos", diz o documento.

 Sobre o acesso ao crédito, o indicador atingiu 30,7 pontos no quarto trimestre, 0,9 ponto acima do valor registrado no trimestre anterior. "A alta indica menor dificuldade das empresas em acessar crédito. O indicador varia de 0 a 100, valores abaixo de 50 indicam dificuldade no acesso ao crédito".

Otimismo

 Mesmo com as quedas em 2017, os empresários do setor estão otimistas para este ano. O indicador de confiança dos empresários aponta para esse otimismo - passando de 56,7 pontos em dezembro de 2017 para 57,2 pontos em janeiro de 2018 - atingido maior valor desde fevereiro de 2013.

 O indicador de Expectativas subiu de 60,5 pontos para 61,4 pontos de dezembro para janeiro. Já o indicador de Condições Atuais manteve-se estável em 49,1 pontos, abaixo da linha divisória de 50 pontos, "o que mostra piora das condições atuais". "Os empresários do setor estão otimistas com relação ao futuro, mas ainda não percebem melhora nas condições correntes de seus negócios", avalia a CNI.
Fonte: Agência Brasil

Décima quinta Rodada de Licitações da ANP incluirá 70 blocos

EBC

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) publicou hoje (26) os editais e modelos de contrato de concessão da 15ª Rodada de Licitações, que está marcada para o dia 29 de março. De acordo com os editais, serão ofertados 70 blocos, sendo 49 marítimos e 21 terrestres.

 A rodada será dividida em duas etapas, uma com os blocos marítimos e outra com os blocos terrestres. A etapa marítima envolverá blocos de elevado potencial nas bacias de Campos (nove) e Santos (oito), além de blocos de nova fronteira: Ceará (12), Potiguar (13) e Sergipe-Alagoas (sete). Já a etapa terrestre envolverá áreas de nova fronteira nas bacias do Paraná (13) e do Paranaíba (oito). 

Segundo a ANP, as principais alterações em relação à 14ª Rodada são as mudanças na cláusula arbitral e a inclusão da reabertura, ao final da rodada, da oferta de blocos não arrematados, assim como alterações visando à desburocratização, como a exclusão da exigência de notarização.

 Os editais trazem o detalhamento dos blocos em oferta, as regras e procedimentos para participação e o cronograma preliminar da rodada. Eles estão disponíveis na página oficial das rodadas da ANP.
Fonte: Agência Brasil

Contas externas fecham 2017 com saldo negativo de US$ 9,8 bilhões

As contas externas fecharam 2017 com saldo negativo. O déficit em transações correntes, que são as compras e as vendas de mercadorias e serviços e transferências de renda do país com o mundo, ficou negativo em US$ 9,8 bilhões, informou hoje (26) o Banco Central (BC). O valor equivale a 0,48% do Produto Interno Bruto (PIB).

 O déficit ficou acima da última estimativa do BC para o ano. Em dezembro, a projeção para o déficit em transações correntes neste ano foi reduzida de US$ 16 bilhões para US$ 9,2 bilhões. O valor de 2017 ficou abaixo do ano passado. Em 2016, o déficit foi de US$ 23,5 bilhões. Foi o menor desde 2007, quando o país registrou resultado positivo de US$ 408 milhões. Em 2008, o país começou a apresentar déficit, com US$ 30,6 bilhões negativos.

 No ano, a balança comercial ajudou a reduzir o déficit, ao apresentar superávit de US$ 64 bilhões. Por outro lado, a conta de serviços (viagens internacionais, transportes, aluguel de equipamentos, seguros, entre outros) apresentou resultado negativo de US$ 33,8 bilhões.

 A conta de renda primária (lucros e dividendos, pagamentos de juros e salários) teve déficit de US$ 42,6 bilhões. A conta de renda secundária (renda gerada em uma economia e distribuída para outra, como doações e remessas de dólares, sem contrapartida de serviços ou bens) ficou positiva em US$ 2,6 bilhões.

 Quando o país registra saldo negativo em transações correntes, precisa cobrir esse déficit com investimentos ou empréstimos no exterior. A melhor forma de financiamento do saldo negativo é o investimento direto no país (IDP), porque recursos são aplicados no setor produtivo do país. Em 2017, esses investimentos chegaram a US$ 70,3 bilhões, valor inferior aos US$ 78,2 bilhões de 2016.
Fonte: Agência Brasil

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Jacaré

Varias entidades se mobilizaram em defesa do jacaré da Lagoa da Lagoa Grande, que foi hostilizado por uns e vitima de brincadeira de outros moradores das proximidades da lagoa na zona leste da cidade. O animal quase foi sacrificado e a repercussão em torno do fato foi enorme e muitas autoridades falaram e falaram, aproveitando a proximidade do momento político, só que nada de prático foi feito até agora para impedir que o fato se repita e o jacaré saia novamente das águas da lagoa para tomar banho de sol nas areias dos arredores. Pelo menos uma mureta deveria ser construída para separar os animais da Lagoa Grande de outros.

Radio Sociedade

Parabenizamos a Radio Sociedade de Feira de Santana que já está operando desde segunda-feira na faixa FM, embora em fase experimental, com som de alta qualidade. A Sociedade que em setembro completará 70 de fundada, mostra que continua a Pioneira. Foi assim em 1948 e agora volta a comprovar essa liderança sob a liderança dos Frades Capuchinhos. Em Freqüência Modulada a Sociedade News deve ser sintonizada em 102.1. Quem deve estar satisfeito é o jornalista Joilton Freitas que chegou bem na frente com seu Rotativo News.

Rui Costa

Depois de participar do Seminário de Mobilidade Urbana em São Paulo, na segunda-feira o governador Rui Costa deslocou-se no dia imediato para a cidade de São Gonçalo dos Campos onde participou da inauguração das novas instalações do Fórum João Mendes, ao lado da presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago. O novo fórum consta de uma área de 500 metros quadrados com salão de júri, na parte térrea e mais dois pavimentos. Rui Costa continua em constante movimentação pelo estado, contemplando municípios com obras importantes e necessárias.

Colbert

Colbert O vice-prefeito Colbert Martins da Silva assumiu, emocionado, o cargo de prefeito de Feira de Santana no sábado (dia 20) lembrado o tempo do saudoso Colbert Martins da Silva - seu pai -, e quase vai às lagrimas, mas há quem diga que parte da emoção foi o “presente de grego” do titular agora nos Estados Unidos: o aumento da tarifa dos transportes urbanos. Não acreditamos porque ele nada tem a ver com isso, mas que é um assunto indigesto para o prefeito não resta duvida. Colbert Filho disse que seguirá rigorosamente o que está sendo feito pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho, inclusive não pretende mudar nome de ruas, como foi feito por outro vice que “mandou ver” tendo a caneta na mão!
 Em Tempo: Alguns amigos de Colbert esperam que pelos menos ele mude alguns secretários que estão eternizados e quase mumificados na pirâmide municipal. Isso, infelizmente, ele não pode fazer, está bem claro. Para tristeza de Liomar Ferreira, Fanael Ribeiro e Claudio Brandão, além de outros menos notáveis!

 Em tempo II: Colbert participou da inauguração das novas instalações do Fórum João Mendes em São Gonçalo com a presença do governador Rui Costa , na oportunidade durante os discursos o prefeito Carlos Germano (São Gonçalo) e o Presidente da Assembléia Legislativa Angelo Coronel fizeram convite para Colbert se incorporar à Caravana da Correria e para fecha o assedio ele foi cercado pelo deputado Angelo Almeida e o diretor do Cis José da Paz ambos da Correria .

Verbas de anos anteriores somarão R$ 155 bilhões em 2018

O governo terá à disposição R$ 155 bilhões de verbas de anos anteriores para serem executadas em 2018. Divulgado hoje (25) pelo Tesouro Nacional, o montante de restos a pagar corresponde a 7% do Orçamento Geral da União deste ano.

 A quantia representa um aumento de R$ 6,8 bilhões (4,6%) em relação aos restos a pagar de 2017, que tinham somado R$ 148,2 bilhões. No entanto, de acordo com o Tesouro, a participação das verbas de anos anteriores no Orçamento do ano corrente representa o terceiro menor percentual desde 2008, superior apenas aos restos a pagar de 2008 (6,6%) e de 2017 (6,8%).

 Segundo o Tesouro, o aumento este ano decorre basicamente do crescimento de 11,7% de novas inscrições pelos ministérios. Restos a pagar são despesas empenhadas (autorizadas) até 31 de dezembro de um ano, mas pagas nos anos seguintes. Quando a despesa passou para a fase da liquidação (o serviço foi executado ou a compra foi feita, só faltando o pagamento), o resto a pagar é considerado processado.

 Do total de R$ 155 bilhões de restos a pagar deste ano, informou o Tesouro, R$ 128 bilhões não ainda foram processados e R$ 27 bilhões foram processados. Os anos em que o volume de restos a pagar atingiu níveis recordes foram de 2013 para 2014 (R$ 229 bilhões) e de 2014 para 2015 (R$ 228 bilhões). O montante caiu para R$ 186 bilhões de 2015 para 2016 e para R$ 148,2 bilhões de 2016 para 2017.
Fonte: Agência Brasil

Mais de 9 milhões de celulares foram bloqueados em dezembro no Brasil

celular

Em dezembro do ano passado, foram bloqueados mais de 9,2 milhões de aparelhos celulares, um aumento de 20,97% em relação ao mesmo período de 2016. Os número constam do Cadastro Nacional de Estações Móveis Impedidas (Cemi) e foram divulgados hoje (25) pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

 O cadastro mantém o registro de aparelhos perdidos, furtados ou roubados que estão bloqueados. No total, foram bloqueados, 9.259.697, um aumento de 1.604.875 em relação a dezembro de 2016.

 O número abrange os aparelhos impedidos por solicitação direta dos usuários às empresas de telefonia móvel e pelo registro de boletins de ocorrência na polícia nos estados e no Distrito Federal. 

De acordo com a Anatel, até dezembro do ano passado, as polícias estaduais e do Distrito Federal bloquearam 180.508 celulares no Cemi. Os estados com maior número de celulares bloqueados pela policia foram São Paulo, com 116.967 aparelhos; Rio de Janeiro, com 27.785 bloqueios; e Espírito Santo, com 10.179 celulares.

 Desde quando o sistema de bloqueio começou a funcionar, em março de 2016, 23 secretarias de Segurança estaduais e a do Distrito Federal assinaram o convênio com a Anatel para inscrição no Cemi. Ainda não firmaram o termo de adesão ao cadastro as secretarias do Acre, de Alagoas, do Amapá, do Maranhão e do Pará.
Fonte: Agência Brasil

Dívida pública fecha 2017 em R$ 3,559 trilhões, dentro da meta do governo

A Dívida Pública Federal – que inclui o endividamento interno e externo do Brasil – fechou 2017 em R$ 3,559 trilhões, informou hoje (20) em Brasília a Secretaria do Tesouro Nacional, do Ministério da Fazenda. O valor representou aumento de 14,33% em relação a 2016, quando a dívida era de R$ 3,113 trilhões.

 Dessa forma, é cumprido o Plano Anual de Financiamento (PAF) 2017, que estabelece que a dívida pública poderia fechar o ano passado entre R$ 3,45 trilhões e R$ 3,65 trilhões.

 O valor representou um aumento de 1,89% em relação a novembro, quando a dívida era de R$ 3,493 trilhões. Esse crescimento da dívida ocorreu por causa da apropriação positiva de juros, no valor de R$ 29,89 bilhões, e pela emissão líquida de R$ 36,22 bilhões.

 A Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi), que é a parte da dívida pública que pode ser paga em reais, teve o estoque ampliado em 1,88%, passando de R$ 3,372 trilhões para 3,435 trilhões. 

O estoque da Dívida Pública Federal Externa (DPFe), captada do mercado internacional, teve aumento de 1,96%, encerrando dezembro em R$ 123,79 bilhões, ou US$ 37,42 bilhões, sendo R$ 111,32 bilhões referentes à dívida mobiliária e R$ 12,46 bilhões, à dívida contratual.

 A variação do endividamento do Tesouro pode ocorrer por meio da oferta de títulos públicos em leilões pela internet (Tesouro Direto) ou pela emissão direta.

 Além disso, pode ocorrer assinatura de contratos de empréstimo para o Tesouro, tomado de uma instituição ou de um banco de fomento, destinado a financiar o desenvolvimento de uma determinada região. Já a redução do endividamento se dá, por exemplo, pelo resgate de títulos.

 Em dezembro, os maiores detentores da dívida pública eram os fundos de Previdência (25,46%). O estoque desse grupo passou de R$ 855,60 bilhões para R$ 874,56 bilhões entre novembro e dezembro.

 Em seguida, estão os fundos de investimentos, com uma fatia de 25,18%, as instituições financeiras, com 22,32%, os investidores estrangeiros (12,12%), as seguradoras (4,78%), o governo (4,54%) e outros (5,61%).

 Em mensagem divulgada no Relatório Anual da Dívida Pública Federal 2017, o Tesouro Nacional diz que a dívida atualmente caracteriza-se por uma "composição saudável, com reduzida exposição cambial e baixa concentração de vencimentos no curto prazo, além de contar com uma base diversificada de investidores para seu financiamento". Segundo a secretaria, a redução do custo médio de financiamento da dívida é explicada pela redução da inflação e a consequente redução da taxa de juros da economia brasileira.
Fonte: Agência Brasil

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Expo Segurança exibe equipamentos e tecnologia em shopping


Quem quiser conhecer os equipamentos e tecnologias empregadas pelas forças de segurança em grandes eventos, como o Carnaval de Salvador, pode conferir, a partir desta quinta-feira (25), a Expo Segurança, no Shopping da Bahia. O evento promovido pela Secretaria da Segurança Pública do Estado chega a sua 3a edição, com mostras até sábado (27), e apresentações nos estandes das Polícias Civil, Militar, Técnica e Corpo de Bombeiros, no 3º piso do shopping.

 Durante os três dias, o visitante vai poder participar de simulações de local de crime, e conferir os equipamentos utilizados para resgate em acidentes automobilístico, equipamentos tecnológicos usados pelas unidades especiais e as viaturas das forças de segurança.

 “Essa é uma ótima oportunidade para as pessoas conhecerem o trabalho dos nossos profissionais e todas as tecnologias empregadas em grandes eventos, além da nossa rotina de garantir mais segurança pública para a sociedade”, afirmou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

 Os curiosos do trabalho policial também poderão conferir uma simulação de local de crime, ao visitarem um espaço preparado pelo DPT para mostrar o trabalho de um perito criminal.

 Já distribuídos pelo terceiro piso do shopping, os representantes das polícias Civil e Técnica, Militar e do Corpo de Bombeiros receberão os visitantes para explicar qual o papel de cada instituição nos grandes eventos.

Policlínica em Irecê ultrapassa marca de 2 mil pacientes atendidos


Após pouco mais de um mês de funcionamento, a Policlínica do Consórcio Público Interfederativo de Saúde de Irecê, no centro norte da Bahia, já atendeu 2119 pacientes dos 22 municípios que integram o consórcio. Desde a inauguração, a unidade de saúde realizou 1066 consultas e 1053 exames. São ofertadas nove especialidades médicas, como cardiologia e neurologia, e exames de imagem, como tomografia, ressonância magnética e eletroencefalograma.

 Uma das pacientes que utilizaram o serviço da policlínica foi Maria José Paz Araújo, moradora de João Dourado. Ela conta que teve uma consulta com um dermatologista e está com o problema de saúde sendo resolvido. “Eu já estava precisando desse especialista há um bom tempo, mas não encontrava aqui na região pelo Sistema Único de Saúde [SUS]. Fui encaminhada pelo posto de saúde e tive um ótimo atendimento”, afirma, destacando que ainda utilizou o ônibus oferecido pela policlínica.

 Além dos atendimentos com médicos, os pacientes têm acesso a atendimento com outros profissionais. Já foram realizadas dez consultas de psicologia e nove com nutricionista. A policlínica oferece também trabalhos educativos e palestras com orientações de saúde.

 Inaugurada no dia 8 de dezembro de 2017, a unidade recebeu um investimento de R$ 25 milhões, entre obras civis e aquisição de equipamentos. A manutenção mensal é dividida entre Estado, que arca com 40%, e municípios consorciados, que rateiam os 60% restantes. A policlínica promove a regionalização da prestação de serviço de alta qualidade em saúde, à medida que garante a cobertura de diversos os exames gratuitos solicitados pelo SUS no interior.

 Atendimento

 O diretor da policlínica, Fernando Luiz Failla, explica que o acesso ao serviço é a partir da Estratégia de Saúde da Família de cada município. “A população vai procurar o médico da atenção básica. Se o profissional identificar a necessidade por um especialista ou exame, fará o encaminhamento. Desta forma, o paciente já vai com o seu horário agendado”, explica o diretor.

 Para a população que não reside em Irecê estão sendo disponibilizados micro-ônibus especiais que fazem o deslocamento dos pacientes dos municípios consorciados. Desde a inauguração, 127 viagens foram realizadas com os veículos do consórcio.

Batalhão de Choque completa 35 anos de proteção à população

Batalhão de Choque completa 35 anos de proteção a população baiana

O Batalhão de Choque (BPChq) da Polícia Militar completa, nesta quarta-feira (24), 35 anos de dedicação à população baiana. Do lançamento, na década de 80, até 2017, com a criação da Companhia de Patrulhamento Tático Móvel (Patamo), a unidade se reinventou, permanecendo como referência no país.

 Idealizador da unidade, o capitão Manoel Messias de Almeida poderia ter a palavra Choque no sobrenome. No início da década de 70, o militar visitou alguns estados e, no Rio Grande do Sul, conheceu o trabalho diferenciado da Brigada gaúcha. "Foi uma experiência marcante que precisava ser trazida para a Bahia", explicou.

 Atualmente com 84 anos e aposentado na mais alta e merecida patente, o coronel Messias lembrou do caminho percorrido até o dia 24 de janeiro de 1983, data de lançamento da unidade. "Mostrei a necessidade da criação do batalhão e quando o sinal verde foi dado colocamos a mão na massa. Nós militares viramos arquitetos, engenheiros, mestre de obras e pedreiros e, no Caji, imortalizamos a casa do Choque", contou com lágrimas caindo dos olhos.

 Momentos históricos

 O choqueanos mostraram, ao longo dos 35 anos, que estão prontos para as mais variadas missões. Entre os destaques está a atuação de resgate no maior acidente rodoviário no Brasil, ocorrido em março de 1988, quando um caminhão pau-de-arara, que transportava romeiros que saíram da cidade de Coração de Maria com destino a São Félix, capotou em um trecho do município de Cachoeira. 

“Assim que ficamos sabendo, deslocamos as viaturas da Rotamo e ajudamos da maneira que foi possível. Socorremos feridos e também ajudamos nas remoções das 67 vítimas fatais e a salvar muitas vidas”, contou o coronel Paulo Uzeda, na época, comandante da Ronda Tático Móvel (Rotamo) do BPChq.

 Outra situação ocorreu nos festejos dos 500 anos do Brasil, em Santa Cruz Cabrália. "Nos deparamos com uma grande manifestação que gerou inúmeros transtornos à população local. Essa foi uma missão que exigiu das equipes uma dose ainda maior de bom senso e firmeza na atuação", lembrou o comandante do Policiamento Especializado (CPE), coronel Humberto Sturaro, na época tenente. 

Patamo

 A criação e implantação da Patamo, no ano passado, marcou um novo momento para o BPChq. A tropa, treinada para ocupações de terreno por tempo indeterminado, já atuou nos bairros do Nordeste de Amaralina, Engenho Velho da Federação e Liberdade garantido a manutenção da ordem.

 "Com muita honra, estou à frente deste efetivo comprometido e dedicado. Não existe tempo ruim para esses homens e mulheres. Saímos de casa sempre com o propósito de ajudar a população baiana. Selva!", finalizou o comandante do BPChq, tenente-coronel Paulo Guerra.

País cumprirá meta de redução de gases de efeito estufa até 2025, diz secretário

O compromisso do Brasil de reduzir em 37% suas emissões de gases de efeito estufa até 2025 será atingido, disse hoje (24) o secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC), Álvaro Toubes Prata. Segundo o governo, entre 2005 e 2015, o país conseguiu reduzir em cerca de 50% as emissões nacionais de gases que agravam o aquecimento global.

 A meta foi firmada pelo país no âmbito do Acordo de Paris, em 2015, e também estabelece que a redução deve chegar a 43% em 2030, sempre em relação às emissões de 2005.

 “O Brasil se colocou metas e tem cumprido essas metas. Através de políticas bem definidas, ações bem delineadas, temos monitorado o impacto causado e temos visto que nós cumpriremos o acordo. Estabelecemos para 2025 uma meta de redução de mais de um terço da emissão nossa em relação aos níveis de 2005. Não há dúvidas que vamos cumprir essa meta”, disse o secretário durante o lançamento de uma pesquisa sobre as ações para atingir esse percentual.

 Uma das consequências do agravamento do efeito estufa é o aumento da temperatura média da superfície da Terra, causando mudanças climáticas como chuvas intensas, secas, ondas de frio e de calor e afetando populações e até a dinâmica da economia. Aprovado por 195 países, o Acordo de Paris é uma tentativa de resposta global à ameaça da mudança do clima. Entre as metas está “conter o aumento da temperatura média global em menos de 2°C [graus Celsius] acima dos níveis pré-industriais, além de envidar esforços para limitar esse aumento a 1,5°C até 2100”.

 Contribuições setoriais

 Entre os pontos do estudo lançado nesta quarta-feira, está a definição do papel que cada setor econômico pode desempenhar para que o país cumpra a meta de redução de emissões. Para 2025, o custo com a implementação de medidas para a redução da emissão de gases de efeito estufa é estimado em US$ 1,7 bilhão. O cenário de 2030 é mais preocupante, uma vez que para o cumprimentos das metas, o custo estimado é de US$ 11,1 bilhões.

 Entre as principais medidas a serem implementadas, segundo o documento, estão a expansão das ações de redução do desmatamento; recuperação de pastagens degradadas; expansão do plantio de florestas comerciais; eficientização na recuperação de calor e vapor e troca de combustíveis em plantas industriais. Também estão listadas a instalação de unidades de recuperação de vapor em plataformas de extração e produção de óleo e gás; a substituição de térmicas a carvão por biomassa e repotenciação de usinas hidrelétricas; o aproveitamento energético proveniente de resíduos sólidos urbanos e de estações de tratamento de efluentes para a produção de biometano e eletricidade; e mudança modal no setor de transportes.

 De acordo com o professor e pesquisador da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Roberto Schaeffer, o desafio é trabalhar a mitigação dos danos de maneira integrada entre todos os setores da economia. O pesquisador destaca que o modelo vigente trabalha com estudos isolados para cada setor econômico, sem levar em consideração o impacto em outras áreas e cita como exemplo o setor de transportes.

 “Uma boa redução da emissão de gases no setor de transporte é eletrificar o setor. Olhando isoladamente, alguém pode dizer que o potencial de mitigação é grande por meio da eletrificação. Mas se o setor elétrico sair de uma matriz de energia renovável e cair em uma matriz mais dependente de combustíveis fosseis a conta vai ser sair toda errada”, explica.
Fonte: Agência Brasil

Tesouro Direto registra recorde de investimento com R$ 19,438 bilhões

Real-Moeda Nacional

O Tesouro Direto fechou o ano de 2017 com recorde em investimentos, registrando 2,17 milhões de operações e aplicações de R$ 19,438 bilhões, de acordo com balanço divulgado hoje (24), em Brasília, pela Secretaria do Tesouro Nacional. Em média, ao longo do ano, 75,9% dos investimentos foram em valores até R$ 5 mil e 50,6% até R$ 1 mil.

 As participações dessas faixas de aplicação atingiram os maiores patamares desde o início da série histórica. De acordo com o Tesouro Nacional, esses dados refletem o maior acesso dos pequenos poupadores ao programa.

 O Tesouro Direto é um Programa do Tesouro Nacional - desenvolvido em parceria com a Bolsa de Mercadorias e Futuros e Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) - BM&F Bovespa - para venda de títulos públicos federais para pessoas físicas, por meio da internet. Ele foi criado em 2002 para democratizar o acesso aos títulos públicos, permitindo aplicações com apenas R$ 30.

 O número de investidores também bateu recorde em 2017, os cadastrados chegaram a 1,83 milhão e os investidores ativos somaram 565.758. O balanço mostra ainda que cresceu a participação feminina entre os investidores cadastrados.

 As mulheres representavam 24,11% do total de investidores em dezembro de 2016 e passaram a ser 27,51% em dezembro do ano passado, atingindo participação recorde.

 Títulos remunerados por índices de preços

 Entre os títulos que compõem o estoque, ou seja, o total daqueles que foram adquiridos e estão vigorando, os títulos remunerados por índices de preços respondem pelo maior volume no estoque: 60,1%.

 Em seguida, estão os títulos indexados à taxa Selic, com participação de 23,1% e os títulos prefixados, com 16,8%.

 Os títulos de prazo menor são maioria (40,9%) e têm vencimento entre 1 e 5 anos. Os títulos com prazo entre 5 e 10 anos correspondem a 37% e os com vencimento acima de 10 anos, a 18,1% do total.

 Cerca de 4% dos títulos vencem em até 1 ano. O programa atingiu, no ano passado, estoque recorde de R$ 48,5 bilhões.

 Aplicação líquida

 Tesouro Direto fechou o ano de 2017 com aplicação líquida de R$ 2,88 bilhões, o que significa que, no ano, as aplicações em títulos superaram os resgates.

 O Tesouro fecha com aplicações líquidas, apesar de, desde agosto, registrar resgates líquidos, quando os resgates superam as aplicações. O balanço divulgado hoje mostra que os resgates líquidos diminuíram para R$ 42,22 milhões em dezembro, ante R$ 125,02 milhões em novembro.
Fonte: Agência Brasil

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Rui Costa autoriza R$ 4,5 milhões para o FazAtleta em 2018

Rui Costa autoriza R$ 4,5 milhões para o FazAtleta em 2018

O Diário Oficial do Estado publica, nesta quarta-feira (24), a aprovação de recursos do Programa Estadual de Incentivo ao Esporte Amador do Estado da Bahia – FazAtleta. O decreto, assinado pelo governador Rui Costa nesta terça-feira (23), durante o seu programa Papo Correria, no Facebook, destina para o exercício de 2018 o montante de R$ 4,5 milhões, a título de incentivo fiscal, para serem aplicados no Programa.

 “Com esse decreto, pessoas que fazem esporte ou têm sua associação esportiva vão poder buscar um financiamento do Governo do Estado. Esses recursos são voltados para o patrocínio de atividades esportivas e atletas de alto rendimento”, afirmou o governador.

 O FazAtleta é destinado a atletas, equipes ranqueadas e eventos que fazem parte do calendário das federações e/ou confederações que se enquadram na categoria de Esporte Amador, Olímpico e Paraolímpico.

 O apoio aos atletas e paratletas inclui, entre outros, o pagamento de despesas em viagens, aluguel de equipamento esportivo, contratação de seguro de vida, aquisição de material esportivo, além de recebimento de bolsa-auxílio para o atleta que se dedique exclusivamente à prática do esporte e remuneração para o técnico que o acompanha.

 O programa, que promove o incentivo ao desenvolvimento do esporte amador na Bahia, opera sob a coordenação da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) em parceria com a Secretaria da Fazenda (Sefaz).

 Entre os anos de 2007 e 2017, o FazAtleta investiu R$ 39,8 milhões em 1.043 projetos de incentivo ao esporte amador, atendendo 707 atletas, 334 eventos e dois projetos de construção de equipamentos esportivos.

Competição entre cães integra forças de segurança


Corrida, faro de entorpecentes e guarda e proteção foram as modalidades disputadas durante o 1° Torneio de Cães de Polícia das Forças de Segurança. O evento foi realizado na manhã desta terça-feira (23), no Batalhão de Choque (BPChq) da Polícia Militar, em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

 Animais das polícias Militar e Civil, do Exército Brasileiro e da Guarda Municipal competiram em busca do menor tempo, ficando em primeiro lugar um representante do BPChq. Na corrida, o binômio homem-animal tinha de percorrer um circuito de 1,4 mil metros.

 Na segunda parte, o faro de entorpecentes foi dividido em dois momentos: busca em veículo e dentro de um cômodo. Nesta etapa, venceu também um cão militar do Choque. Na prova de guarda e proteção, quem se deu bem foi a equipe da 32ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Pojuca).

 “O que menos importou neste evento foi o resultado. O principal objetivo é o de unir todas as instituições, com troca de experiências, aprimorando o trabalho com os animais”, ressaltou a comandante da Companhia de Operações com Cães do BPChq, capitã PM Samanta Lacerda.

Governador inaugura fórum em São Gonçalo dos Campos

Fórum

São Gonçalo dos Campos, cidade vizinha a Feira de Santana, agora conta com um fórum completamente reformulado, inaugurado nesta terça-feira (23), com a presença do governador Rui Costa. A solenidade foi conduzida pela presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), a desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago.

 “Fiz questão de estar aqui hoje. Primeiro, porque Maria do Socorro fez a recuperação da Justiça em toda a Bahia, além da junção de comarcas. Somos um estado grande, mas temos a vigésima arrecadação per-capita do país. Isso se reflete em todos os poderes. Precisa ter muita serenidade no trato da coisa pública”, disse o governador sobre a gestão da presidente do TJBA.

 Rui também entregou uma ambulância para o município, junto ao prefeito Carlos Germano e vereadores. “Pedi a ambulância ontem e ela já está aí. O governador já ligou para o secretário estadual da Saúde [Fábio Vilas-Boas], e nós vamos sentar para discutir a reforma do hospital do município”, declarou o prefeito.

 Na ocasião, o governador falou ainda das obras que já foram concluídas na cidade, como o calçamento de uma rua e um Sistema de Abastecimento de Água (SAA) e de outras que serão iniciadas. “Hoje conversamos sobre a nova delegacia, sistema de monitoramento de câmeras, reforma da Escola Polivalente, vários SAA na zona rural e o hospital”, anunciou Rui.

 Novo fórum

 Rui participou da solenidade de inauguração da obra de reforma e ampliação do prédio de dois pavimentos. Foram realizadas demolições e construção de paredes de alvenaria, construção de paredes de drywall (sem uso de água), reformulação das instalações elétricas e de telecomunicações, reforma de sanitários, reconfiguração das instalações hidráulicas, e criação de sanitários e instalação de plataforma para Portadores de Necessidades Especiais (PNE), pintura geral e criação de salão do júri, no pavimento térreo. Foram investidos R$ 576,8 mil pelo TJBA.

 “É com satisfação que eu realizo essa entrega. A justiça também precisa de uma proteção, de um fórum condizente”, afirmou a presidente do TJBA sobre a obra. Somente no mês de janeiro, serão entregues seis novos fóruns.

 Estiveram presentes na solenidade familiares do governador Rui Costa que moram em São Gonçalo dos Campos, cidade onde nasceu o pai de Rui, Clóvis dos Santos.

 Inaugurações 

 O de Porto Seguro foi entregue no último dia 18, e até o dia 31 de janeiro, último dia da atual gestão do TJBA, serão inaugurados os de Itabuna, Nazaré, Vera Cruz e Camaçari, além do lançamento da pedra fundamental do fórum de Ilhéus.

Encomendas enviadas pelos Correios poderão ser rastreadas pelo CPF

A partir de quinta-feira (25) usuários de serviços postais dos Correios poderão acompanhar suas encomendas informando apenas os números do CPF ou do CNPJ. A nova funcionalidade dispensa a obrigatoriedade de informar o código do objeto. O serviço será gratuito e o cliente terá acesso a informações de todas as encomendas (cartas e objetos) em que seja remetente ou destinatário. 

Segundo o presidente dos Correios, Guilherme Campos, a medida atende uma demanda antiga dos usuários. "Criamos uma ferramenta que irá melhorar a experiência de quem usa os serviços dos Correios", disse.

 Para realizar a consulta, o usuário deverá informar os números do CPF ou CNPJ do remetente e destinatário no momento da postagem da encomenda. Depois disso, o rastreamento poderá ser feito a qualquer momento no site dos Correios (http://www2.correios.com.br/sistemas/rastreamento/).

 Antes de informar o CPF, o usuário deverá inserir um login e senha, criados previamente. Ficarão registradas todas as encomendas associadas ao documento do usuário que acessar o serviço, seja como destinatário ou remetente.
Fonte: Agência Brasil

Privatização da Eletrobras chega ao Congresso em meio à batalha judicial

Na volta do recesso parlamentar, um dos temas que deve esquentar o debate entre os parlamentares é a proposta de privatização da Eletrobrás, encaminhada essa semana pelo governo ao Congresso. O texto chega para ser inicialmente apreciado pela Câmara dos Deputados, em meio a uma batalha judicial.

 Para abrir caminho para o processo, no final de dezembro de 2017 o presidente da República, Michel Temer editou a Medida Provisória (MP) 814/17, que retirava de uma das leis do setor elétrico a proibição de privatização da Eletrobras e suas subsidiárias. Dias depois, no início de janeiro, o juiz Carls Kitner, da Justiça Federal em Pernambuco, concedeu uma liminar suspendendo o artigo o sobre a Eletrobras.

 Recursos

 A União recorreu da decisão, mas teve seu recurso negado pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5) em Pernambuco. Na semana passada o caso chegou ao Supremo Tribunal Federal (STF) por meio de um novo recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) contra a decisão da Justiça Federal. Na reclamação, a AGU argumenta que o juiz “usurpou” a competência do STF.

 A Câmara dos Deputados também entrou com uma reclamação no Supremo contra a decisão da Justiça Federal de Pernambuco, que suspendeu os efeitos da Medida Provisória (MP) 814/17. Para a assessoria jurídica da Câmara, houve uma intervenção indevida nas funções tanto do Executivo quanto do Legislativo, assim como uma decisão que só poderia ser tomada pelo Supremo. “O magistrado culminou por deferir provimento jurisdicional da estreita competência do STF, isto é, medida típica das ações de controle de constitucionalidade, mais precisamente da ação direta de inconstitucionalidade”, diz o documento.

 Com o período de férias coletivas dos ministros do Supremo, os recursos poderão ser julgados a qualquer momento liminarmente pela presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, que trabalha em regime de plantão, ou a ministra pode deixar que o relator do caso na Corte, ministro Alexandre de Moraes, decida em fevereiro.

 Proposta

 O texto enviado pelo governo não é muito diferente do finalizado em novembro de 2017. Entre as mudanças está a que diz que, depois da privatização, a União não terá mais a garantia de indicar o presidente do Conselho de Administração, mas por meio de ações chamadas de golden share poderá indicar um membro adicional ao colegiado.

 A operação se dará por meio de aumento do capital social da empresa, que o governo considera “democratização do capital da Eletrobras”. Pela proposta, nenhum acionista poderá ter mais de 10% de poder do voto. O objetivo, segundo o Planalto, é evitar que outra companhia tome o controle da estatal.

 Não fazem parte do projeto de privatização a subsidiária da estatal, Eletronuclear e a Usina Hidrelétrica de Itaipu, controlada pelo Brasil e pelo Paraguai. Segundo o governo, a privatização da Eletrobras levará à redução das tarifas pagas pelo consumidor. O Planalto também argumenta que a abertura de capital da empresa fortalecerá o setor, com a expansão de investimentos e o aprimoramento da oferta de energia.

 Debates

 A ideia de privatização da Eletrobras foi bastante debatida em audiências públicas na Câmara e no Senado em 2017. Em novembro, por exemplo, vários senadores criticaram o Decreto 9.188/2017, editado pelo presidente Temer para criar um programa de venda de ativos das empresas de sociedades de economia mista, incluindo a Eletrobras.

 Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) e Lindbergh Farias (PT-RJ) apresentaram projetos de decreto legislativo (PDS) com o objetivo de sustar os efeitos do decreto presidencial. Já o senador Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN) afirmou que a empresa de energia elétrica do Rio Grande do Norte foi privatizada e, agora, não dá mais prejuízo e presta serviços de qualidade à população.

 Na Câmara, em audiência na Comissão de Relações Exteriores de Defesa Nacional, também em novembro, a proposta foi criticada pela deputada Jô Moraes ( PCdoB-MG) . “A proposta de privatização do sistema Eletrobras acarretará na entrega das usinas hidrelétricas a empresas privadas, na insuficiência de fornecimento às regiões que ainda não foram interligadas ao sistema nacional, como é o caso de Roraima, na paralisação da universalização da energia, como é o caso dos estados do Norte e alguns do Nordeste”, destacou.
Fonte: Agência Brasil

OMS vem ao Brasil para acompanhar fracionamento da vacina contra febre amarela

Técnicos da Organização Mundial da Saúde (OMS) chegam ao Brasil na próxima segunda-feira (29) para acompanhar o fracionamento da vacina contra a febre amarela. A informação foi divulgada hoje (23) pelo Ministério da Saúde, que tem se reunido semanalmente com o órgão das Nações Unidas para tratar do surto da doença no país.

 De acordo com a pasta, a previsão é que os agentes internacionais desembarquem em São Paulo e acompanhem no próprio estado o fracionamento da vacina. Além de São Paulo, o Rio de Janeiro também inicia, na próxima quinta-feira (25), a imunização de municípios pré-selecionados contra a febre amarela.

 Em São Paulo, 54 municípios participam da campanha, com previsão de vacinar 8,3 milhões de pessoas, sendo 6,3 milhões com a dose fracionada e 2 milhões com a padrão. Já no Rio de Janeiro, 7,7 milhões de pessoas deverão receber a dose fracionada e 2,4 milhões a padrão, em 15 municípios. 

Até o momento, a campanha de vacinação no estado da Bahia permanece na data prevista (entre 19 de fevereiro e 9 de março). Na Bahia, 2,5 milhões de pessoas serão vacinadas com a dose fracionada e 813 mil com a dose padrão em oito municípios.

 O objetivo da campanha, segundo o ministério, é evitar a expansão do vírus para áreas próximas de onde há circulação atualmente. No total, 21,7 milhões de pessoas destes municípios deverão ser vacinadas durante a campanha, sendo 16,5 milhões com a dose fracionada e outras 5,2 milhões com a dose padrão.

 “A adoção do fracionamento das vacinas é uma medida preventiva e recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) quando há aumento de epizootias e casos de febre amarela silvestre de forma intensa, com risco de expansão da doença em cidades com elevado índice populacional”, informou a pasta.
Fonte: Agência Brasil

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Sesab e Sociedade Brasileira de Infectologia firmam parceria para acompanhamento da Febre Amarela


Em reunião realizada nesta segunda-feira (22), o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, e o coordenador do Comitê de Arboviroses da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), Antônio Carlos Bandeira, firmaram acordo de cooperação técnica para acompanhar a situação da Febre Amarela na Bahia, assim como outras arboviroses.

 A cooperação técnica incluirá reuniões mensais de monitoramento e discussão com especialistas de todo o país. Outra situação que está sendo monitorada é um surto de malária, que aconteceu na cidade de Wenceslau Guimarães, onde a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) tem atuado para conter a disseminação da doença. Um fórum estadual, com a participação de técnicos da Sesab e representantes da SBI e Fiocruz, está programado para o mês de fevereiro, com a participação de todos os secretários municipais de saúde e dos principais especialistas da área.

 Bandeira, que é um dos mais respeitados médicos infectologistas do país, foi um dos responsáveis pelo isolamento do vírus da Zika no Brasil, em 2015. Ele avalia a parceria como muito importante para impulsionar o controle de diversas doenças no estado. “Temos que garantir a tranquilidade para a população”, De acordo com a superintendente de Vigilância e Proteção à Saúde, Rívia Barros, a cooperação irá fortalecer o trabalho da vigilância à saúde.

Governo concede avanço nas carreiras de 1.249 professores universitários em 2017

O Governo da Bahia concedeu promoções e progressões nas carreiras de 1.249 professores universitários em 2017, totalizando um investimento de R$ 10,2 milhões. A evolução nas carreiras dos docentes foi liberada a partir de maio de 2017, quando o Estado saiu do limite prudencial, imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

 As promoções e progressões nas carreiras estavam represadas, desde o início de 2016, após limite com gastos de pessoal ser ultrapassado no último quadrimestre de 2015. Quando o limite prudencial é excedido, a legislação impede a concessão de avanços nas carreiras dos servidores, proíbe a contratação de novos funcionários e veda o reajuste para o funcionalismo, dentre outras medidas.

 As despesas com servidores excederam o limite em função da queda de arrecadação tributária, causada pela crise econômica que atinge o país. Com a diminuição da arrecadação, o percentual com gastos de pessoal ultrapassou o determinado pela LRF.

 O Estado saiu do limite no primeiro quadrimestre de 2017 (janeiro a abril), com a reação da economia baiana, a melhoria na arrecadação e com base em uma gestão financeira responsável do Governo.

 A partir de maio do mesmo ano, as promoções e progressões foram liberadas, beneficiando 1.249 professores, pertencentes às quatro universidades estaduais. Os 473 docentes que foram promovidos receberam acréscimo no salário de 18%, 32% e 35%, a depender do cargo. Já os 776 professores beneficiados com a progressão tiveram um ganho médio de 8%.

 Na Universidade Estadual da Bahia (Uneb) foram beneficiados 523 professores com avanços nas suas carreiras. Destes, 367 tiveram progressões, que ocorre quando o professor muda de nível dentro do cargo que ocupa. Outros 156 docentes da Uneb receberam promoções, ascendendo de cargo.

 Já na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), 297 professores tiveram avanços nas carreiras, sendo que 151 foram promovidos e outros 146 tiveram progressões. Um total de 224 docentes da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) teve avanço na carreira (93 promoções e 131 progressões), enquanto que na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) foram 205 professores (73 promoções e 132 progressões).

 Com os avanços concedidos pelo Governo nas carreiras dos docentes, aumentou o número de professores das classes pleno, titular e adjunto nas universidades estaduais. Assim, a administração estadual vem qualificando o perfil científico das universidades do Estado. Nos últimos dez anos, a qualificação das universidades foi expressiva, em função dos avanços concedidos.

 Entre os anos de 2006 e 2017, o número de docentes das classes pleno, titular e adjunto nas universidades estaduais saltou de 983 para 1.933. Para se ter uma ideia, na classe de professor pleno, o cargo mais alto da carreira, a quantidade aumentou de oito para 253, no mesmo período.

 Para ser promovido das classes de professor auxiliar ou assistente à classe de adjunto é necessária a obtenção do título de doutor. Na promoção de professor adjunto à classe de professor titular é exigido doutorado e defesa pública de trabalho científico, para demonstrar a linha de pesquisa desenvolvida pelo docente. Também é necessária a permanência de dois anos no nível anterior.

 Já para fazer jus à promoção de titular para professor pleno, além do título de doutorado, é exigida como pré-requisito a defesa pública de trabalho científico original, demonstrando a consolidação da linha de pesquisa do docente. Também é necessária a permanência de dois anos no nível anterior.

Em Brasília, Detran-BA defende mais recursos para acolhimento de vítimas de acidentes

O Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) participou, nesta segunda-feira (22), da reunião da Associação Nacional dos Detrans (AND), em Brasília, com a presença do ministro das Cidades, Alexandre Baldy. Na ocasião, o Detran-BA defendeu que parte dos recursos pagos pelos condutores pelo seguro obrigatório DPVAT seja revertida para o acolhimento de vítimas de acidentes de trânsito.

 O órgão propôs também que, assim como já acontece na Bahia, os acidentes sejam incluídos na lista de doenças de notificação compulsória (obrigatória), em todos os estados, para a elaboração de políticas públicas de saúde. “A Bahia saiu na frente. Desde 2016, oferecemos o programa de atendimento psicossocial e jurídico aos vitimados no tráfego. Em novembro do ano passado, nosso estado foi o primeiro a implantar a notificação compulsória, passando a tratar o acidente como uma epidemia. Essas medidas precisam avançar no país inteiro”, declarou o diretor-geral do Detran-BA, Lúcio Gomes.

 Durante o encontro foram discutidas punições mais rigorosas para os motoristas que provocam acidentes com vítimas. Para o Detran-BA, a pena nesses casos deveria ser aplicada diretamente. “A lei avançou, mas ainda deixou brechas que retardam a punição do condutor infrator. A sociedade pede uma resposta mais eficaz para responsabilizar quem pratica a violência no trânsito”, acrescentou Lúcio Gomes.

Atacadista investirá R$ 45 milhões em centro distribuidor na Bahia


Eleita em 2017, pelo 3º ano, a melhor empresa do setor atacadista distribuidor do Brasil pela Fundação Getúlio Vargas, a Bartofil, Cotril e Ormel Distribuidoras (BCR) implantará um centro de distribuição (CD) em Feira de Santana, no centro norte da Bahia. O compromisso foi firmado nesta segunda-feira (22), entre a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) e a distribuidora por meio de protocolo de intenções. Serão investidos R$ 45 milhões e a estimativa é que sejam gerados, nos próximos cinco anos, aproximadamente 300 empregos diretos e indiretos.

 De acordo com o diretor comercial da BCR, Rafael Bartolomeu, a previsão é que o centro de distribuição comece a operar no primeiro semestre deste ano e aumente significativamente as vendas no estado, que já é o segundo em faturamento do grupo. "No primeiro momento, dominaremos a operação na Bahia e no futuro pretendemos atender outros estados do Nordeste a partir do CD de Feira de Santana. Com um CD aqui no estado, teremos uma entrega ainda mais rápida e um serviço ainda melhor. Nosso objetivo é entregar na região de Feira de Santana e Salvador em, no máximo, 24 horas", afirma.

 O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner, destaca que o mês de janeiro já traz boas notícias com a atração de um centro de distribuição que vai facilitar a logística beneficiando empresas baianas. "São 300 novos empregos que serão gerados. Tenho certeza que do ponto de vista da mão de obra, a empresa não terá nenhuma dificuldade. O baiano agarra a oportunidade e veste a camisa", diz o secretário.

 BCR

 Com quase 70 anos de mercado, o principal centro de distribuição da BCR fica localizado em Ponte Nova, no interior de Minas Gerais. O grupo tem mais de 1,2 mil funcionários, 300 transportadores autônomos de carga e 1,2 mil representantes comerciais autônomos.

 São mais de 9 mil produtos comercializados, distribuídos nas categorias de agroveterinária, automotivo, construção e reforma, equipamentos de proteção individual (EPI), esporte e lazer, ferramentas e equipamentos, papelaria e informática e utilidades domésticas.

Em São Paulo, Rui compartilha experiência de obras de mobilidade na Bahia

São Paulo

Os principais projetos de transporte e deslocamentos em vias urbanas na Bahia foram apresentados pelo governador Rui Costa nesta segunda-feira (22), durante o 2º Seminário de Mobilidade Urbana, realizado pelo jornal Folha de São Paulo, na capital paulista. Rui foi o único governador da região nordeste a participar do evento que reuniu urbanistas, consultores, secretários estaduais e municipais de transportes, além de representantes de institutos ligados ao setor.

 Ao lado do secretário de Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo, Clodoaldo Pelissioni; do urbanista e consultor de trânsito e transporte, Flamínio Fichmann; e do presidente da divisão de mobilidade urbana da CCR, Leonardo Vianna, o governador explicou o modelo adotado na Bahia. “É preciso acertar na modelagem, o atual não atende ao interesse dos brasileiros. Acreditamos que adotamos o mais eficaz, mas que ainda enfrenta resistência, que é a PPP – Parceria Público Privada, com riscos compartilhados para quem vai executar as obras, inclusive pelo não cumprimento dos cronogramas. Desta forma, a empresa vencedora busca o melhor resultado através da eficiência”, reforça.

 Rui também defendeu um pacto de Estado para atrair investidores nacionais e internacionais e criticou a realidade existente no país atualmente. “O que se faz hoje é pacto de Governo e não de Estado. Isso não avança. O mercado reage mal e o país não avança”, disse. Para ele, um dos grandes males do Brasil é a insegurança jurídica.

 Rui Costa encerrou sua participação reforçando que o conceito de mobilidade urbana é mais amplo que apenas oferecer transporte público. “Temos que enxergar que nos grandes centros a mobilidade urbana promove não apenas a melhoria da qualidade de vida, mas também um novo vetor de desenvolvimento e geração de emprego e renda para as pessoas”. O posicionamento do governador baiano foi elogiado pelo presidente do metrô de São Paulo, Paulo Menezes, que também destacou que “a Bahia é um exemplo de projeto metroviário bem sucedido no Brasil”.

 Durante o evento, Rui anunciou que até o dia 30 de janeiro será publicado o edital de licitação do trecho do VLT, que liga o Comércio até Paripe, com aproximadamente 19 quilômetros de extensão. 

Entre as principais obras de mobilidade urbana na Bahia está o metrô Salvador-Lauro de Freitas. Além disso, em breve será entregue a Via Barradão e, ainda no primeiro trimestre do ano, a entrega de mais um trecho da Linha Azul, na capital.

FMI eleva projeção de crescimento global e para o Brasil em 2018 e 2019

O Fundo Monetário Internacional (FMI) elevou a projeção de crescimento do Brasil para 2018 e 2019. O Produto Interno Bruto (PIB) do país deve crescer 1,9% este ano, 0,4 ponto percentual acima que foi estimado em outubro. Para 2019, a previsão foi revisada para 2,1%, um aumento de 0,1 ponto percentual.

 Divulgado hoje (22), o relatório World Economic Outlook destaca que a atividade econômica global registrou crescimento previsto de 3,7% em 2017, 0,1 ponto percentual acima do projetado em outubro, quando a última versão do documento foi divulgada. O FMI também prevê crescimento global de 3,9% para 2018 e 2019, o que representa aumento de 0,2 ponto percentual sobre a projeção do relatório anterior.

 Segundo o relatório, a melhora reflete, entre outros fatores "o esperado impacto das mudanças recentemente aprovadas na política de impostos dos Estados Unidos". No entanto, o documento diz que "devido à natureza temporária de algumas das medidas, o pacote de políticas de impostos deve [contribuir para] reduzir o crescimento por alguns anos de 2022 em diante".

 América Latina

 O relatório destaca que a recuperação econômica da América Latina deve se fortalecer, com crescimento de 1,9% em 2018 (como já era previsto em outubro) e 2,6% em 2019 (0,2 ponto percentual acima da previsão de outubro).

 “Esta mudança reflete principalmente uma perspectiva melhorada para o México, que beneficia-se de uma demanda mais forte de Estados Unidos, uma recuperação mais firme do Brasil e os efeitos favoráveis de preços mais fortes das commodities e condições mais fáceis de financiamento em alguns países exportadores desses produtos”, afirma o documento. O relatório diz também que essas projeções “mais do que compensam novas revisões descendentes para a Venezuela”.

 No entanto, o documento destaca que fatores não-econômicos colocam a recuperação da economia em risco, inclusive no Brasil. "A incerteza política dá espaço a riscos para a implementação de reformas ou à possibilidade de reorientação das agendas, incluindo no contexto das eleições que devem ocorrer em diversos países, como Brasil, Colômbia, Itália e México".
Fonte: Agência Brasil