segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Detran-BA usa dança para conscientizar folião sobre trânsito seguro

Detran usa dança para conscientizar folião sobre trânsito seguro

Doze bailarinos contratados pelo Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) se apresentaram no circuito Osmar (Campo Grande) para divulgar a mensagem da consciência no trânsito, com a promoção da 'blitz da folia'. Por meio de uma parceria com a Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa), eles formaram a comissão de frente do trio sem cordas puxado por Felipe Escandurras, usando camisetas da campanha 'O Detran não deixa você na mão', no domingo (26).

 A inspiração para a coreografia do grupo partiu da bailarina Tariana Oliveira Costa, 30 anos. “Pensei em todo o trabalho que o Detran desenvolve, com a fiscalização do trânsito e ações educativas. Através da dança, mostramos que nos preocupamos com o folião e se ele vai voltar para casa em segurança, sem misturar bebida, celular e direção”, relatou. O engenheiro eletricista Alberto Moreira, 45 anos, aprovou a iniciativa. “Pensaram em uma forma lúdica de levar o folião a refletir antes de fazer besteira, que é beber e dirigir. Essa performance dos bailarinos é sensacional”.

 A 'blitz da folia' incluiu também a exibição de mensagens educativas no trio de Escandurras e a distribuição de material educativo sobre a Lei Seca entre os foliões pipoca. O diretor-geral do Detran, Lúcio Gomes, acompanhou de perto as ações e destacou a parceria com a Bahiatursa. "Este ano, pela primeira vez, o Detran procurou a superintendência de turismo para um trabalho conjunto no Carnaval, e o resultado não poderia ser melhor. Nossa campanha pela paz no trânsito está nos trios sem cordas, esse presente do Governo do Estado para os foliões, que aprovaram a mistura arte e direção responsável ".

Carnaval movimenta rede hoteleira e injeta R$ 1,5 bilhão na economia

A Bahia recebe, até o fim do verão, cerca de 5 milhões de turistas, número 5% maior que na temporada passada. Destes, entre 1,5 milhão e 2 milhões passam o Carnaval no estado.

Seja para quem quer brincar o Carnaval, relaxar ou mesmo aliar as duas alternativas, a Bahia tem opções para todos os gostos. Com 13 zonas turísticas, que contemplam atrativos variados, como belas praias, patrimônio histórico e cultural, boa infraestrutura hoteleira e oferta de serviços qualificados, o estado tem tudo para agradar ao visitante. Não por acaso, a Bahia recebe, até o fim do verão, cerca de 5 milhões de turistas, número 5% maior que na temporada passada. Destes, entre 1,5 milhão e 2 milhões passam o Carnaval no estado.

 Com a maior festa de rua do planeta, a capital baiana respira Carnaval até Quarta-Feira de Cinzas (1°). Com parque hoteleiro de cerca de 40 mil leitos, os meios de hospedagem de Salvador devem alcançar a ocupação de 95% neste Carnaval. A expectativa é que 600 mil turistas participem da folia, injetando R$ 665 milhões na economia da cidade. Entre os visitantes esperados em Salvador, 60 mil são estrangeiros.

São turistas e foliões brasileiros vindos principalmente de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Distrito Federal, além de estrangeiros da Argentina, Espanha, Itália, França, Alemanha e Estados Unidos, que vão injetar cerca de R$ 1,5 bilhão na economia baiana durante o período da festa. 

Pertinho da capital 

 Um dos destinos mais badalados do Litoral Norte, Praia do Forte, na Costa dos Coqueiros, registra 90% de ocupação. Mas, de acordo com a Associação Comercial e Turística da Praia do Forte (Turisforte), a expectativa é que chegue a 100% nos últimos dias do Carnaval. Entre albergues, pousadas, hotéis e resorts, o destino oferece 8 mil leitos.

 Até terça-feira (28), a charmosa vila de pescadores entretém os visitantes com desfiles de blocos. Além dos 12 quilômetros de praias delimitadas por dunas, coqueiral, piscinas naturais, Praia do Forte oferece um sítio histórico que abriga o Castelo Garcia D´Ávila, a Reserva de Sapiranga, as corredeiras do Rio Pojuca, restaurantes, bares e lojas.

Serviço de enfrentamento ao racismo recebe apoio da população


A Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi) já realizou 400 entrevistas com foliões, ambulantes, cordeiros, turistas e catadores de material reciclável neste Carnaval. Do total, 159 pessoas alegaram ter sofrido racismo em algum momento da vida, sendo a maioria dos casos em espaço privado ou repartição pública. Outros 233 afirmaram ter presenciado o ato. Das pessoas abordadas, 320 se declararam negros(as) e 83 são da religião do candomblé.

 Os foliões contam ainda com os serviços do Centro de Referência de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa Nelson Mandela, que oferece orientação jurídica gratuita em situações de violação de direitos. O centro possui um posto fixo durante a folia, na sede do Procon, na Rua Carlos Gomes, com equipes de plantão das 14h às 22h, resultado de parceria entre a Sepromi e a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS). A ação segue até terça-feira (28), incluindo abordagem qualificada para monitoramento de casos relacionados.

 Segundo o coordenador dos trabalhos, Antônio Cosme Lima, as experiências da ação no Carnaval da Bahia do ano passado serviram para aprimorar a intervenção. “Otimizamos o trabalho e estamos preparados para acolher as denúncias da população, orientar e divulgar os nossos serviços”. A abordagem nas ruas também é uma oportunidade para obter dados que subsidiem a criação e melhoria das políticas públicas direcionadas ao povo negro.

 Apesar de identificar o racismo no dia a dia, a ambulante Elaine Silva não sabia onde buscar apoio no Carnaval. “Agora já sei e vou guardar o contato do Centro de Referência Nelson Mandela”, afirmou, após receber orientações dos técnicos da Sepromi, que atuam em todos os circuitos.

 “Já fui discriminada diversas vezes, principalmente como ambulante, pois muitos chegam aqui e acham que podem tudo, que temos que servir. Já recebi muita cantada e agressão verbal aqui no ponto [no Pelourinho]”, contou Elaine. A filha dela também está sendo desrespeitada na escola. “Um colega a chamou de preta, foveira, de cabelo duro. Ela começou a chorar, precisou de uma pessoa para levar em casa e está com receio de voltar".

 Diferente da ambulante, o jovem Wilian Santos, dançarino do Bankoma, já conhecia o Centro de Referência Nelson Mandela, mas destacou a importância da campanha para que outras pessoas fiquem por dentro dos serviços. “Eu já sofri intolerância religiosa e entendo a importância de lutar por nossos direitos com a cabeça erguida. Estava com minha roupa de ração, contas, quando evangélicos me repreenderam. Só pedi respeito, sem agressão, com o sorriso no rosto”.

Rui Costa acompanha saída dos Filhos de Gandhy ao lado de Gilberto Gil


Após ver a passagem de diversos trios no Campo Grande na tarde deste domingo (26), o governador Rui Costa seguiu para o Pelourinho, onde acompanhou a saída dos Filhos de Gandhy, devidamente caracterizado, ao lado de Gilberto Gil.

 Saindo da sede do Afoxé, Rui e Gil caminharam com o grupo até o trio dos Filhos de Gandhy, estacionado na Praça Municipal, e seguiram pelas ruas Chile e Carlos Gomes.

 O Afoxé Filhos de Gandhy é um dos grupos patrocinados pelo Governo do Estado, através dos projetos Ouro Negro e da Bahiagás. Além dele, atrações como Ivete Sangalo, Leo Santana, Saulo, Baby do Brasil, Parangolé e É O Tchan fazem parte das 110 atrações gratuitas no Carnaval de Salvador.

sábado, 25 de fevereiro de 2017

Definidos espetáculos para Projeto O Teatro vai aos Bairros 2017


As peças teatrais “A peleja de Maria Bonitinha”, “Só depende de nós”, “Leituras e travessuras é uma gostosura”, “Dom Quixote e as aventuras de Maju”, de temáticas infantis, e a “A viuvinha” e “A cidade da rua Direita”, destinadas ao público adulto, foram as escolhidas para o Projeto Cultural O Teatro Vai aos Bairros deste ano.

 Os resultados foram apresentados pela Fundação Municipal de Tecnologia da Informação, Telecomunicações e Cultura Egberto Tavares Costa, nesta sexta-feira, 24, e podem ser vistos no site www.diariooficial.feiradesantana.ba.gov.br. De acordo ao edital, neste ano seriam escolhidas seis peças.

 A seleção para o Projeto foi formada por Luiz Augusto Queiroz de Oliveira, diretor do Departamento de Cultura; Maria de Lourdes Guimarães Barreto e Joelaine Santana da Silva Pedreira, nomeados por indicação de capacidade artística e técnica pela presidência da Funtitec.

 Foram avaliadas a clareza das propostas apresentadas e qualidade artística, adequação de sua linguagem cênica a proposta de livre ocupação do espaço público, originalidade e diversidade de linguagem proposta dentro da encenação e microempresa ou empresa de pequeno porte. Neste ano foram inscritos 14 espetáculos.

 Os espetáculos serão apresentados nos bairros George Américo, Tomba, Feira X, Aviário, Novo Horizonte e no distrito da Matinha. A previsão é que sejam encenados entre os dias 9 e 17 de março.

 Cada espetáculo credenciado receberá R$ 3.500, para grupos profissionais, e R$ 2.000 para grupos amadores, pagos em parcela única até trinta dias após a apresentação, mediante contrato de prestação de serviço de natureza artística celebrado entre a Fundação e os grupos/artistas selecionados.

Órgãos municipais reabrirão na quarta-feira


Devido ao Carnaval, órgãos municipais que não prestam serviços considerados essenciais à população fecharão às 17h desta sexta-feira, 24, e abrirão ao público a partir das 13h de quarta-feira.

 Policlínicas, tanto as localizadas na sede como as dos distritos, mais o Hospital da Mulher, SAMU, UPA 24h funcionarão normalmente durante este período. Agentes de trânsito cumprirão escala especial.

 Parte do Centro de Abastecimento vai fechar parcialmente apenas na terça-feira – a área da Ceasa vai funcionar. O comércio do centro da cidade fecha na tarde deste sábado e reabre na quarta-feira.

 O transporte público – com redução à metade no preço da passagem na terça-feira, e a coleta de lixo seguem normalmente.

Seplan divulga datas para audiências públicas para elaboração do PPA e da LDO

As audiências públicas realizadas pela Secretaria de Planejamento de Feira de Santana para a elaboração dos Projetos do Plano Plurianual, para 2018/2012, e da Lei de Diretrizes Orçamentárias, para o próximo ano, serão iniciadas no dia 21 de março.

 Delas participam os representantes de associações da sociedade civil, ONGs (Organização Não Governamental) e de classes que contribuem, com suas ideias, para a elaboração do PPA e da LDO. Duas audiências serão realizadas por dia.

 No dia 21, as audiências acontecerão nos distritos de Bonfim de Feira, na Escola Municipal Álvaro Pereira Boaventura, pela manhã, e, à tarde, Governador João Durval Carneiro, na Creche Maria de Lourdes Almeida Machado.

 Em Jaguara, será na sede da Casa da Prefeitura, e na Matinha, no Auditório Anexo ao Centro de Saúde Dr. Almir Oliveira Dias, os eventos serão realizados no dia 22 de março. Ambas serão no dia 22.

 No distrito de Maria Quitéria, será pela manhã na sede do CRAS, e em Jaíba, à tarde, na Associação Rural Comunitária de Jaíba, as audiências estão marcadas para o dia 23.

 Na sexta-feira, 24 de março, pela manhã o encontro será no distrito de Humildes, Biblioteca Municipal, e à tarde em Tiquaruçu, no Centro de Desenvolvimento Comunitário José Gregório de Araújo.

 A partir do dia 29 as audiências terão as participações dos representantes das regiões administrativas da cidade e acontecerão no Auditório da Secretaria de Saúde.

 No dia 29, pela manhã, será a região I e, à tarde, a 2. O pessoal das regiões 3 e 4 se reunirão no dia 30, e esta fase será encerrada com a participação da região 5.

Carnaval do Pelô homenageia Tropicalismo com show de Gil e Capinam

Governador Rui Costa prestigia o show de Gilberto Gil e Capinam no Pelourinho

Várias gerações de baianos e turistas voltaram ao final dos anos 60 nesta sexta-feira (24), no Largo do Pelourinho, onde um palco foi montado pelo Governo do Estado para, neste Carnaval, homenagear os 50 anos de Tropicalismo. O governador Rui Costa, que assistiu aos shows da sacada do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI) acompanhado da primeira-dama Aline Peixoto, exaltou a diversidade cultural do Carnaval do Pelourinho.

 “Aqui, independente de qual seja o gosto musical, o folião vai se encontrar. Aqui as pessoas se encontram no seu ritmo, na sua forma de curtir o carnaval, seja pra dançar, ou pra assistir um show”, comentou o governador, que acrescentou que vê mudanças no carnaval. “Acredito que estamos vivendo uma transformação, não sei se exatamente voltando às origens do carnaval ou se algo vai se reinventar, mas a gente percebe essa mudança, neste momento em que os trios sem corda ganham a força do carnaval de rua”, afirmou.

 Gilberto Gil, Capinam e Caetano Veloso, que fez participação surpresa nos shows, tocaram grandes sucessos do período tropicalista, como Soy Loco por ti América e Alegria Alegria, emocionando milhares de pessoas no Largo do Pelourinho. Caetano acredita que o carnaval da Bahia encorajou o surgimento do movimento tropicalista. “não haveria Tropicalismo se não tivesse havido o trio elétrico. A canção Atrás do Trio Elétrico, uma das primeiras que fiz no Tropicalismo, foi feita por causa do carnaval da Bahia e encorajou o uso da guitarra elétrica fora e dentro do carnaval”, afirmou. 

Tropicália 

 O Tropicalismo foi um movimento de ruptura que sacudiu o ambiente da música popular e da cultura brasileira entre 1967 e 1968. Seus participantes formaram um grande coletivo, cujos destaques foram os cantores-compositores Caetano Veloso e Gilberto Gil, além das participações da cantora Gal Costa e do cantor-compositor Tom Zé, da banda Mutantes, e do maestro Rogério Duprat. A cantora Nara Leão e os letristas José Carlos Capinan e Torquatro Neto completaram o grupo, que teve também o artista gráfico, compositor e poeta Rogério Duarte como um de seus principais mentores intelectuais.

Detran e PM atuam juntos pela segurança no trânsito na folia

Em blitzes da Lei Seca realizadas pela operação "Paz no Trânsito", na sexta-feira (24), na Via Expressa e Avenida Jequitaia, 194 pessoas e 90 veículos foram abordados. A fiscalização conjunta do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran) com a Polícia Militar, no Carnaval, tem o objetivo de retirar das vias condutores irregulares e coibir a criminalidade.

 Durante a operação, 96 motoristas fizeram o teste do bafômetro e nove se recusaram a soprar o aparelho. Houve a remoção de 28 veículos, 51 atos de infração foram lavrados e 20 documentos recolhidos. Para retirar os veículos do pátio do Detran, os proprietários devem se dirigir ao posto do órgão em Ondina para regularizar a situação.

 O engenheiro mecânico Carlos Alberto dos Reis, 45 anos, passava pela Via Expressa para curtir o Carnaval do Pelourinho e foi autuado por estar com o documento do carro vencido. "Toda ação para tornar o trânsito melhor é sempre muito útil. Eu vou ao Detran logo após o Carnaval para legalizar tudo".

 A capitão Suzane Melo, do Instituto de Ensino e Pesquisa da PM (IEP), ressaltou que " a blitz é fundamental para diminuir o número de acidentes de trânsito e ajudar no combate ao crime, principalmente nessa época de festa, quando as pessoas ingerem mais bebidas alcoólicas e podem se envolver em delitos".

Baiano tem orgulho da história musical do Olodum, afirma Rui

Governador Rui Costa acompanha a saída do Olodum no Pelourinho

“O Olodum, junto com o Ilê e outras entidades da cultura baiana, contam a história da nossa música e do nosso povo, portanto moram no coração de muitos brasileiros, além de serem nomes conhecidos internacionalmente. Cada baiana ou baiano, de qualquer canto deste estado, tem orgulho da história musical do Olodum, que retrata a história do povo da Bahia", afirmou o governador Rui Costa, que acompanhou a saída do bloco nesta sexta-feira (24), na sede da instituição, no Pelourinho.

 O grupo afro Olodum, que já levou a música baiana para mais de 30 países celebra 30 anos de samba-reggae durante este carnaval. Para o vice-presidente do Olodum, Marcelo Gentil, o Governo do Estado é um parceiro importante do Olodum. "Esta é uma parceria histórica que vai muito além do carnaval. Nós estamos agora desenvolvendo um projeto nas áreas de cidadania e direitos humanos, com jovens aqui do Pelourinho, do Nordeste de Amaralina, do bairro Uruguai, em parceria com a secretaria da Justiça , Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS). Isto mostra que o Governo da Bahia tem sensibilidade com o Olodum e principalmente com aqueles segmentos da sociedade que precisam deste trabalho, que precisam da expertise que tem o Olodum ao fazer Cultura. Assim, nós entrelaçamos Cultura com ação política e transformação social".

 Com investimento de R$ 2,2 milhões, os projetos Escola Olodum: Pela Paz e Pela Vida e Bloco Afro nas Comunidades vão alcançar mais de 1,8 mil jovens, entre 15 e 21 anos, com cursos profissionalizantes de Percussão, Canto, Dança e Estética Afro, Turbantes e Trançados. Deste total, 119 já estão sendo qualificados pela Escola Olodum.

 O Bloco Olodum tem como tema para o desfile do Carnaval de 2017 “O Sol - Akhenaton: Os Caminhos da Luz”. Serão dois dias de desfile, esta sexta e domingo. Ainda nesta sexta-feira, o bloco compartilha o momento de sua história no circuito Osmar (Campo Grande) com todos os foliões na Avenida. No domingo de Carnaval, o Olodum é o primeiro a desfilar na orla de Salvador, no circuito Barra/Ondina.

 O presidente do Olodum, João Jorge, afirmou que o samba-reggae é a música da Bahia. "É a música que levou o estado para 36 países, seis copas do mundo, duas olimpíadas, que trouxe para esta terra personalidades como Michael Jackson e Paul Simon. O samba-reggae deu à Bahia régua e o compasso, foi o último ritmo criado no estado no século passado e que deu ao Olodum e ao Pelourinho o destaque internacional”, afirmou.

 Além de organizar a festa no Pelourinho, a Secretaria de Cultura do Estado (Secult) apoia 91 entidades no Carnaval Ouro Negro e dez projetos com microtrios e nanotrios nos três circuitos da folia pelo projeto Carnaval Pipoca. O tradicional Carnaval de Maragojipe, que reúne cerca de 80 mil pessoas na cidade, também terá apoio da secretaria estadual por meio do projeto Outros Carnavais.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Região sisaleira recebe obras para garantir abastecimento de água

As cidades baianas de Queimadas e Santaluz, localizadas na região do Sisal, recebem obras emergenciais para regularizar o abastecimento de água para os mais de 50 mil moradores dos dois municípios. Nesta sexta-feira (24), o governador Rui Costa esteve em Queimadas e vistoriou as intervenções que estão sendo realizadas após os municípios decretarem estado de emergência por conta da seca. Uma estrutura alternativa de captação e uma nova adutora estão sendo implantadas para recuperar a distribuição de água tratada nas localidades. 

 As obras da nova adutora para o Sistema Integrado de Abastecimento de Água (SIAA) Queimadas/Santaluz têm investimento de R$ 3,4 milhões e já apresentam 75% de avanço. Após conferir de perto o andamento dos trabalhos, o governador enfatizou a importância da rapidez na obra. “Em um momento como esse de escassez, a água para o consumo humano não pode faltar, e essa é a prioridade. Por isso a realização desta obra emergencial, que vai resolver o problema e as cidades terão dois sistemas alternados. Estamos vivendo há sete anos com níveis de chuva muito baixos. É uma seca rigorosa no Nordeste e neste momento cada um também tem que dar sua contribuição economizando água”, ressaltou Rui.

 O gerente de operações da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) na região norte, Raimundo Neto, explica que com a conclusão da nova adutora, com cerca de 9,5 quilômetros, prevista para março, as cidades poderão sair do racionamento ocasionado pelo baixo nível de água na Barragem da Leste, que era, até então, a principal fonte de água do sistema integrado. “Teremos uma condição mais segura. Queimadas e Santaluz além de contar com o Rio Itapicuru, caso volte o volume de chuvas, com essa obra passará a contar com outro abastecimento através do Rio Jacurici”, explicou Neto.

Mais desenvolvimento

 Além de visitar as obras de abastecimento de água, Rui Costa também autorizou a Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra) a lançar o edital de licitação para recuperar 42 quilômetros da BA-120, no trecho entre Queimadas e Santaluz. Serão R$ 17 milhões aplicados beneficiando também municípios próximos como Cansanção, São Domingos e Nordestina. Após a licitação que vai definir a empresa executora as obras de pavimentação tem início previsto para maio deste ano.

 Quem trafega diariamente pelo trecho, como o motorista Paulo Roberto, fala com propriedade da importância da intervenção. "Realmente a estrada está péssima e precisando dessa obra. Do jeito que está a gente corre o risco estourar um pneu, quebrar o amortecedor e tentando desviar dos buracos até pode causar um acidente. Tomara que essa melhora chegue logo", torce o morador de Queimadas.

Selecionados na 2ª chamada do ProUni têm até hoje para comprovar dados

Os candidatos pré-selecionados na segunda chamada para receber bolsas integrais e parciais do Programa Universidade para Todos (ProUni) têm até hoje (24) para comprovar as informações prestadas durante a inscrição. O resultado dessa fase da seleção foi divulgado na última segunda-feira (20).

 O estudante deve apresentar seus documentos originais e de integrantes da família, quando for o caso, na instituição para a qual foi selecionado. A lista completa de documentos está disponível no site do ProUni.

 Os candidatos que não foram selecionados nas duas primeiras chamadas poderão manifestar interesse em participar da lista de espera, que será usada pelas instituições de ensino na convocação de candidatos para preenchimento de bolsas eventualmente não ocupadas. A manifestação poderá ser feita entre 7 e 8 de março. Nesse caso, os dias 13 e 14 de março serão reservados para apresentar a documentação. 

O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais (de 50%) em instituições privadas de educação superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, a estudantes brasileiros sem diploma de nível superior.

 No total, foram ofertadas 214.242 bolsas em 13.521 cursos, distribuídos em 1.065 instituições de todo o Brasil. Esta edição do ProUni teve 1.535.042 candidatos inscritos na primeira chamada.

Agência  Brasil 

Mostra no Palacete das Artes celebra 50 anos do Tropicalismo

Em 1966, um grupo de compositores baianos lançou um manifesto de uma linha só: “Em princípio, estamos contra todo e qualquer princípio declarado”. Foi o ponto de partida para o Tropicalismo, movimento que reuniu artistas como Tom Zé, Gilberto Gil, Caetano Veloso e Maria Bethânia.

 Até 30 de março, a mostra 'Tropicália: Régua e Compasso (A Bahia Cultural Pré-Tropicalista)', em cartaz no Palacete das Artes, no bairro da Graça, em Salvador, celebra os 50 anos do movimento. A exposição inclui obras das coleções de instrumentos-esculturas musicais de Walter Smetak e do acervo de Arte Popular do Solar Ferrão, além de obras dos artistas Lenio Braga e Carybé, do Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM). 

 Palestras e performances musicais também fazem parte da programação. O movimento é tema de vídeo da série Nossa Cultura, produzida pela Secretaria de Comunicação Social do Estado (Secom), em parceria com a Secretaria de Cultura (Secult).

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Estados e municípios recebem nesta quarta-feira recursos do Fundeb

Os estados e municípios brasileiros recebem hoje (22), em suas contas-correntes, a parcela do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) relativa a fevereiro. Do total de R$ 918,97 milhões repassados, R$ 91,89 milhões (10% do total) devem ser destinados à complementação do pagamento do piso do magistério.

 Os estados que vão receber a complementação são Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco e Piauí. De acordo com a lei, a União repassa a complementação aos estados e municípios que não alcançam, com a própria arrecadação, o valor mínimo nacional por aluno estabelecido a cada ano. Em 2017, esse valor é de R$ 2.875,03.

 O Fundeb é formado, quase totalmente, por recursos provenientes de percentuais de tributos, como o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), e transferências vinculadas à educação. Além desses recursos locais, ainda compõe o Fundeb, a título de complementação, uma parcela de recursos federais.

 Os recursos do fundo, repassados aos estados e municípios, devem ser aplicados na remuneração de profissionais do magistério em efetivo exercício, como professores, diretores e orientadores educacionais. A verba também pode ser aplicada em despesas de manutenção e desenvolvimento do ensino, compreendendo, entre outras ações, a aquisição de equipamentos e a construção de escolas.

Agência  Brasil 

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Comerciantes do Feiraguay solicitam reordanamento das vagas de estacionamento


O reordenamento das vagas de estacionamento nas ruas próximas ao Feiraguai foi uma das solicitações apresentadas durante reunião da Associação dos Vendedores Ambulantes de Feira de Santana (AVAMFS) com representantes do Governo Municipal, na noite desta terça-feira, 21, realizada no Centro Paroquial Senhora Santana.

 Participaram do encontro o secretário municipal de Gestão e Convênios, Ozeny Moraes, o chefe de Gabinete da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Georgeton Rios, o chefe da Divisão de Engenharia e Planejamento da Superintendência Municipal de Trânsito, Salviano Charves, e o vereador Luiz da Feira.

 Durante o encontro também foram discutidos: a adequação do projeto de reforma do telhado, de modo que durante as obras não sejam interrompidas as atividades comerciais no local, melhorias na sinalização vertical e horizontal nas ruas que ficam no entorno do Feiraguai, sobretudo, na avenida Presidente Dutra; a garantia da acessibilidade das pessoas, através da organização do comércio local, e a realização de um treinamento de combate a incêndio, que será no mês de março.

 As solicitações apresentadas serão avaliadas. A reunião ainda contou com as presenças do presidente da AVAMFS, Rodrigo Sodré; do vice, Sandro Santana, além do bombeiro militar Ivan Medeiros e associados.

Túnel Linner facilita escoamento de água de chuva na Sampaio


O Governo Municipal deu início às obras de construção do Túnel Linner na avenida Sampaio, na manhã desta quarta-feira, 20. Com a implantação de infraestrutura nesta artéria, medida estruturante para a implantação do BRT em Feira de Santana, a capacidade de captação de águas pluviais será ampliada.

 As obras foram iniciadas com a construção do primeiro Poço de Visita (PV) ao longo da avenida Sampaio, em frente ao posto BRX, local onde serão instalados dois. Justamente por isso, o tráfego de veículos foi interrompido no trecho de cerca de 100 metros, entre as ruas Vasco Filho e a Comandante Almiro.

 O projeto prevê a construção de 13 Poços de Visita ao longo da avenida Sampaio, um percurso que liga as avenidas Maria Quitéria e Senhor dos Passos. O terceiro PV ficará instalado no cruzamento com a rua Comandante Almiro.

 A iniciativa do Governo Municipal visa drenar as águas das chuvas, evitando o escoamento e acúmulo nas trincheiras dos cruzamentos entre as avenidas Getúlio Vargas e Maria Quitéria (já construída) e João Durval com Presidente Dutra (em construção).

 O Túnel Linner tem como objetivo drenar as águas das chuvas, evitando o acúmulo nas duas trincheiras (tanto o Túnel Divaldo Franco, na avenida Maria Quitéria, como o que está em construção na av. João Durval), bem como a drenagem das águas das ruas no período chuvoso.

Investimento do Governo potencializa ações dos blocos afro


Os convênios firmados entre a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e os blocos afro Olodum e Ilê Aiyê, em 2016, para inclusão social e capacitação profissional de jovens em situação de vulnerabilidade, já começam a apresentar seus primeiros resultados neste Carnaval. Com investimento de R$ 2,2 milhões, os projetos Escola Olodum: Pela Paz e Pela Vida e Bloco Afro nas Comunidades irão beneficiar mais de 1,8 mil jovens, entre 15 e 21 anos, com cursos profissionalizantes de Percussão, Canto, Dança e Estética Afro, Turbantes e Trançados. Desse total, 119 já estão sendo qualificados pela Escola Olodum, e o aprendizado será apresentado na abertura do Carnaval de Salvador, nesta quarta-feira (22), às 18h.

 À convite da Empresa Salvador Turismo (Saltur), o desfile da banda juvenil Escola Olodum contará com a presença dos jovens que fizeram as oficinas de percussão nos bairros do Uruguai, Nordeste de Amaralina e Pelourinho, em janeiro deste ano. Com as batidas do samba reggae, os alunos participarão do cortejo, que sairá da Praça Castro Alves até a Praça Municipal, e serão remunerados pela apresentação. Para o secretário da SJDHDS, Carlos Martins, “esse é o resultado de uma importante ação afirmativa, que está sendo executada de forma exitosa, nos bairros com população majoritariamente negra e de baixa renda, e que contribuirá para o empoderamento juvenil, redução da violência, qualificação profissional e inserção dos jovens no mercado de trabalho”.

 O grupo também participará do tradicional desfile do bloco afro Olodum, na sexta-feira (24), no circuito Osmar, e ainda vai animar os foliões que vão curtir o carnaval na segunda-feira (27), no Pelourinho. O desfile, marcado para as 14h, em frente à Escola Oldoum, também contará com a participação dos alunos das oficinas de dança afro, turbantes e trançados. “A parceria com a Secretaria de Justiça está trazendo novos marcos para proteger a vida, estimular outras vivências e criar uma metodologia, onde a cultura e a arte são símbolos transformadores da experiência e expectativa de vida da juventude”, destacou o presidente do bloco afro Olodum, João Jorge.

Ilê Aiyê 

 O Bloco Afro nas Comunidades, parceria da SJDHDS com o Ilê Aiyê, vai dar início aos primeiros cursos profissionalizantes dia 6 de março, nos Centros Sociais Urbanos de Mussurunga e de Valéria, e na Senzala do Barro Preto, no Curuzu. Os dois projetos, que também promovem o acesso à cultura, cidadania, autoestima e defesa de direitos, integram as ações do Programa Pacto Pela Vida, do Governo do Estado.

Bahiatusa inicia receptivo a turistas no Aeroporto

A Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa) inicia ação de receptivo nesta quinta-feira (23), às 9h, na área externa dos portões de desembarque nacional e internacional do Aeroporto de Salvador, onde baianas tipicamente trajadas distribuirão fitinhas do Senhor do Bonfim. Na área interna nacional, das 9h às 11h30, um grupo de samba de roda alegrará os passageiros. Os turistas ainda poderão fazer pinturas tribais no corpo. O receptivo prossegue até as 21h.

 A ação de receptivo acontece também no desembarque da Estação Rodoviária e no Mercado do Rio Vermelho.

Animação e ritmo marcam encerramento do Projeto Sudesb Verão


Em grande estilo e com muita animação, mais de 150 pessoas participaram, nesta quarta-feira (22), do 'aulão' matutino de despedida da 7ª edição do Projeto Sudesb Verão de Salvador, uma iniciativa da Superintendência dos Desportos do Estado (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). Com direito a um 'trio elétrico' improvisado e um café da manhã à base de frutas e suco servido após a aula, as atividades foram encerradas no embalo de marchinhas antigas de Carnaval.

 Com disposição e ritmo, Joel Pinto da Silva, 72 anos, aposentado e morador do Costa Azul, era um dos mais animados. Participante do projeto há duas edições, ele marcou presença em todos os dias de aula desta temporada, iniciada em 28 de dezembro. Flexibilidade, melhor forma física e bem-estar com o alongamento foram algumas das conquistas observadas por Joel no período.

 Maria Helena Freitas é mais uma fã do Projeto Sudesb no Verão de Salvador, que frequenta há pelo menos três edições. Na opinião dela, trata-se de “uma oportunidade excelente para aqueles que não têm condição de pagar uma academia. É um incentivo para que as pessoas pratiquem atividade física, deixando o sedentarismo de lado”.

 Coordenador local do projeto e professor de Educação Física, Felipe Benevides afirma estar satisfeito com o trabalho realizado. “Tivemos inúmeros relatos de pessoas falando sobre melhoria da qualidade de vida, do aumento da disposição para executar tarefas diárias. É muito gratificante ouvir esses depoimentos e também perceber a evolução que tiveram no desenvolvimento da atividade, melhorando coordenação motora, flexibilidade e resistência”, observa o profissional. Durante os dois meses de atividade, foram atendidos mais de 12 mil pessoas, com faixa etária variando de 18 a mais de 80 anos.

 Proteção 

 O projeto ainda cumpre o papel de conscientizar as pessoas sobre a importância de se fazer uso do protetor solar. Parceiro da Sudesb na ação, o Centro Estadual de Oncologia da Bahia (Cican) esteve presente em todas as aulas, alertando os alunos. No local, um protetor solar foi disponibilizado, contando também com a presença da assistente social sanitarista Nádia Simões, funcionária do centro de oncologia.

 “Durante este tempo, prestei orientação individual sobre uso do protetor, e saio daqui contente com a grande adesão de homens e mulheres no uso do produto, com muitos fazendo a aplicação espontaneamente, sem necessitar de nosso alerta”, comemora Nádia. Também foram parceiros da Sudesb na realização do projeto a Polícia Militar, a Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder), a Federação Baiana de Desporto de Participação (FBDPAR) e do Programa Pacto Pela Vida. O investimento na ação é da ordem de R$ 268 mil.

Governo realiza pagamento das diárias de Carnaval aos policiais nesta quarta-feira

Já está disponível aos mais de 26 mil servidores estaduais baianos, que atuam na área de segurança pública, o pagamento das diárias relativas ao plantão de Carnaval. O montante investido, como parte das ações de valorização do funcionalismo estadual do Governo da Bahia, chega a quase R$ 27 milhões e atendem servidores da Secretaria da Segurança Pública (SSP), Polícia Militar e Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Departamento de Polícia Técnica (DPT) e Casa Militar.

 No dia 9 de fevereiro, o governador Rui Costa anunciou em seu Facebook reajuste de 6,29% no valor das diárias dos plantões de Carnaval em 2017, com base na variação do Índice de Preços ao Consumidor Ampliado (IPCA) de 2016. Na mesma postagem, foi informado o encaminhamento de projeto de lei à Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), que estabelece novos critérios para a concessão do Prêmio por Desempenho Policial (PDP). O projeto de lei foi entregue no dia 17 de fevereiro.

 O pagamento dos proventos aos demais servidores estaduais será feito no dia 24 de fevereiro, antes dos festejos momescos. A tabela de pagamentos do funcionalismo foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) de 12 de janeiro.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Seduc firma parceria com PRF e vai desenvolver projeto de educação para o trânsito


Discutir temáticas relacionadas ao trânsito através de atividades pedagógicas, com foco na conscientização dos jovens e adolescentes. Este é o objetivo do Festival Estudantil Temático de Trânsito – FETRAN, que será desenvolvido em Feira de Santana a partir da parceria entre a Secretaria Municipal de Educação e a Polícia Rodoviária Federal. Na manhã desta terça-feira, 21, na Seduc, o Grupo de Educação Para o Trânsito da PRF apresentou detalhes do projeto à secretária de Educação, Jayana Ribeiro.

 Criado em 2004, o Festival é um projeto de educação para o trânsito que utiliza atividades pedagógicas e inclui transversalmente a temática trânsito no cotidiano escolar. Desenvolvido em diversas regiões do Brasil, o FETRAN motiva a produção de trabalhos nas modalidades de teatro, maquetes, poesias, danças, músicas, textos, mural, entre outros, sempre procurando valorizar a diversidade escolar e cultural.

 A ação será desenvolvida este ano em cinco escolas municipais, como explica Janaina Souza, membro do Grupo de Educação Para o Trânsito: “Começamos com um grupo pequeno de escolas, mas a intenção é ir ampliando ao longo dos anos. O projeto visa proporcionar a discussão sobre o trânsito nas escolas e conscientizar as crianças para que elas atuem como incentivadores dos pais e dos adultos em geral. Desta forma, as crianças podem despertar nas pessoas à sua volta certos cuidados no trânsito”.

“Atividades como esta, desenvolvidas em conjunto com outras instituições, são muito bem vindas. A Seduc já possui uma parceira, por exemplo, com a Polícia Militar para o desenvolvimento do PROERD, que visa combater o uso de drogas. Desse modo, ter também o apoio da PRF para discutir a educação para o trânsito com os nosso alunos, é bastante proveitoso. É preciso formar nossas crianças, pois elas também são parte do trânsito. Seja como carona, pedestres ou futuros motoristas”, afirma a secretária de Educação, Jayana Ribeiro.

 O projeto tem duração média de quatro meses e está estruturado em quatro eixos: sensibilização, leitura de imagens, urbanidade e estatística e meios de transporte. Deverá integrar atividades da Rede Municipal de Ensino no segundo semestre deste ano. Os professores das escolas participantes da ação vão participar de uma formação à distância, oferecida pela PRF.

Tráfego em parte da avenida Sampaio será alterado a partir desta quarta-feira


A partir desta quarta-feira, 22, o trânsito na avenida Sampaio, trecho entre as ruas Comandante Almiro e Juracy Magalhães Júnior, passará por alterações devido ao andamento do tunnel liner. A rede de captação de águas pluviais que está sendo construída pela Prefeitura de Feira de Santana entra na etapa da rua Vasco Filho – a parte da avenida Presidente Dutra já está quase concluída.

 O estacionamento de veículos entre Comandante Almiro e a Vasco Filho não mais será permitido enquanto as obras estiveram sendo realizadas. Entre a Vasco Filho e a Juracy Magalhães Júnior será mão única.

 Também não será permitida a circulação de caminhões que tenham a partir de três eixos e de ônibus. Os veículos que fazem o transporte intermunicipal para a região norte, terão a opção das avenidas Maria Quitéria e Presidente Dutra para chegarem à Estação Rodoviária.

 A necessidade da mudança na rota dos ônibus intermunicipais foi informada à Agerba, agência estadual que trabalha na regularização deste setor. O motorista que circular pela rua Aristides Novis não mais vai poder chegar à Estação Rodoviária pela Vasco Filho. Deve pegar à esquerda na avenida Sampaio.

 Entretanto, o trânsito na Sampaio entre a avenida Maria Quitéria e a rua Juracy Magalhães vai continuar sendo mão dupla. “A configuração da praça Tiradentes permite”, afirmou o superintendente municipal de trânsito, Maurício Carvalho.

 Ele ainda disse que a SMT fará a sinalização horizontal e vertical. “Quatro equipes de agentes de trânsito orientarão os motoristas nos próximos dias”. Até que as mudanças sejam assimiladas pelos condutores, os agentes foram orientados a não multar.

Definido esquema de segurança para partida entre Fluminense de Feira e Bahia

Fluminense de Feira e Bahia se enfrentam nesta quarta-feira, 21, no Joia da Princesa, pelo Campeonato Baiano. A partida vai começar às 21h45 e promete atrair um bom público. O esquema de segurança já está definido para atender a demanda. “A estrutura operacional foi montada para atender a grandes eventos. Os torcedores e jogadores terão segurança especial”, afirma o diretor de Esportes da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, Emerson Brito.

 O assunto foi discutido durante reunião na noite desta segunda-feira, 20, com as presenças do secretário de Prevenção à Violência, Mauro Moraes, representantes da Polícia Militar, administrador do Joia, José Fernando dos Santos, e do diretor do Fluminense de Feira, José Francisco Pinto, o Zé Chico.

 As torcidas terão acesso ao estádio pelos portões um, dois, quatro e cinco. Enquanto isso, serão abertas as bilheterias um (principal), dois (geral) e cinco (exclusiva para visitantes).

 Emerson Brito afirma também que as câmeras de videomonitoramento estão sendo revisadas para garantir seu pleno funcionamento. São 27 equipamentos, além das câmeras que monitoram o lado externo do Joia da Princesa.

IPVA com 5% de desconto para placas de final 1 vale até esta quarta-feira

O prazo para desconto de 5% no pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), para carros com placas de final 1, termina nesta quarta-feira (22). O desconto vale para quitação em cota única. Também vence nesta quarta a primeira cota do parcelamento, caso o contribuinte faça esta opção, ficando as demais parcelas agendadas para 27 de março e 27 de abril. Também é possível pagar o valor total do tributo, sem desconto, até 27 de abril.

 As datas para pagamento com desconto de 5% variam de acordo com o número final da placa do veículo. O calendário completo está disponível no site da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA), clicando no canal Inspetoria Eletrônica e, em seguida, em IPVA.

 Quem quitou integralmente o imposto até 7 de fevereiro teve acesso a um desconto mais expressivo, de 10%. Esta foi a opção de 97,8 mil contribuintes baianos, contingente 33,1% maior que o registrado em 2016, quando 73,4 mil pessoas aproveitaram o abatimento. A quitação antecipada alcançou 5,28% da frota tributável do imposto em todo o estado, que é de 1,85 milhão de veículos.

 Para efetuar o pagamento do IPVA, basta dirigir-se a uma agência ou caixa eletrônico do Banco do Brasil, Bradesco ou Bancoob, com o número do Renavam. A Sefaz-BA ressalta que não encaminha boleto de pagamento do IPVA para os contribuintes. Em caso de dúvida, o contribuinte pode entrar em contato com o call center da Sefaz, pelo 0800 071 0071.

Projeto Sudesb no Verão de Salvador encerra atividades nesta quarta-feira

Após quase dois meses de funcionamento, o Projeto Sudesb Verão de Salvador realiza nesta quarta-feira (22), no Parque Costa Azul, as quatro últimas aulas da temporada, que teve início em 28 de dezembro. Não havendo chuva, as atividades seguem o fluxo normal, iniciando a primeira aula às 6h30 e a segunda do turno matutino às 7h30. No período da tarde, as duas aulas começam às 17h30 e às 19h30, respectivamente.

 O repertório musical de todo o dia será no ritmo da festa de Momo, animando o público presente, que tem faixa etária de 18 a mais de 80 anos. Iniciativa da Superintendência dos Desportos do Estado (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), o projeto chegou à sétima edição neste ano.

 A iniciativa tem apoio da Polícia Militar, do Hemoba/Cican, da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder), Federação Baiana de Desporto de Participação (FBDPAR) e do Programa Pacto Pela Vida.

Atendimento a múltiplas vítimas do HGE está preparado para o Carnaval


Em poucos minutos, o estacionamento coberto do Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador, pode ser transformado em mais um núcleo de emergência da instituição. O espaço, que diariamente guarda os veículos de alguns profissionais de saúde, foi projetado para ser facilmente adaptado ao tratamento de vítimas de desastres de grandes proporções. Inaugurado há um ano, mas nunca demandado, o Centro de Atendimento a Múltiplas Vítimas está preparado para garantir atendimento, caso haja necessidade, durante todo o Carnaval.

 "O HGE é o principal hospital de Salvador da rede SUS [Sistema Único de Saúde] no Carnaval de Salvador. Referência no atendimento a traumas, o HGE tem o único pátio de múltiplo atendimento da Bahia. Evidentemente que não queremos precisar utilizar os serviços do centro, mas, se precisarmos, poderemos contar com esse importante serviço", destaca o secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas.

 Uma simulação de atendimento foi realizada nesta terça-feira (21), com a presença do vice-governador João Leão. Com investimentos de mais de R$ 800 mil, o centro está apto a receber e tratar mais de 25 vítimas simultaneamente. O espaço é equipado com toda a infraestrutura de oxigênio, rede elétrica e demais características de uma emergência hospitalar. As vítimas que chegam passam por uma triagem e são encaminhadas rapidamente para os leitos adequados à gravidade dos ferimentos.

 "No caso de um acidente com múltiplas vítimas, o paciente vai ter à disposição tudo o que uma sala de emergência dispõe em qualquer hospital. A diferença é o espaço. Aqui é possível abrigar um número maior de acidentados para o atendimento", afirma o diretor-geral do HGE, André Luciano. 

Na unidade, primeira do tipo implantada no Brasil, as vagas de estacionamento viram leitos hospitalares e a organização de toda área é feita por cores. O azul representa o espaço e a equipe de triagem. O amarelo é voltado para equipe e casos de gravidade intermediária. Enquanto o vermelho é válido para situações em que haja risco de morte.

 Uma equipe de assistentes sociais é responsável pela identificação das vítimas, acolhimento das famílias e pelo fluxo da informação. Médicos, enfermeiros, auxiliares e o corpo administrativo atuam em regime de plantão e podem ser acionados a qualquer momento.

Sistema eletrônico de processos é apresentado a equipes da Saeb


Mais de 200 servidores da Secretaria de Administração do Estado da Bahia (Saeb) foram apresentados oficialmente ao Sistema Eletrônico de Informação (SEI) nesta terça-feira (21) no auditório da Secretaria de Educação, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. Lançado em dezembro de 2016, o software – que irá eliminar o uso de papel como suporte físico para documentos institucionais – já entrou em ambiente de produção e, a partir do dia 31 de março, começa a ser utilizado por diversas equipes da Saeb.

 “Hoje é um dia muito importante para todos nós. Este sistema representa uma quebra de paradigma na administração pública estadual”, ressaltou o chefe de gabinete da Saeb, Rodrigo Pimentel, na abertura do evento de sensibilização, intitulado 'SEI: Tramitação de Processos Administrativos Digitais na Saeb'. Rodrigo lembrou que desde que ingressou na secretaria, em 2002, já havia esforços no sentido de promover a implantação de um sistema eletrônico de processos, que agora torna-se realidade, garantindo mais agilidade, transparência e redução de custos para a máquina pública.

 Na sequência, o líder da implantação do SEI Bahia, Wívisson de Ataíde, fez um balanço dos objetivos do projeto e do cronograma, chamando atenção, entre outras coisas, para os ganhos ambientais proporcionados pela redução do consumo de papel. “Cinquenta mil servidores gastam em média 200 milhões de folhas de papel, o que equivale a 400 mil resmas e 20 mil árvores derrubadas”, contabilizou Wívisson. “O SEI chegou para nos ajudar a fazer a nossa parte na preservação do planeta”.

 A programação do evento incluiu apresentações do representante da Coordenação de Controle Interno (CCI) da Saeb, Marcos Corrales, abordando o tema da instrução processual na administração pública, e do líder técnico do projeto, Sandoval Medeiros, que utilizou o data show para simular procedimentos no SEI, mostrando na prática para os futuros usuários como funciona o novo software.  
Cronograma 

 De acordo com o cronograma do projeto, estão previstos os primeiros treinamentos para os usuários do novo sistema nos próximos dias 7 e 8 de março. Já no dia 31 de março, deverá estar disponível para os usuários o primeiro processo eletrônico, relativo a 'Aquisições por Dispensa de Licitação'. A partir daí, os demais processos serão inseridos paulatinamente no SEI. Com o projeto, a Bahia torna-se o primeiro estado da federação a implantar o sistema, que foi criado e cedido gratuitamente pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4).

 O SEI é o sistema adotado no projeto Processo Eletrônico Nacional (PEN), iniciativa conjunta de órgãos e entidades de diversas esferas da administração pública, com o intuito de construir uma infraestrutura pública de processos e documentos administrativos eletrônicos.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Prédio do Arquivo Público Municipal completa 100 anos de construído


Construído durante o período da Intendência do Cel. Agostinho Fróes da Motta, em 1917, o prédio onde atualmente funciona o Arquivo Público Municipal, no nº 1101, da Avenida Senhor dos Passos, está completando 100 anos de fundado.

O prédio, que foi inaugurado em janeiro de 1918 e funcionou, durante décadas, a Escola João Florêncio, hoje abriga um acervo composto por mais de 200 mil documentos relativos à história administrativa de Feira de Santana, e está aberto para pesquisa de estudantes, professores, pesquisadores e à comunidade em geral.

O Arquivo Público Municipal dispõe de uma biblioteca com mais de 1.000 livros históricos que compreende o período da Intendência até a época atual. Entre documentos raros que remontam a história e a formação do Município, são encontrados projetos arquitetônicos de prédios públicos datados desde 1916 até 2002, bem como escrituras de 1881 a 1888.

 A história do período escravocrata se encontra devidamente documentada em inúmeros livros que registram a compra e a venda de escravos, em Feira de Santana.

 Estrutura 

 O prédio oferece recepção; sala de arquivo intermediário, onde estão plantas e projetos diversos de construções; sala de apoio à pesquisa, com vasta coletânea de livros e revistas sobre a história de Feira de Santana, além de recortes de jornais, decretos, portarias e leis municipais; sala de pesquisa onde estão nove pôsteres de vultos históricos da cidade, dentre intendentes, a heroína Maria Quitéria, o historiador monsenhor Renato de Andrade Galvão e da maestrina Georgina Erismann.

 A estrutura do Arquivo Público também conta com sala de atendimento, onde constam as fichas de todos os servidores públicos municipais; sala de exposição, com 55 fotos históricas antigas; sala de triagem e depósito e ampla sala de livros. Neste prédio ainda funciona o Instituto Histórico e Geográfico de Feira de Santana.

 A chefe da Divisão do Arquivo Público Municipal, Gleide Maria Bastos Silva Figueiredo, informa que o equipamento está aberto à visitação pública de segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 17h. A visitação de grupos pode ser agendada pelo telefone 3603-7770.

Termina hoje recadastramento de aposentados e pensionistas


Termina nesta segunda-feira, 20, o recadastramento de aposentados e pensionistas do Instituto de Previdência Municipal de Feira de Santana (IPMFS). Os beneficiados devem se dirigir à sede do órgão, na rua Leolinda Bacelar, nº 207, bairro Kalilândia. A atualização é anual e obrigatória.

 É importante que os beneficiados compareçam para regularizar a situação, sob pena de serem retirados da folha de pagamento. É necessário levar os documentos pessoais. As informações atualizadas são remetidas para o banco de dados do órgão.

 O Instituto da Previdência tem realizado nos últimos anos o cadastramento dos aposentados e pensionistas do Município como forma de atualizar os dados dos segurados e ao mesmo tempo evitar possíveis pagamentos indevidos. A medida é obrigatória para todos os institutos previdenciários públicos do país.

Guias e Monitores do Carnaval atendem cerca de 600 mil turistas

Posto de informação turística

Em andamento desde 2008, o programa Guias e Monitores do Carnaval está capacitando 200 pessoas para prestar informações aos turistas que chegarem à Bahia neste ano. O atendimento é feito em dez idiomas e, para bem informar, os guias e monitores participam, nestas segunda (20) e terça-feira (21), de uma capacitação, na sede da Secretaria de Turismo do Estado, com palestras sobre segurança pública, combate ao racismo, sobre pontos turísticos de todo o estado e outras informações relevantes.

 O músico espanhol Gaston Perez está viajando com a namorada há oito meses pelo Brasil e, pela segunda vez na Bahia, está acompanhado de mais dois amigos. “Da outra vez que estive na Bahia, precisei de um hospital, tivemos um problema de infecção urinária, e consegui a informação aqui no Serviço de Atendimento ao Turista do Pelourinho, foi muito importante para nós”.

 De Istambul, na Turquia, a turista Zeynep Bayraktar foi atendida em inglês, também no Serviço de Atendimento ao Turista, nesta segunda-feira. “Eu vim de uma viagem de dois dias a Salvador e estava procurando outras opções, como a Chapada Diamantina. Perguntei sobre ônibus, hospedagem, eles me deram todas as informações. Perguntei também o que havia para fazer na Chapada Diamantina, eles falam inglês muito bem”, avaliou.

 Para o secretário do Turismo, José Alves, a expectativa é de que cheguem 600 mil turistas a Salvador e, com o fluxo interno que já existe, aproximadamente um milhão de pessoas devem estar em trânsito no Carnaval na capital. “Este é um dos melhores verões dos últimos tempos, com ocupação em toda a Bahia. Devemos ter ocupação hoteleira total em todos os polos, como Ilhéus, Porto Seguro, Morro de São Paulo, Chapada Diamantina, entre outros. Quem trabalha como guia tem muita paciência e alegria para receber. É isso que estes guias precisam passar para quem chega”.

 Participando pela quinta vez do projeto, Denílson José dos Santos gosta do trabalho e destaca que turismo sem informação não existe. “Em qualquer lugar do mundo a informação é o pressuposto para o turismo. Em outras edições, tivemos aula com o professor Ubiratan Castro e foi de grande valor cultural para todos nós, também temos palestras que mostram como vai funcionar a Polícia Militar, a acessibilidade, os transportes, é fundamental que nós estejamos capacitados para desenvolver um trabalho a contento”.

 Segundo a coordenadora do Projeto Guias e Monitores do Carnaval, Eloísa Caldeira, o projeto também é realizado em outros grandes eventos, como Copa do Mundo e Olimpíadas. “Já recebemos representantes de outros estados, somos considerados um case de sucesso, recebemos prêmios. Ano passado tivemos cerca de 160 mil atendimentos, neste ano vamos ultrapassar um milhão de turistas atendidos desde a primeira edição”.

 A coordenadora informa que este ano, 200 profissionais qualificados vão realizar o atendimento. “Uma empresa é licitada e faz a contratação, com base na experiência de anos anteriores, e dando preferência a pessoas que tenham experiência com outros idiomas. Eles vão atuar nos três circuitos, nos principais hotéis, aeroporto, rodoviária, vão estar na chegada dos navios ao Porto de Salvador e em locais estratégicos, devidamente identificados, uniformizados, tanto em Salvador como no interior”.

 Outro instrumento serão os Postos de Informação Turística (PITs). Serão três em Ondina, dois na Barra, outros no Centro Histórico, com um guia de turismo formado para prestar informações não apenas sobre o Carnaval, mas sobre outros pólos turísticos.

Distrito integrado reforça segurança pública em Porto Seguro

Governador Rui Costa inaugura a Unidade de Saúde da Família (USF) Vila Vitória, Porto Seguro

A partir desta segunda-feira (20), as polícias Civil, Militar e Técnica de Porto Seguro, no sul da Bahia, começam a trabalhar no mesmo local, no Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep). Inaugurado pelo governador Rui Costa, o Disep permite que as demandas da população do município e de cidades vizinhas sejam atendidas de maneira mais ágil. Este é o 12° implantado na Bahia.

 "O objetivo aqui é integrar. A palavra-chave é integração. Anteriormente, cada um ficava em um canto, às vezes muito distantes na cidade e quase não se falavam. Com isso, o resultado ficava prejudicado. Agora, no Disep, cada um tem o seu prédio, mas estão todos juntos, facilitando a comunicação e o planejamento. Logo iremos colher os resultados dessa política de integração das polícias", afirmou Rui. A estrutura, que recebeu cerca de R$ 6 milhões em investimentos, possui módulos específicos para a Polícia Militar, Polícia Civil e Departamento de Polícia Técnica (DPT), além de unidade administrativa e Laboratório de Análise de Drogas.

 Na ocasião, quatro viaturas também foram entregues para substituição da frota da Polícia Civil de Porto Seguro e de Santa Cruz de Cabrália, num total de R$ 336 mil investidos. O secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, destaca que o Disep "contribui para a segurança pública de toda região, que se une ao Cicom [Centro Integrado de Comunicação]. Esse é um grande sucesso e algumas secretarias de outros estados têm replicado nosso modelo, porque é uma filosofia de trabalho que dá certo, através da integração entre as forças".

 Ainda em Porto Seguro, o governador inaugurou uma Unidade de Saúde da Família (USF) no bairro Vila Vitória. O posto possui farmácia, consultórios médicos e odontológicos, oferecendo triagem neonatal e pré-natal, planejamento familiar, vacinação, entre outros serviços.

Secretaria lança coletânea com orientações sobre práticas sustentáveis

A Secretaria da Educação da Bahia disponibilizou na internet a coletânea 'Escolas Sustentáveis: quais os caminhos?'. A publicação contém 27 projetos desenvolvidos por estudantes e professores da rede estadual, que foram apresentados na IV Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente. O objetivo é mostrar possíveis intervenções na escola para a promoção da consciência socioambiental dos estudantes e para o desenvolvimento de ações sustentáveis. A coletânea está disponível para download no Portal da Educação.

 Inspirados nos elementos terra, fogo, água e ar, os projetos apresentados na coletânea tratam de questões como reciclagem de papel no ambiente escolar, elaboração de hortas e jardins, reaproveitamento de material que seria descartado e jogado no lixo, agroecologia e qualidade do ar. Muitos projetos também abordam a relação da escola com os recursos hídricos, tratando de temáticas como a reutilização da água da chuva e do reflorestamento.

 O coordenador de Educação Ambiental e Saúde da secretaria, Fabio Barbosa, ressalta a importância da iniciativa. “Esta publicação representa o registro e o coroamento de todo um processo de mobilização, de sensibilização, de trabalho das instituições e parceiros envolvidos, mas, principalmente, do apoio e do entusiasmo de professores e estudantes, que realizaram as conferências em mais de 1728 escolas das redes estaduais, municipais e privadas, colocando a Bahia no segundo lugar em participação no âmbito nacional”, comenta.

 Fabio Barbosa acrescenta que a utilização da obra, de forma multidisciplinar, pode servir de suporte pedagógico e subsídio para a implantação de ações sustentáveis nas escolas. “Além dos professores incentivarem os estudantes nesta área, o lançamento da publicação pode motivar a participação dos alunos para a V Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente, com previsão de realização para esse ano”.

Governo federal aumenta repasses do salário-educação em 7%

O Ministério da Educação anunciou hoje o aumento de 7% do repasse dos recursos do salário-educação para municípios, estados e Distrito Federal em relação a 2016. No ano passado, o repasse foi R$ 11,71 bilhões e deve chegar a R$ 12,53 bilhões este ano, segundo informações do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

 O salário-educação é uma contribuição social recolhida de todas as empresas e entidades vinculadas ao Regime Geral da Previdência Social. Após a arrecadação, feita pela Receita Federal, cabe ao FNDE repartir os recursos. Do valor arrecadado, 90% vai para a cota estadual/municipal (2/3) e para a cota federal (1/3), e 10% devem serem utilizados pela autarquia em programas e ações voltados à educação básica. 

“O salário-educação é uma das principais fontes de recursos para a manutenção e desenvolvimento do ensino no país, ao lado do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação [Fundeb]”, disse o presidente do FNDE, Silvio Pinheiro. 

A distribuição dos recursos é feita com base no número de matrículas no ensino básico. A cota correspondente aos estados e municípios é depositada mensalmente nas contas das secretarias de educação. A cota federal é administrada pelo FNDE para reforçar o financiamento da educação básica. O objetivo é reduzir os desníveis socioeducacionais entre municípios e estados.

Agência Brasil 

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Jogadores, dirigentes e imprensa esportiva elogiam gramado do Joia


O Estádio Joia da Princesa já foi palco de três partidas do Campeonato Baiano de Futebol 2017. Mando de campo dos times da cidade na elite do certame estadual, Bahia de Feira e Fluminense de Feira, o gramado da praça esportiva tem sido bastante elogiado por atletas, dirigentes e profissionais da imprensa.

 O radialista Wilson Passos, um dos cronistas esportivos mais experientes da imprensa regional, e conhecedor de todas as praças esportivas do estado e de várias outras cidades do país, afirma que o estádio feirense tem o melhor gramado do Campeonato Baiano, superando inclusive as modernas arenas da capital. "E isso é um orgulho para Feira de Santana", completa.

 O grande craque do Fluminense de Feira, o jogador Jorge Wagner, que já jogou em grandes clubes do país e no exterior, disse que o campo do Joia não deve nada a nenhum gramado do Brasil. "Feira de Santana ganha muito com isso, o futebol baiano ganha, e os jogadores agradecem por poder jogar nesse tapete", salientou.

 O "tapete verde" tem sido elogiado também por dirigentes de clubes de outras cidades. O presidente do Esporte Clube Jacuipense, Felipe Sales, parabenizou o Governo Municipal tanto pela reforma no estádio, como pela manutenção. "Tive a oportunidade de conhecer todo o sistema de manutenção do gramado, o serviço que é feito cuidadosamente, é algo de primeiro mundo. A Prefeitura de Feira de Santana está de parabéns", ressaltou.

 Neste domingo o estádio receberá mais um importante jogo. O Bahia de Feira recebe um dos grandes times do futebol baiano, o Esporte Clube Vitória. "É mais um jogo que promete um bom público e estamos prontos para receber essa partida, que envolve uma das equipes da elite do futebol nacional na atualidade. E com certeza mais uma vez nosso gramado será bastante elogiado", destacou o diretor do Departamento de Esportes do Município, Emerson Brito.

Menos da metade dos veículos do transporte escolar compareceram à vistoria obrigatória


Apesar da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) ter prorrogado o prazo para vistoria dos veículos que realizam o transporte de estudantes no município para esta sexta-feira, 17, apenas 43 veículos de 111 credenciados foram levados ao pátio da SMTT, até a manhã de hoje.

 O titular da pasta, secretário Pedro Boaventura afirma que os veículos que não passarem pela vistoria poderão ser enquadrados como transporte irregular de passageiros e terão suas autorizações cassadas.

 A fiscalização confere as condições gerais do veículo, como equipamentos de segurança, padronização do veículo, as condições das lanternas e faróis e o tacógrafo, cinco de segurança e outros equipamentos exigidos pelo Contran. São ao todo 57 itens inspecionados. Os documentos do veículo e do condutor também são exigidos.

 Há dez anos realizando o transporte de estudantes, Dilson de Souza levou seu veículo, na manhã de hoje, para passar pela vistoria. “Acho importante essa inspeção, uma vez que transportamos pessoas em nossos veículos e devemos oferecer a total segurança para elas”, considera. A vistoria teve inicio no dia 23 de janeiro. Ao final da inspeção, os veículos recebem um adesivo comprovando a vistoria.

Policlínicas e UPA registraram mais de 37 mil atendimentos somente em janeiro


Mais de 37 mil atendimentos foram registrados nas sete Policlinicas situadas nos bairros e distritos do município, e na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Mangabeira, somente no mês de janeiro. Deste total, foram realizadas 66 transferências de adultos e 16 de crianças para outras unidades (0,2%).

 A coordenadora Geral das Policlínicas, Evani Cerqueira, observa que boa parte dos pacientes que chegam a estas unidades poderiam ter se dirigido inicialmente à Atenção Primária, que são as Unidades de Saúde da Família. "Isso acaba gerando uma sobrecarga nas policlínicas", considera.

 A supervisora das Policlínicas, Michele Teixeira, salienta que o atendimento é assegurado a 100% das pessoas que buscam o serviço de urgência e emergência na rede municipal. "Entretanto avaliamos que essa grande demanda, comparada ao número de transferências para unidades de alta complexidade, é fruto de um comportamento hospitalocêntrico".

 Em Feira de Santana, além da UPA do Bairro Mangabeira, o atendimento de urgência e emergência é garantido nas policlínicas situadas nas localidades: Feira X, George Américo, distrito de Humildes, Parque Ipê, Rua Nova, Upa Mangabeira, Tomba e distrito Maria Quitéria.

Estudantes da rede estadual ganham bolsas de iniciação científica do CNPq

Dez estudantes da rede estadual dos colégios ligados ao Território de Identidade Sertão do São Francisco ganharam bolsa de pesquisa do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic) – ação do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), realizada em parceria com a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). Os alunos foram selecionados graças à relevância social dos projetos de pesquisas desenvolvidos em sala de aula durante o ano letivo 2016, no âmbito do Ciência na Escola, projeto estruturante da Secretaria da Educação do Estado da Bahia.

 As experimentações científicas terão continuidade a partir do mês de março, quando os bolsistas passarão a frequentar a Univasf, no turno oposto à aula regular. Em contrapartida, os professores da universidade frequentarão às escolas desses estudantes, por meio dos Clubes de Ciências de cada unidade envolvida, com o objetivo de contribuir com o processo de ensino e aprendizagem.

 “A proposta é que se estabeleça uma relação intrínseca entre a realidade dos estudantes e o conhecimento produzido na universidade. Essa experiência de iniciação científica alcançará, efetivamente, os bolsistas, mas será disseminada por toda a escola por eles, que irão compartilhar as ações desenvolvidas com os colegas e com a comunidade do entorno, por meio de palestras, oficinas, cineclube e outras atividades”, destaca a professora formadora do Ciência na Escola, em Juazeiro, Vanessa Chaves.

 Os estudantes foram selecionados por especialistas da Univasf durante a I Mostra de Iniciação Científica do Sertão do São Francisco, realizada em setembro de 2016, envolvendo estudantes das escolas estaduais da área do Núcleo Regional de Educação 10 (NRE 10). Além de trabalhos na área de Ciências Humanas, os estudantes apresentaram projetos nas áreas de Ciências Exatas e da Natureza.

 Veja aqui os primeiros colocados por área:

 Ciências Humanas: Visão Além do Alcance - Colégio Democrático Estadual Professora Florentina Alves dos Santos (Codefas) - Juazeiro.

 Ciência Exatas: Valorização Sustentável do Bioma Caatinga – Colégio Estadual Rui Barbosa - Juazeiro

 Ciências da Natureza: Veículo Lançador de Sementes – Acompanhamento, Mapeamento e Recuperação de Áreas Degradadas - Colégio Estadual Maria José de Lima Silveira - Sobradinho.

Projeto de Lei amplia número de beneficiados em Prêmio por Desempenho Policial

Governo envia à Assembleia Projeto de Lei que amplia número de beneficiados pelo Prêmio por Desempenho Policial

O governador Rui Costa enviou, nesta sexta-feira (17), à Assembleia Legislativa Projeto de Lei que altera o Prêmio por Desempenho Policial (PDP). A nova proposta diminui o número de faixas de premiação para quatro, ao mesmo tempo que possibilita que um maior número de unidades e seus policiais que passem a ser beneficiados nas faixas com os maiores valores do Prêmio.

 Uma das novidades é que, com a mudança, todas as unidades que atingirem 100% da meta de 6% de redução dos crimes violentos letais intencionais receberão o valor máximo (PDP 1). Pela lei em vigor, apenas os 10 primeiros colocados têm direito ao valor mais alto.

 As unidade que alcançarem pelo menos metade da meta, passarão a receber o PDP-2 (antes recebiam o PDP-4). Outra importante alteração é que, se o projeto for aprovado, a unidade que alcançar entre 20% e 50% passará a ser contemplada com o prêmio, na categoria PDP-3.

 O texto também traz mudanças para as unidades especializadas, como o Departamento de Repressão ao Crime Organizado, e as Companhias Independentes de Policiamento Especializado que atualmente têm seus resultados vinculados ao desempenho do Estado. A ideia é que seus resultados sejam relacionados aos das áreas integradas onde atuam, facilitando seu acesso à premiação, dando-lhes a possibilidade de receber o PDP-1 ou PDP-2.

 Hoje, durante a solenidade de comemoração dos 192 anos da Polícia Militar o governador anunciou o envio da a nova proposta do PDP para a avaliação dos deputados estaduais. “Enviarei para a Assembleia Legislativa, o projeto de modernização da lei de promoções da Polícia Militar. Em apenas dois anos, conseguimos promover 11 mil policiais, um terço de todo o nosso efetivo, mas queremos avançar e melhorar ainda mais”, disse Rui.

Governo promove capacitação de guardas e bombeiros para o Carnaval

Guardas civis municipais e o Corpo de Bombeiros vão receber capacitação sobre a abordagem de crianças e adolescentes durante o Carnaval. Profissionais das duas entidades participarão de palestras sobre diversas temas, envolvendo o público infanto-juvenil, com o objetivo evitar violações de direitos nos dias de folia. A ação é coordenada pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), com apoio do Centro de Defesa da Criança e Adolescente da Bahia (Cedeca) e da Plan Internacional Brasil.

 “É fundamental que, além de nos mantermos atentos às violações dos direitos humanos e cidadania, possamos contar com a parceria de órgãos como Guarda Civil Municipal e Corpo de Bombeiros, entidades que estarão nas ruas, diretamente em contato com a população e com as crianças e adolescentes”, explica o titular da SJDHDS, Carlos Martins. “Garantir a conscientização dessas entidades é assegurar uma abordagem cidadã de acolhimento, além de aproximar e humanizar as relações entre os agentes e o público infanto-juvenil".

 O treinamento e a capacitação em abordagem de crianças e adolescentes também vão esclarecer e orientar quanto ao atendimento e o devido encaminhamento dos jovens apreendidos durante o Carnaval, conforme estabelecido no Estatuto da Criança e do Adolescente. Ao todo, 70 agentes serão capacitados. A primeira oficina formativa acontece na terça-feira (21), com 20 agentes da Guarda Municipal, no Centro de Estudos e Assessoria Pedagógica (Ceap), no Garcia.

 No quarta (22) será a vez dos bombeiros, no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças, em Simões Filho. “Esse agentes serão multiplicadores do conhecimento, encarregados de repassar o aprendizado a toda corporação”, explica a coordenadora de Proteção à Criança e ao Adolescente da SJDHDS, Iara Farias. Entre os temas que compõem as oficinas estão exploração sexual de crianças e adolescentes, trabalho infantil, responsabilização juvenil, adolescentes em conflito com a Lei, medidas socioeducativas, tráfico de pessoas e trabalho escravo.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Aprovadas contas do Fundeb do último trimestre de 2016


Foram aprovadas sem ressalvas as contas de outubro, novembro e dezembro de 2016 do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – Fundeb, em Feira de Santana. A aprovação ocorreu durante reunião do Conselho Municipal de Acompanhamento e Controle Social do Fundo, ocorrida na tarde desta quarta-feira, 15, na Sede dos Conselhos Educacionais.

 Durante o encontro, os conselheiros emitiram o parecer final referente ao fechamento do exercício de 2016. Eles analisaram os recursos utilizados no último trimestre do ano passado oriundos do Fundeb, do Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (PNATE) e pela Quota Salário Educação - QSE. Os encontros do conselho são realizados mensalmente e a cada trimestre é feita a análise das receitas.

Pesquisa estuda impacto da tríplice epidemia na saúde da população feirense


Feira de Santana tem sido fonte para o desenvolvimento de pesquisa com relação a tríplice epidemia – dengue, chikungunya e zika vírus – causada por um arbovírus. Os trabalhos, que foram iniciados em novembro passado no conjunto George Américo, estão concentrados em trinta áreas distribuídas na malha urbana.

 Incluem os bairros Novo Horizonte, Baraúnas, Campo Limpo, Conceição, Parque Ipê, Asa Branca, Irmã Dulce, Sobradinho, além do George Américo, onde foi identificado que mais de 50% dos moradores foram infectados pelo vírus da chikungunya, sendo que destes, 36% tiveram a doença.

 “Esta é uma pesquisa ampla com o objetivo de estudar no tempo (modo longitudinal) o impacto que estas doenças estão causando na saúde da população de Feira. As informações poderão ser úteis para outras cidades que também apresentam a tríplice epidemia”, explica a sanitarista e pesquisadora da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Glória Teixeira.

 Ela, que também é membro do Comitê Nacional de Controle da Dengue, veio ao município nesta quinta-feira, 15, acompanhar as informações já coletadas através de entrevistas. Ao recordar as primeiras pesquisas desenvolvidas sobre a chikungunya, a pesquisadora afirma que a entrada de um vírus num país com muitos centros urbanos pode se dar simultaneamente em espaços diferentes.

“Naquela época, ao interpretarmos os dados, analisamos que o genótipo do vírus da chikungunya que chegou a Feira de Santana era diferente do que estava circulando na América e que havia chegado no Oiapoque. Com isso, estamos sob o risco de novos patógenos o tempo inteiro”.

 A sanitarista destaca ainda que a tríplice epidemia começou no Brasil. “Nunca houve situação no mundo de três arbovírus circulando simultaneamente em espaços urbanos. Os primeiros casos foram registrados no Brasil, nas cidades de Recife, Salvador, Camaçari e Feira de Santana”, recorda acrescentando que “não há ainda um mecanismo capaz de impedir a circulação do vetor. Por isso, as vacinas são extremamente necessárias”.

 A pesquisa é um trabalho conjunto entre a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), através da Vigilância Epidemiológica, professores da Universidade Estadual de Feira de Santana e da Ufba. Tem financiamento dos ministérios da Saúde e Educação.

Receptivo dá boas vindas aos turistas que chegam à Bahia

Turbantes e pinturas tribais nas boas vindas aos turistas que chegam à Bahia

Na terra, no mar ou no ar, o turista que vier curtir o Carnaval da Bahia terá uma programação especial que o deixará no clima da folia assim que chegar ao estado. A Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa) faz receptivo, a partir da quinta-feira (23), nos postos de informações turísticas instalados no Aeroporto Internacional de Salvador, Rodoviária e Mercado do Rio Vermelho, além do Porto de Salvador.

 Baianas tipicamente trajadas darão boas vindas aos turistas nos dias 23 e 24, das 9h às 21h, na área externa dos portões de desembarque nacional e internacional do Aeroporto. Na área interna nacional, onde os turistas poderão fazer pinturas tribais no corpo, um grupo de samba de roda alegrará os passageiros das 9h às 11h30.

 A ação com baianas se repete nos mesmos dias no desembarque da Estação Rodoviária e no Mercado do Rio Vermelho, este último com receptivo também no dia 25, das 9h às 19h, além de um pocket show com músicas carnavalescas às 12h nos dois primeiros dias.

 Uma oficina de turbantes acontece na área interna do desembarque nacional, nos dias 24 e 25, no Aeroporto de Salvador, para caracterizar o turista que quiser chegar já com a indumentária baiana. “Vamos aproveitar a magia que são as tradições locais e mostrar a alegria da Bahia já na chegada dos turistas”, garante o superintendente da Bahiatursa, Diogo Medrado.

 No dia 28 de fevereiro, a ação acontece no Porto de Salvador, das 15h às 20h, onde aportam os navios Sovereign e MSC Prezioza, com capacidade para mais de sete mil passageiros, procedentes, respectivamente, do Rio de Janeiro e de Santos. O Rixô Elétrico e baianas distribuindo fitinhas do Senhor do Bonfim darão o clima da folia no espaço no Comércio.

 O receptivo é realizado pela Coordenação de Informações Turísticas e Atendimento da Diretoria de Operações Turísticas da Bahiatursa e tem também como objetivo divulgar o São João da Bahia. Para o diretor de Operações Turísticas, Paulo Vital, trata-se de um serviço necessário para a captação de turistas, que mostra a tradição baiana na arte de fazer amigos e receber bem os visitantes. “A simpatia baiana será a atração principal para que essas pessoas se sintam em casa e queiram voltar para conhecer outros atrativos do estado”.

Forças da Segurança Pública expõem equipamentos em shopping


Entre trajes especiais, fardamento, motos, armas, e diversos equipamentos, quem passar pelo 3º piso do Shopping da Bahia pode conhecer como trabalham e os materiais utilizados pelas forças da segurança pública da Bahia. Na terceira edição, a Expo Segurança 2017 começou nesta quinta-feira (16) e segue, gratuitamente, até o próximo sábado (18). Em diferentes espaços, o público pode conversar com policiais civis, militares, peritos da Polícia Técnica e bombeiros, e conhecer mais sobre o trabalho destes profissionais. No sábado (18), veículos especiais, como helicópteros e viaturas, utilizados em operações também estarão do lado de fora do centro de compras. Todos estes equipamentos estarão à disposição da população durante o Carnaval 2017.

 Para o coordenador adjunto da Superintendência Integrada da Ação Policial (Siap), o major Arnaldo Neto, a ação aproxima o trabalho de segurança pública da população. “Estamos aqui expondo como as polícias e bombeiros se preparam para grandes eventos como o carnaval, atuando de maneira integrada para garantir a paz e a segurança dos foliões e de todos os baianos. Aqui queremos fazer com que as pessoas entendam como trabalhamos para zelar pela sociedade, e, temos tido uma reposta muito positiva. As pessoas ficam muito curiosas, fazem muitas perguntas e, para nós, é uma satisfação apresentar o nosso trabalho”, contou o major.

 Em diversos espaços do terceiro piso do shopping estão expostos equipamentos da equipe da Polícia Civil, incluindo a Coordenação de Operações Especiais, e equipes da Polícia Militar da Companhia de Polícia de Proteção Ambiental (Copa), a Polícia de Choque, o Batalhão Rodoviário, além do Grupamento Aéreo (Graer) e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope). Alunos do Colégio da Polícia Militar se integram às ações e também participam da exposição.

 Alguns equipamentos como o traje “nível A” do Corpo de Bombeiros Militar, são novos na exposição, e chamam a atenção por quem passa pela sua cor verde fluorescente. A roupa oferece proteção contra gases corrosivos, tóxicos e produtos químicos líquidos. Além deste, os bombeiros também exibem a câmara térmica contra incêndios, utilizada para localizar pessoas através da temperatura corporal, seja em incêndios ou em casos de deslizamentos e soterramentos. O equipamento ainda alerta aos bombeiros em caso de risco e necessidade de evacuação do local.

 Outra novidade da Expo Segurança 2017 foi a simulação de cena de crime, montada pelo Departamento de Polícia Técnica. A iniciativa integra uma campanha, em parceria com o Ministério Público, para a conscientização sobre a importância de se preservar o local do crime. Os visitantes passam pelo local e ainda conhecem tecnologias como a da luz ultravioleta, capaz de detectar vestígios de sangue e outros materiais biológicos, mesmo em superfícies que aparentemente estão limpas.

 Para o motorista Josenilson Ribeiro, que fez perguntas sobre os equipamentos do Choque, a exposição é muito interessante para conhecer de perto coisas que já viu pela televisão. “A gente consegue ter contato com esses materiais que às vezes estão distantes da realidade, e com a possibilidade de perguntar aos profissionais fica ainda melhor. Gostei muito”, comentou.

Rui dá início à "caravana" do Pacto pela Vida no interior do estado

Governador Rui Costa participa da primeira Reunião Regional do Pacto Pela Vida, no município de Feira de Santana

A cidade de Feira de Santana recebeu, nesta quinta-feira (16), a primeira reunião regional do Pacto Pela Vida (PPV), programa do Governo do Estado que prevê ações integradas para a redução dos índices de violência, além de iniciativas de prevenção social para a população vulnerável. O encontro, liderado pelo governador Rui Costa, foi realizado no 1º Batalhão de Ensino, Instrução e Capacitação (BEIC) da Polícia Militar, e teve a participação de autoridades do Judiciário, do Legislativo e da Segurança Pública do Estado.

 “Viemos aqui para conversar e acompanhar os detalhes da segurança. É um jeito diferente de fazer o Pacto Pela Vida. Vamos percorrer o estado da Bahia, depois seguiremos para Vitória da Conquista, Itabuna, e Eunápolis, como se estivéssemos em uma caravana. É a caravana da paz, onde a finalidade é aproximar os presidentes de instituições envolvidas com quem está trabalhando na outra ponta, para garantir melhores resultados”, destacou o governador.

 De acordo com o coordenador do Pacto pela Vida, César Lisboa, o objetivo das reuniões itinerantes é garantir maior presença dos poderes envolvidos no sistema criminal. “Com este formato, podemos conversar ainda mais de perto com as regionais, com a presença do Tribunal e do Ministério da Justiça, Defensoria Pública e do Poder Executivo e Legislativo”, afirmou.

 A iniciativa do governador de levar as reuniões para o interior foi aprovada pelo defensor público geral da Bahia, Clériston Cavalcante. “Podermos debater os objetivos e metas do Pacto Pela Vida também no interior é um avanço para todo o sistema da segurança pública. Juntos, também em outras cidades, fora da capital, buscaremos novas soluções para continuarmos diminuindo os índices de violência”.

 O envolvimento da família na luta contra a violência foi mais uma vez citado pelo governador Rui Costa como fundamental para a melhoria dos resultados. “Entendo que nós, como sociedade, também precisamos fazer a nossa parte. Fortalecer os laços de família contribui significativamente para melhorarmos a segurança em nosso estado. A maioria dos homicídios envolve os jovens. Por isso, acredito que a família é insubstituível nesse processo, para que a gente não continue vendo crianças e adolescentes sendo capturados pelo mundo do crime”.

Carros com placa de final 1 têm 5% de desconto no IPVA até o dia 22

Os proprietários de veículos com placa de final 1 têm até 22 de fevereiro para pagar o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) em cota única, com 5% de desconto sobre o valor integral. Este é o prazo também para quitação da primeira cota do parcelamento, caso o contribuinte faça esta opção, ficando as demais parcelas agendadas para 27 de março e 27 de abril. Uma última possibilidade é pagar o valor total do tributo, sem desconto, até 27 de abril.

 As datas de vencimento podem ser consultadas no calendário do IPVA 2017, disponível no site da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA), no Canal Inspetoria Eletrônica. Para realizar o pagamento, basta dirigir-se a uma agência ou caixa eletrônico do Banco do Brasil, Bradesco ou Bancoob, com o número do Renavam. A Sefaz-BA ressalta que não encaminha boleto de pagamento do IPVA para os contribuintes. Em caso de dúvida, o contribuinte pode entrar em contato com o call center da Sefaz, pelo número 0800 071 0071.

 O proprietário que perder o prazo da primeira cota deixa de ter direito ao parcelamento. O pagamento é integrado. É necessário quitar ainda a taxa de licenciamento e eventuais multas relacionadas ao Renavan informado. Os débitos referentes a estes itens também podem ser pagos até a data de vencimento da terceira parcela. É possível ainda fazer parcelamento em até três parcelas dos débitos anteriores do imposto, para pagamento junto com o IPVA 2017.

Instituições convocam candidatos em lista de espera do Sisu

As instituições de ensino convocam a partir de hoje (16) os candidatos da lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Estudantes que confirmaram interesse em participar da lista devem acompanhar as informações junto às instituições, já que elas são as responsáveis pela convocação nessa fase.

 A lista de espera é válida para os candidatos não selecionados em nenhuma das opções na chamada regular e aqueles selecionados na segunda opção, independentemente de terem efetuado a matrícula. A participação na lista de espera estava restrita à primeira opção de vaga do candidato.

 Ao todo, o Sisu ofertou 238.397 vagas em 131 instituições públicas, entre universidades federais e estaduais, institutos federais e instituições estaduais.

 O Sisu seleciona os estudantes com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), desde que não tenham tirado nota zero na redação. Cabe a cada instituição definir o cálculo que utilizará para a seleção dos novos alunos. Ao todo, mais de 6,1 milhões fizeram o Enem em 2016.

Agência  Brasil